- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
quarta-feira, 06 / julho / 2022
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_img
Array

PARÁ: Mais de 25 mil professores voltam às aulas

Mais Lidas

Clima de ‘Volta às aulas’ nesta segunda-feira (21), na rede pública de ensino de parte do Pará. Isto porque os mais de 25 mil professores que estavam longe das escolas, há 54 dias úteis sendo 33 letivos, decidiram retomar as aulas, apesar de ainda não terem chegado a um acordo sobre o pagamento do piso salarial com o Governo do Estado.

De acordo com o secretário geral do Sintepp (Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Pará), Mateus Ferreira, a volta dos professores às salas de aulas, porém, não significa que a greve acabou.

‘A categoria decidiu voltar a dar aula, mas ainda estamos em estado de greve. Agora vamos entrar com um ofício para continuar a negociação com o Governo. A decisão por voltar a trabalhar foi que, se permanecessemos em greve, esse mesmo Governo ia descontar os dias parados e os alunos perderiam o ano letivo’, esclareceu.

Mas se 2011 ainda não está perdido para os estudantes, 2012 já está sob ameaça. Ferreira adiantou: ‘Em janeiro, o nosso piso salarial será reajustado e passará de R$ 1.187 para cerca de R$ 1.450. Se isto não for pago, não vamos nem iniciar o ano letivo de 2012. Esta também foi uma decisão tomada em assembleia, assim como a volta às aulas’, contou.

A exceção paraense é Santarém, onde a paralisação continua até sexta-feira. ‘Foi uma decisão deles. Há uma série de programações nesta semana lá e por isso ficarão com o movimento até a sexta’, explicou Ferreira. (Portal ORM)

- Publicidade -spot_img
Assinar
Notificar-me
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias