Connect with us

Pará

PARÁ: Justiça afasta a prefeita de Bujaru por improbidade

Publicado

em

O juiz Carlos Magno Gomes de Oliveira, da Comarca de Concórdia do Pará e respondendo por Bujaru, determinou, liminarmente, o afastamento da prefeita de Bujaru, Maria Antonia da Silva Costa, do PMDB, e imediata posse do vice-prefeito José Valdir Munes Junior, do PT. A prefeita e mais 12 pessoas, incluindo seu marido, Miguel Bernardo da Costa, empresários e advogados, foram denunciados pelo Ministerio Publico, através do promotor Bruno Beckembauer Sanches Damasceno, pelo crime de improbidade administrativa. Na sua ação, o promotor alega a ocorrência “de graves ofensas aos princípios regedores da Administração Pública, grave dano ao erário municipal e possível enriquecimento ilícito” cometidas pela quadrilha que se instalou naquela prefeitura.

No seu despacho, o magistrado também determina a suspensão dos pagamentos aos advogados e escritório de advocacia dos mesmos, réus na ação, suspensão de eventuais pagamentos às empresas Orion Engenharia e Prata Engenharia, ou pagamento a qualquer um dos seus sócios, quebra do sigilo bancário e fiscal de todos os envolvidos na roubalheira, e o afastamento do presidente da comissão de licitação da prefeitura de Bujaru, José Beltrão.

“Não há duvidas quanto à legitimidade do Ministério Público para propositura da presente ação”, afirma o juiz. Ele relata que a apuração dos fatos que servem de suporte às afirmações do MP iniciou-se mediante representação destinada à apuração da contratação irregular de advogados pela Prefeitura de Bujaru, “em detrimento da existência de advogado concursado”. E que “a partir daí verificou-se não somente a contratação de advogados pela prefeitura sem licitação, como também uma seria de irregularidades nos processos licitatorios, quando existentes, para a aquisição de bens e contratação de serviços pelo município de Bujaru”.

Somente o advogado Mauro Cesar Lisboa dos Santos, que defendeu interesses da coligação política que elegeu a prefeita Maria Antonia, recebeu, em 2009, “valores que totalizam a vultosa soma de R$ 144.648,00”. Na nota de empenho nº 0901020, datada de janeiro de 2009, foi paga a quantia de R$ 35,100,00 em favor de Serique e Oliveira Advogados Associados. “Até a mente menos perspicaz verá aí uma estranha e comprometedora coincidência: um município pobre, que não tem uma causa ou assunto de singular característica, que tem advogado concursado em seus quadros, mas que gasta por ano quase duzentos mil reais, até onde ficou constatado, com pagamentos de advogados contratados sem licitação e que, coincidentemente são os mesmos advogados a defender os interesses da gestora municipal perante a Justiça Eleitoral”, afirma o juiz.

O magistrado disse, ainda, que “isso tudo ainda é apenas a ponta do iceberg”, e que pela documentação entregue pelo MP “verificou-se que todo o processo licitatório era preparado depois da contratação, tanto que os documentos apresentados sequer estão assinados, mesmo muito depois da contratação. Isso aponta claramente na direção de que os processos licitatórios acostados aos autos são meros simulacros de licitações, que efetivamente nunca existiram ou que, no mínimo, não ocorreram como determina a lei”. (O Liberal)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
1 Comment

Pará

PARAUAPEBAS: Ônibus é atingido por lamina de trator

Publicado

em

O ônibus que transportava trabalhadores de uma empresa terceirizada da Vale, se envolveu em um acidente de trânsito na noite desta quarta, 28, por volta das 19h. O veículo foi atingido por uma lâmina de um trator que estava sendo transportado por uma carreta prancha na Estrada Paulo Fonteles.

O ônibus trafegava no sentido Projeto Salobo/Parauapebas.

O motorista do ônibus teve ferimentos leves e foi levado para atendimento médico.

Continue lendo

Pará

ELDORADO DOS CARAJÁS: BRK Ambiental inaugura novo laboratório de análise da água

Publicado

em

A BRK Ambiental, concessionária responsável por serviços de saneamento em nove municípios do Pará, inaugurou um novo laboratório de análises de controle de qualidade da água para consumo humano em Eldorado do Carajás, na região de Carajás.   

A nova instalação permitirá a realização de mais de 800 amostras de água por mês, o que corresponde a aproximadamente 2.500 parâmetros distribuídos entre análises físico-químicas e microbiológicas em matrizes de água bruta e tratada, atendendo a legislação nacional de qualidade da água para consumo humano do Ministério da Saúde. 

Atualmente, a BRK Ambiental atende cerca de 165 mil pessoas na região com água tratada. O objetivo da companhia é dar continuidade ao monitoramento de forma estratégica, otimizando o processo de amostragem da qualidade da água em todas as etapas do processo de produção, ou seja, desde a captação, processo de tratamento, armazenamento em reservatórios e no sistema de distribuição, visando garantir a proficiência e confiabilidade dos dados gerados. 

“Atestar a qualidade da água com um trabalho rigoroso e transparente faz parte do nosso propósito de transformar a vida das pessoas garantindo água e saneamento de qualidade. Agora, com um novo laboratório, esse serviço traz mais eficiência e praticidade na rotina da operação, beneficiando ainda mais os nossos clientes”, afirma Sandra Leal, gerente de Operações da BRK Ambiental.   

O engenheiro Pedro Gobbo, responsável pelas operações da concessionária no Pará ressalta que, anualmente, são disponibilizados relatórios com informações sobre a qualidade da água distribuída. “Todos os anos, as nossas equipes preparam o relatório anual de qualidade da água, em cumprimento ao Decreto Presidencial nº 5.440/2005, em que é possível atestar as análises das amostras laboratoriais. É importante que a população saiba que a água fornecida pela BRK Ambiental possui qualidade comprovada”, explica Gobbo. 

Continue lendo

Pará

Aeroportos de Marabá e Parauapebas estão entre os 10 mais movimentados da região Norte

Publicado

em

Segundo dados da Dados da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), o Aeroporto João Corrêa da Rocha, em Marabá e o Aeroporto de Carajás, em Parauapebas, estão entre os dez mais movimentados da região Norte do Brasil.

No mês de junho, o Aeroporto de Marabá ficou na oitava colocação com um movimento de 18.760 passageiros, que representa um crescimento de 11,9% comparado a maio 2021 e uma recuperação de 91,9% sobre junho 2019, época entraves agudos da pandemia de Covid-19. Marabá superou o Aeroporto de Rio Branco, capital do Acre, que teve em junho 17.578 passageiros.

Em Parauapebas, o Aeroporto de Carajás, teve em junho o embarque e desembarque de 7.486 passageiros, segundo dados da ANAC. Isso representa crescimento de 9,3% sobre maio de 2021 e recuperação de 75,8% sobre junho de 2019.


O aeroporto mais movimento de todas a região norte é o Aeroporto Val-de-Cans, em Belém, capital do Pará, que teve 193.769 passageiros em junho de 2021, seguido do Aeroporto Eduardo Gomes, em Manaus, no Amazonas, com 162.958 passageiros no mesmo período.

Outro aeroporto do Pará, que figura entre os 10 mais movimentados na região Norte, é o Maestro Wilson Fonseca, em Santarém, que ocupa a 6ª posição com volume de 27.294 passageiros em junho.

Dos dez aeroportos mais movimentados na região Norte, 4 são do Pará.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze