Connect with us

Pará

PARÁ: Investigações sobre morte de sindicalista levam a prisões em Redenção

Publicado

em

As investigações sobre a morte do presidente da FETRAF (Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar), Pedro Alcântara, já resultaram nas detenções de dez suspeitos, em Redenção, sudeste do Pará. Nesta quarta-feira, 7, a Polícia Civil encaminha ao Centro de Perícias Científicas “Renato Chaves”, em Marabá, armas e drogas apreendidas, ontem, durante operação policial, em Redenção. O material foi encontrado com nove pessoas, oito adultos e um adolescente, por policiais civis da Delegacia de Conflitos Agrários de Redenção, e do Grupo de Combate ao Crime Organizado, de Castanhal. A equipe formada pelos delegados Alberto Teixeira e Samuelson Igaki (GCCO), e Luiz Galrão (DECA), escrivães William Braga e Amarildo Leite, e investigadores Antônio Olímpio, Edílson Filgueira, Nelson Costa, Frank Matos, Francisco Vinícius e Mauro Bahia, atua nas investigações sobre o crime ocorrido no último dia 31 de março.

Os policiais do GCCO, juntamente com a DECA, iniciaram a ação por volta de 7h da manhã, em cumprimento a mandado judicial de busca e apreensão expedido pelo juiz de Direito, Fábio Penezi Póvoa, da 3ª Vara Criminal, da Comarca de Redenção. As equipes foram designadas, por determinação do delegado-geral da Polícia Civil, Raimundo Benassuly, para atuar à frente das investigações do homicídio. Os policiais deslocaram-se à localidade dos “Ferreira”, próxima ao distrito de Vila Cachamorra, em Redenção. Os policiais abordaram, inicialmente, a casa de um homem conhecido por “Klésio”.

Depois, fizeram minuciosa revista em dois outros locais que serviam de abrigo e na área externa das residências. Ao todo, foram apreendidas nove armas de fogo, entre elas, escopetas, rifles, revólveres, pistolas e farta munição de grosso calibre. Também foram encontrados, nos imóveis, dois tabletes de pó de cocaína, com aproximadamente quatro quilos, dez gramas de pedra de “óxi”, diversas peças de motocicletas desmontadas e dois coletes balísticos, um deles de propriedade da Polícia Militar, além de duas motocicletas. Os suspeitos foram conduzidos à Delegacia de Conflitos Agrários, onde o Grupo de Combate ao Crime Organizado, está instalado em Redenção. Na unidade policial, foi efetuada lavratura dos autos de prisão em flagrante. Os presos são Maria dos Santos Barroso Ferreira, de 42 anos; Andréia Barroso Ferreira, 22; José Luís da Luz Ferreira, 42; André Luís Barroso Ferreira, 21; Cristiane Ferreira da Silva, 21; Gutemberg dos Santos Gomes, 24; Thiago Souza de Almeida, 28, e Túlio Vitor Souza Nunes, 21, além de um adolescente de 17 anos.

Eles irão responder pelos crimes de tráfico ilícito de entorpecentes, posse e porte de armas de fogo e munições de uso restrito às forças policiais, formação de quadrilha e receptação de produtos de origem ilegal. Com as prisões, no total, dez pessoas já foram detidas, em Redenção, após o início das investigações sobre a morte de Pedro Alcântara. A primeira prisão ocorreu na quinta-feira da semana passada, quando policiais do GCCO prenderam Wisley de Oliveira Faustino por porte ilegal de acessório de arma de fogo. Ele foi flagrado com um carregador de pistola calibre 380, o mesmo tipo de arma usada no homicídio. O preso também é apontado por envolvimento em crimes de pistolagem na região. O delegado Samuelson Igaki, do GCCO, responsável pela lavratura do flagrante, disse que o crime pode ser afiançável na Polícia, mas preferiu não concedê-la por haver motivos ensejadores para mantê-lo preso. A decisão foi comunicada ao juiz de Direito de Redenção que também não determinou arbitramento de fiança a Wisley Faustino, que, assim, continuará preso. As investigações sobre a morte de Alcântara continuam para apurar o envolvimento das pessoas presas no crime.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Pará

Assista o Conexão Rural deste final de semana – Dias 31 e 1ª

Publicado

em

Continue lendo

Pará

PALESTINA: Trânsito deve ser municipalizado

Publicado

em

Os Poderes Executivo e Legislativo palestinense começaram a discutir sobre a municipalização do trânsito.

O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) prevê a divisão de responsabilidades e uma sólida parceria entre órgãos federais, estaduais e municipais. Para os municípios se integrarem ao Sistema Nacional de Trânsito (SNT), exercendo plenamente suas competências, precisam criar um órgão municipal executivo de trânsito com estrutura para desenvolver atividades de engenharia de tráfego, fiscalização de trânsito, educação de trânsito e controle e análise de estatística.


Conforme o porte do município poderá ser reestruturada uma secretaria já existente, criando uma divisão ou coordenação de trânsito, um departamento, uma autarquia, de acordo com as necessidades e interesse da municipalidade.

As conversas entre Legislativos e Executivo em Palestina, devem ser afuniladas, para a formalização de um projeto que terá de ser aprovado pelos parlamentares.

Continue lendo

Pará

Estado e prefeituras de Santa Maria das Barreiras e Santana do Araguaia vão recuperar estradas vicinais

Publicado

em

O governo do Estado do Pará e a prefeitura da cidade de Santa Maria das Barreiras assinaram nesta quarta-feira (28), dois convênios para a recuperação de estradas vicinais e para o repasse de combustível ao município. O documento foi assinado pelo governador Helder Barbalho, pelo prefeito Adriano Salomão e outras autoridades que acompanharam a cerimônia oficial, realizada em Casa de Tábuas, distrito de Santa Maria das Barreiras.

“Hoje nós estamos liberando cerca de R$ 3,6 milhões para a prefeitura de Santa Maria das Barreiras usar com combustível e recuperação de estradas. Com isso, vamos escoar a produção e, se Deus quiser, retornaremos aqui para trazer mais asfalto para as ruas de Santa Maria das Barreiras e também para Casa de Tábua”, destacou o governador.

No primeiro convênio está previsto, no total, a recuperação de  mais de 100 Km de vias. O trabalho será realizado em três trechos que ligam comunidades as principais rotas dentro do território barreirense. O objetivo é melhorar a trafegabilidade na região, garantindo assim, mais segurança para quem utiliza as estradas e para o escoamento da produção local.

“Esses grandes convênios pautados na área viária do Estado nos deixam muito felizes pelos benefícios que vão trazer”, destacou o prefeito de Santa Maria das Barreiras, Adriano Salomão.

Para quem precisa andar de moto pelas vicinais, como o estivador Claudionor Pereira da Silva, a ação para melhoria das estradas é importante. “Eu passo por esses lados todos os dias, então digo que esse serviço está melhorando muito a nossa vida. Passar por aqui, com a estrada ruim, é terrível”, destacou.

O segundo convênio assinado entre a prefeitura de Santa Maria das Barreiras e o governo do Estado será para repasse de óleo diesel, que servirá para abastecimento de equipamentos de terraplanagem e para o restabelecimento da trafegabilidade de vicinais.

Ao saber das ações realizadas pelo governo do Estado em parceria com a prefeitura municipal, dona Edinelza da Silva comemorou. “Esse trabalho está ótimo, eu acho muito bom. O serviço tá ficando maravilhoso em comparação com o que era antes”, disse a lavradora.

Durante a programação, o governador Helder Barbalho também assinou um terceiro convênio, desta vez, com a prefeitura de Santana do Araguaia. No documento consta a parceria entre Estado e município para garantir a reconstrução de vias e combustível para execução do serviço.

“Em Santana não será diferente. Nós assinamos um convênio com valor perto de R$ 600 mil para combustível. Assim, o prefeito poderá trabalhar nas estradas vicinais. Além disso, estou esperando a equipe do gestor terminar o projeto do hospital e do terminal. Na hora que terminar, nós vamos lá”, explicou o governador.

“O governador está doando combustível para Santana do Araguaia e nós vamos levar mais estradas ao nosso município”, destacou o prefeito de Santana do Araguaia, Eduardo Da Machado”.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze