Connect with us

Pará

PARÁ: Juízes fazem encontro em Redenção

Publicado

em

Com o apoio da Associação dos Magistrados do Estado do Pará (Amepa), a Faculdade de Ensino Superior da Amazônia Reunida (Fesar) promoverá, no período de 24 a 26 deste mês, o I Encontro Jurídico do Sul do Pará, em Redenção, município do Sul do Estado, distante 900 quilômetros da capital. A iniciativa deverá reunir magistrados, promotores de Justiça, defensores públicos, advogados, professores e acadêmicos de Direito da região e de estados vizinhos.

Entre os objetivos da organização do encontro, além da troca de experiências, está a difusão do Direito como fundamento para o desenvolvimento científico, político e social do município de Redenção, que hoje tem mais de 60 mil habitantes.

Segundo o juiz da comarca e diretor do Fórum da cidade, Fábio Póvoa, a escolha dos participantes demonstra a preocupação da organização com as questões do Direito. ‘O encontro consegue reunir juristas de elevada honra no Direito pátrio, que abordarão temas atuais e relevantes e, assim, contribuindo para a elevação da cultura jurídica num cenário distante dos grandes centros’, disse o magistrado.

Para o vice-presidente de prerrogativas da Amepa, juiz Carlos Márcio Queiroz, ‘a formação continuada do magistrado é imprescindível, especialmente em um mundo globalizado e de relações jurídicas que se constituem ou desconstituem instantaneamente, com um simples clique de um mouse em um computador interligado à web. Não posso deixar de considerar a distância geográfica do município de Redenção para a capital do Estado, que dificulta o deslocamento de associados para eventos dessa natureza, que contribuem para a formação do juiz’, completou o juiz.

Queiroz garantiu ainda que a associação dos magistrados enviará requerimento junto ao Tribunal de Justiça do Estado (TJE) para garantir a liberação dos magistrados das regiões próximas com o intuito de garantir a participação efetiva da classe.

Programação

Após a solenidade de abertura, no dia 24, o desembargador do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJE-RS) Amilton Bueno de Carvalho fará abordagem crítica acerca dos crimes sexuais. A programação do encontro seguirá com o procurador regional da república do Distrito Federal (DF) e relator-geral da Comissão de Anteprojeto do Novo Código de Processo Penal, instituído pelo Senado da República, Eugênio Pacelli de Oliveira, que ministrará palestra sobre a ‘Constituição, Sistema dos Direitos e Processo Penal’.

Também participará do encontro o advogado e doutor em Desenvolvimento Socioambiental e presidente do Instituto de Terras do Pará (Iterpa), José Heder Benatti, que abordará o direito de propriedade e regularização fundiária no Estado e no País. Para falar sobre o princípio contraditório como fator de legitimação das decisões judiciais no Estado democrático, a comissão organizadora convidou o desembargador do TJE do Rio de Janeiro, Alexandre Freitas Câmara. (O Liberal)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Pará

Helder tem celular clonado e Toni Cunha dispara, “Será que fez bobagem pelo telefone…?”

Publicado

em

Esta semana o governador do Pará, Helder Barbalho (MDB), disse por meio de suas redes sociais, que mais uma vez, teve seu telefone clonado. “Boa noite, pessoal. Fui vítima de crime cibernético. Meu número de telefone foi clonado. Já fiz boletim de ocorrência e estou tomando as providências para resolver o problema”, escreveu.

Encabulado, com a quantidade de vezes que o governador já teve seu aparelho alvo de ataques cibernéticos, o deputado estadual, Toni Cunha (PTB), seu adversário, escreveu. “De novo!! Será que o governador está mal orientado por quem cuida de sua privacidade!!? Toda vez é isso!! Acho que é o governador que mais teve telefones “clonados” na história do Brasil. Vá ser clonado assim “lá na China”!!. Será que fez bobagem pelo telefone e quer dizer que não foi ele?”

Continue lendo

Pará

PARAUAPEBAS: Morre aos 68 anos Faisal Salmen

Publicado

em

Faisal Salmen, médico e primeiro prefeito de Parauapebas, município da região de Carajás, Pará, morreu na noite desta sexta, 23.

Faisal vinha lutando contra as sequelas de um câncer.

Faisal Faris Mahmoud Salmen Hussain, tinha 68 anos e era paulista de Agudos. Foi eleito prefeito de Parauapebas, em novembro de 1988 e cumpriu o mandato de 1989 a 1992.


O atual prefeito de Parauapebas, Darci Lermen (MDB), comentou sobre a morte. “Obrigado Faisal Salmen, nosso primeiro prefeito, por ter compartilhado, com todos nós, tanto carinho e dedicação. Nesse momento doloroso em que a natureza subverte o curso da vida. Parauapebas terá sempre muito orgulho desse cidadão parauapebense. A força de Faisal Salmen vem do seu exemplo e do seu caráter. leal à família, aos amigos, ao povo de Parauapebas, sua garra nos inspira e seu trabalho nos motiva”, disse o gestor.

O corpo de Faisal Salmen será velado na Câmara Municipal de Parauapebas a partir das 15 horas deste sábado e seu sepultamento está marcado para as 18 horas no Cemitério local.

A Prefeitura de Parauapebas decretou luto oficial de três dias.

Continue lendo

Pará

Assista o Conexão Rural deste final de semana – Dias 24 e 25

Publicado

em

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze