Connect with us

Bico do Papagaio

PARÁ: Justiça decreta prisão de líderes do MST que se esconderam no Bico do Papagaio

Publicado

em

mstO juiz Alexandre Hiroshi Arakaki, da comarca de Curionópolis, decretou nesta quinta-feira, 12, a prisão preventiva dos líderes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST), Charles Santos, o “Charles Trocate”, e Maria Raimunda César de Souza. A dupla é acusada de ordenar a destruição de fazendas no sul do Pará e de também liderar uma quadrilha armada que ameaça pessoas, pratica roubo e matança de animais, além do incêndio de tratores e equipamentos agrícolas dentro das propriedades. Trocate e Raimunda, segundo informações chegadas à polícia da região, teriam fugido para o estado do Tocantins, na região do Bico do Papagaio. O MST não se manifestou sobre a possibilidade de fuga de seus líderes.

Outros dois integrantes do MST, Márcio Borges Araújo e Moisés, este apontado como líder do acampamento “Dalcídio Jurandir”, localizado dentro da fazenda Maria Bonita, da agropecuária Santa Bárbara, também tiveram as prisões decretadas pelo mesmo juiz. A polícia montou uma operação para prender imediatamente os quatro acusados. Márcio e Moisés estariam escondidos em acampamentos de áreas invadidas no complexo de fazendas Santa Bárbara.

Alexandre Arakaki também expediu mandado de busca e apreensão de armas de fogo no acampamento “Dalcídio Jurandir” e na fazenda Maria Bonita, em Eldorado dos Carajás. Após ler o depoimento de testemunhas na polícia, o juiz concluiu que Trocate e Raimunda também participaram da obstrução da rodovia PA-150, no trecho conhecido como ‘Curva do S’, em Eldorado dos Carajás.

Destruição

No caso de Márcio e Moisés, os depoimentos de testemunhas também os incriminam. É clara a participação de ambos no quebra-quebra da fazenda Maria Bonita e Retiro Jandaia, de acordo com o juiz.

“Márcio dirigia um dos tratores que destruiu casas e Moisés liderava, incitava e orientava acampados a invadir e destruir”, enfatiza o magistrado.

Dez Mandados

Com os decretos de ontem já chegam a dez os mandados de prisão contra integrantes do MST acusados de atos de vandalismo. Dos dez, seis já foram cumpridos, mas apenas três acusados foram presos. A polícia encaminhou para Belém os três presos.

Liberdade estimula impunidade, diz juiz

A liberdade dos quatro acusados, na avaliação do juiz Alexandre Arakaki, prejudica a ordem pública, “pela continuidade da influência exercida sobre os acampados, que, frise-se, permanecem às margens da via, incitando novas manifestações, com possíveis obstruções da rodovia, além de fomentar sentimentos de impunidade e indignação na região”.

Impunidade, diz ele, pela ausência de punição aos acusados, que se misturam entre os manifestantes; já que são conhecidas as ocorrências de agressões físicas e verbais, ameaças, constrangimento ilegal e danos sofridos pelas pessoas que necessitam passar pelo bloqueio na estrada. Indignação, por não se poder exercer o direito individual de ir e vir, em via pública.

O juiz lembra que está tratando de uma importante estrada, eixo de ligação entre o sul do Pará, os estados do Mato Grosso e Tocantins, com o norte do país. “Não podemos fechar os olhos para problemas sociais e fundiários presentes, mas também não podemos admitir o cometimento de inúmeros crimes, em prol da solução destes problemas”, arremata. Quanto aos indícios de autoria, o juiz invoca o princípio da individualização da conduta, não os vislumbrando em relação a Charles “Trocate” e Maria Raimunda Cezar, por “inexistir nos autos sombras de que tais pessoas participaram, mesmo indiretamente, das ocorrências descritas na representação”. Nesse caso, a participação direta no quebra-quebra na fazenda Maria Bonita. (Diário do Pará)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
2 Comments

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Bolecho aceita convite e entra na gestão Aquiles

Publicado

em

O prefeito de Araguatins, Aquiles da Areia (PP), convocou na noite desta segunda, 10, todo seu primeiro escalão para anunciar a chegada ex-prefeito Boleslaw Daroszewski Júnior, o Bolecho, que fará parte da gestão.

Bolecho e Aquiles vinham negociando a entrada na gestão há cerca de um mês, mas a decisão acabou sendo protelada por conta do ex-prefeito ter contraído a Covid-19, ter sido internado e passado por processo de recuperação.


Aquiles ainda não tornou oficial qual pasta Bolecho vai assumir, mas a expectativa é que seja de Administração, realocando Wendell Miranda para a pasta de Finanças. Aquiles deve oficializar a definição nas próximas horas.

A ideia de buscar Bolecho, que havia sido coordenador da campanha de Ian Cavalcante (PL), adversário de Aquiles, foi do contador e principal conselheiro, Jailson Pontes, homem forte do Governo Municipal, que também é responsável pela indicação de Wendell Miranda, na Finanças e deu a última palavra para efetivação de Ulissevânia Sales, na Educação. O ex-prefeito de Axixá, Damião Castro, pela proximidade que tem com Bolecho, também ajudou no convencimento.

Continue lendo

Bico do Papagaio

Segunda etapa da vacinação contra a gripe começa nesta terça, 11

Publicado

em

Nesta terça-feira (11) começa a segunda etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe que vai até o dia 8 de junho. Desta vez, o público-alvo são idosos com mais de 60 anos e professores. A estimativa é vacinar cerca de 33 milhões de pessoas nesta etapa.

Já a terceira fase, que acontecerá entre 9 de junho e 9 de julho, deve abranger cerca de 22 milhões de pessoas. As doses serão destinadas a integrantes das Forças Armadas; pessoas com comorbidades; caminhoneiros; trabalhadores de transporte coletivo rodoviário; entre outros.


Promovida pelo Ministério da Saúde em todo o território nacional, a campanha teve início no dia 12 de abril, focada na vacinação de crianças, povos indígenas, trabalhadores da área da saúde e gestantes. De acordo com o vacinômetro da campanha, já foram aplicadas quase 7 milhões de doses. Mas atenção, pessoas que recentemente tomaram a primeira ou a segunda dose da vacina contra a Covid-19 devem esperar pelo menos 14 dias para tomar o imunizante contra a gripe.

Continue lendo

Bico do Papagaio

XAMBIOÁ: Dois indivíduos são presos no setor Nossa Senhora Aparecida portando garrucha

Publicado

em

Durante patrulhamento, na noite desse domingo, 09, no Setor Nossa Senhora Aparecida em Xambioá, a equipe de policiais militares avistou dois indivíduos, 26 e 37 anos, transitando em uma motocicleta Honda/CG 125 Titan de cor verde sendo que o passageiro estava sem capacete. Ao ser realizada a abordagem e busca pessoal, foi localizada dentro de uma mochila uma arma de fogo, tipo garrucha, e o veículo por possuir pendências administrativas foi apreendido.

Diante dos fatos, os suspeitos foram conduzidos, juntamente com as armas de fogo à Central de Flagrantes de Araguaína para os procedimentos legais cabíveis.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze