Connect with us

Pará

PARÁ: Ibama doa gado apreendido à Prefeitura de Redenção

Publicado

em

A Prefeitura de Redenção recebeu a doação de 432 cabeças de gado apreendidas pelo Ibama durante a “Operação Disparada”, realizada em áreas ilegalmente desmatadas no Estado. Avaliado em R$ 223 mil, o rebanho será destinado a projetos educacionais da escola agrícola do município e aos programas de combate a fome da Secretaria de Assistência Social.

 “Pela primeira vez, o Ibama apreendeu gado e aplicou o perdimento do bem em áreas privadas, mostrando mais uma vez ao infrator que não compensa destruir a floresta de forma ilegal para criar gado ou desenvolver qualquer outra atividade irregular”, afirmou o chefe da Divisão de Fiscalização do Ibama no Pará, Paulo Maués.

O gado doado foi apreendido em março deste ano numa fazenda em Cumaru do Norte, a 170 km de Redenção. A propriedade foi multada em 2006 pelo desmatamento ilegal de mil hectares de florestas. Desde então, estava embargada para a pecuária. O pecuarista, apesar de ainda ter sido notificado a retirar os bois em 2009, nunca cumpriu a proibição. “Ao manter os animais pastando na área embargada, o infrator impediu a regeneração natural da mata por anos, agravando ainda mais o dano ao meio ambiente”, acrescentou Maués.

Mais doações

No total, o Ibama apreendeu cerca de 1,7 mil cabeças de gado criadas em áreas desmatadas e embargadas em três regiões no Pará. Além de Cumaru do Norte, houve apreensões em São Félix e Altamira – na área de influência de Novo Progresso – cujos processos de doação estão atualmente em fase de conclusão no instituto.

A “Operação Disparada” combateu as frentes de pecuária ilegal no Pará, Mato Grosso e Amazonas, atuando em regiões líderes em desflorestamento na Amazônia Legal. Além do rebanho paraense, mais 5,2 mil cabeças foram apreendidas em fazendas embargadas em Juína, na divisa do Mato Grosso com Rondônia, e Lábreas, no sul do Amazonas. (Nelson Feitosa/Ibama)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Pará

MARABÁ: Integrantes do MST obstruem BR-155

Publicado

em

Por volta das 7, deste segunda-feira, 29, integrante no Movimento de Trabalhadores Sem Terra (MST), bloquearam passagem na rodovia BR-155, em frente à Fazenda Cedro, em Marabá, na região de Carajás, Pará.

Às 9 horas os manifestantes iniciaram um movimento de liberação parcial, deixando passar uma parcela dos carros, para diminuir a fila de carros, mas prometem seguir com o bloqueio ao longo do dia.

Segundo Welington Saraiva, coordenação estadual do MST, foi a única forma que o grupo encontrou de chamar a atenção das autoridades e tentar cancelar o que chama de “despejo”. Ele afirma que são 150 famílias naquele acampamento na fazenda. “Entendemos que despejo no período de pandemia é crime e violação aos direitos humanos”, defende.

Continue lendo

Pará

Assista o Conexão Rural deste final de semana – Dias 27 e 28

Publicado

em

Continue lendo

Pará

PARAUAPEBAS: 13ª da Prefeitura será pago dia 7 de dezembro

Publicado

em

O secretário de administração de Parauapebas, município da região de Carajás, Pará, Cássio André Flausino, anunciou as datas de pagamento do 13ª Salário e os meses de novembro e dezembro.

O 13ª Salário será pago dia 7 de dezembro. O pagamento do mês de novembro será nesta sexta, dia 26 e o mês de dezembro, dia 17 do mesmo mês.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze