Connect with us

Bico do Papagaio

PARÁ: Justiça decreta prisão de líderes do MST que se esconderam no Bico do Papagaio

Publicado

em

mstO juiz Alexandre Hiroshi Arakaki, da comarca de Curionópolis, decretou nesta quinta-feira, 12, a prisão preventiva dos líderes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST), Charles Santos, o “Charles Trocate”, e Maria Raimunda César de Souza. A dupla é acusada de ordenar a destruição de fazendas no sul do Pará e de também liderar uma quadrilha armada que ameaça pessoas, pratica roubo e matança de animais, além do incêndio de tratores e equipamentos agrícolas dentro das propriedades. Trocate e Raimunda, segundo informações chegadas à polícia da região, teriam fugido para o estado do Tocantins, na região do Bico do Papagaio. O MST não se manifestou sobre a possibilidade de fuga de seus líderes.

Outros dois integrantes do MST, Márcio Borges Araújo e Moisés, este apontado como líder do acampamento “Dalcídio Jurandir”, localizado dentro da fazenda Maria Bonita, da agropecuária Santa Bárbara, também tiveram as prisões decretadas pelo mesmo juiz. A polícia montou uma operação para prender imediatamente os quatro acusados. Márcio e Moisés estariam escondidos em acampamentos de áreas invadidas no complexo de fazendas Santa Bárbara.

Alexandre Arakaki também expediu mandado de busca e apreensão de armas de fogo no acampamento “Dalcídio Jurandir” e na fazenda Maria Bonita, em Eldorado dos Carajás. Após ler o depoimento de testemunhas na polícia, o juiz concluiu que Trocate e Raimunda também participaram da obstrução da rodovia PA-150, no trecho conhecido como ‘Curva do S’, em Eldorado dos Carajás.

Destruição

No caso de Márcio e Moisés, os depoimentos de testemunhas também os incriminam. É clara a participação de ambos no quebra-quebra da fazenda Maria Bonita e Retiro Jandaia, de acordo com o juiz.

“Márcio dirigia um dos tratores que destruiu casas e Moisés liderava, incitava e orientava acampados a invadir e destruir”, enfatiza o magistrado.

Dez Mandados

Com os decretos de ontem já chegam a dez os mandados de prisão contra integrantes do MST acusados de atos de vandalismo. Dos dez, seis já foram cumpridos, mas apenas três acusados foram presos. A polícia encaminhou para Belém os três presos.

Liberdade estimula impunidade, diz juiz

A liberdade dos quatro acusados, na avaliação do juiz Alexandre Arakaki, prejudica a ordem pública, “pela continuidade da influência exercida sobre os acampados, que, frise-se, permanecem às margens da via, incitando novas manifestações, com possíveis obstruções da rodovia, além de fomentar sentimentos de impunidade e indignação na região”.

Impunidade, diz ele, pela ausência de punição aos acusados, que se misturam entre os manifestantes; já que são conhecidas as ocorrências de agressões físicas e verbais, ameaças, constrangimento ilegal e danos sofridos pelas pessoas que necessitam passar pelo bloqueio na estrada. Indignação, por não se poder exercer o direito individual de ir e vir, em via pública.

O juiz lembra que está tratando de uma importante estrada, eixo de ligação entre o sul do Pará, os estados do Mato Grosso e Tocantins, com o norte do país. “Não podemos fechar os olhos para problemas sociais e fundiários presentes, mas também não podemos admitir o cometimento de inúmeros crimes, em prol da solução destes problemas”, arremata. Quanto aos indícios de autoria, o juiz invoca o princípio da individualização da conduta, não os vislumbrando em relação a Charles “Trocate” e Maria Raimunda Cezar, por “inexistir nos autos sombras de que tais pessoas participaram, mesmo indiretamente, das ocorrências descritas na representação”. Nesse caso, a participação direta no quebra-quebra na fazenda Maria Bonita. (Diário do Pará)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
2 Comments

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Irajá começa articulação pró Edison Tabocão

Publicado

em

Desde o final de semana, o senador Irajá Abreu, presidente estadual do PSD, iniciou uma maratona de reuniões com prefeitos, vereadores e líderes do Bico do Papagaio, para apresentar oficialmente o empresário Edison Tabocão, como pré-candidato a governador do Tocantins.

Edison é vice-presidente estadual do PSD.

Irajá permanecerá em Araguatins até quarta, recebendo e se reunindo com os líderes municipais.

Edison atua empresarialmente no setor de combustíveis, transporte e alimentação, com abrangência principalmente nos estados do Tocantins, Goiás e São Paulo. Em Araguatins, Tabocão tem forte identificação com a comunidade, local onde tem residência fixa no estado.

Continue lendo

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Wiston Gomes é convidado por Irajá e Tabocão para se filiar no PSD

Publicado

em

Neste final de semana, entre as intensas movimentações na residência do pré-candidato a governador, Edison Tabocão (PSD), que teve a presença dos senadores Irajá Abreu (PSD) e Kátia Abreu (PP), prefeitos, vereadores e líderes, o suplente de deputado estadual, Wiston Gomes, atualmente no PRTB, foi convidado por Irajá e Tabocão, a se filiar no PSD.

Wiston tem atuado nos bastidores com outros líderes de diversas regiões do estado, para formar uma “chapinha” composta apenas por pré-candidatos sem mandato, buscando equilibrar a disputa, porém, paralelo a isso, o convite de Tabocão pesa, pois Wiston tem apoio do empresário apalavrado desde a eleição municipal de 2020. Com o crescimento de Tabocão dentro do PSD, o empresário precisa ter nomes ligados diretamente a ele, dentro do PSD e não em outras legendas e Wiston seria um deles.


No primeiro semestre, o nome da vice-prefeita, Professora Elizabete, estava na lista de pré-candidatos do PSD, fato que também reforçaria o nome de Tabocão no contexto político. A informação foi publicada aqui no webjornal Folha do Bico, e imediatamente negada pela vice-prefeita. A negativa provocou enfraquecimento dela, junto a cúpula da legenda, que trabalha para fortalecer o partido, ainda mais agora, com um nome oficialmente colocado no cenário, como pré-candidato a governador. A nota divulgada pela vice-prefeita, deixou claro que da parte dela, não havia nenhum compromisso com a legenda. Aquiles percebeu a brecha, e sugeriu o nome do ex-prefeito José Guilherme, que já filiou e será o nome do prefeito, para reforçar o PSD.

Wiston Gomes ainda não se manifestou se aceitará ou não o convite de filiação.

Continue lendo

Bico do Papagaio

AXIXÁ: Vendedor de maconha do Setor Santa Rita é preso

Publicado

em

Na tarde deste sábado, 24,  a Polícia Militar prendeu um homem de 51 anos, suspeito de tráfico de drogas no Setor Santa Rita, município de Axixá, Bico do Papagaio.

Policiais militares do 9° Batalhão, monitoraram o suspeito, que rotineiramente se deslocava ao Estado do Maranhão, município de Imperatriz, para supostamente comprar substância análoga à maconha. As equipes de serviço posicionaram o cerco no endereço informado, com o objetivo de bloquear a passagem do transporte público que o indivíduo usava para se deslocar. 

O veículo foi interceptado e o suspeito abordado pelos policiais, momento em que os militares localizaram alguns pacotes de substância análoga à maconha. A droga apreendida e o suspeito foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil para as providências legais cabíveis.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze