Connect with us

Pará

PARÁ: Missão chinesa estuda parcerias em ciência e tecnologia

Publicado

em

Uma comitiva chinesa, da província de Shandong, desembarcou no Pará nesta quarta-feira, 13, para estudar possibilidades de cooperação na área de ciência e tecnologia. Além de visitar a região, as autoridades participaram de uma reunião coordenada pela Secretaria de Desenvolvimento, Ciência e Tecnologia (Sedect) para conhecer a estrutura oferecida hoje pelo Estado, os projetos de desenvolvimento que estão sendo induzidos na região e as possibilidades de cooperação com os institutos de pesquisa paraense.

“Este encontro faz parte de um conjunto de medidas que o governo do Pará vem adotando, articulado com a política do presidente Lula de reforçar as relações comerciais com países em desenvolvimento – em especial com a China. E este trabalho já vem se refletindo no aumento das relações comerciais entre os dois países, o aumento das exportações e os acordos de cooperação, que vem sendo firmados nas áreas da educação, cultura e tecnologia”, afirmou o secretário de desenvolvimento, ciência e tecnologia, Maurílio Monteiro.

A agenda começou com uma visita monitorada às obras do Parque de Ciência e Tecnologia do Guamá (PCT Guamá), que integra um novo modelo de desenvolvimento, no qual o conhecimento é valorizado como fator de competitividade, agregando mais ciência e tecnologia aos produtos e processos. Com foco de pesquisa voltado para produção de conhecimento nas áreas de energia, biotecnologia, tecnologias do alumínio e tecnologias da informação e comunicação, o PCT Guamá possui laboratórios estratégicos que atendem as vocações econômicas e demandas sociais das regiões.

“Assim como o Pará, também investimos em parques de ciência e tecnologia e isso é muito interessante, porque ajuda a resolver problemas como desemprego, aumenta a produção de pesquisa e a melhorar o PIB dos países. E, apesar do pouco tempo que estamos aqui, vimos muitas coisas que irão permitir que futuramente possamos fazer parcerias na área de ciência e tecnologia, que vão beneficiar as duas regiões”, afirmou o vice-secretário de Ciência e Tecnologia da província de Shandong, Xu Maobo.

Ele explicou que Shandong, situada no litoral oriental da China, entre Pequim e Xangai, é considerada a segunda província desse país asiático por desempenho econômico. É também uma grande potência em ciência e tecnologia. Com 94 milhões de habitantes, possui 114 universidades; destas, mais de 30 voltadas para o desenvolvimento de pesquisas, e mais de cem laboratórios. “Apesar de não termos um solo rico, somos 1º lugar de qualidade na agricultura chinesa. Também temos avançado muito nos últimos anos em energia e biotecnologia”, disse Maobo.

Acompanhado de mais cinco autoridades chinesas na área de ciência e tecnologia, Xu Maobo participou também de uma reunião no Hangar – Centro de Convenções e Feiras da Amazônia, com representantes do governo do Pará e de instituições de pesquisa como a Embrapa, Universidade Federal do Pará (UFPA), Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra), Universidade do Estado do Pará (Uepa), para estreitar laços e trocar experiências na área de ciência e tecnologia. Com especial interesse no ramo da agricultura e silvicultura.

“Além desta troca de contatos inicial, houve um comprometimento por parte dos dois governos de elaborar uma lista de interesses em ciência e tecnologia. Com isso, se abre novas perspectivas de investimentos com outra província chinesa, o que com certeza será muito positivo para o Pará”, afirmou a diretora de comércio exterior da Sedect, Fátima Gonçalves.

Para o pró-reitor da UFPA, Emanuel Tourinho, o encontro será muito importante para o desenvolvimento de pesquisas futuras no Pará. “É uma oportunidade muito positiva, pois, além de promover este diálogo, deste encontro podem sair medidas importantes como intercâmbio entre as duas regiões e também possibilidades de cooperação em pesquisa”, afirmou.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Pará

PALESTINA: Trânsito deve ser municipalizado

Publicado

em

Os Poderes Executivo e Legislativo palestinense começaram a discutir sobre a municipalização do trânsito.

O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) prevê a divisão de responsabilidades e uma sólida parceria entre órgãos federais, estaduais e municipais. Para os municípios se integrarem ao Sistema Nacional de Trânsito (SNT), exercendo plenamente suas competências, precisam criar um órgão municipal executivo de trânsito com estrutura para desenvolver atividades de engenharia de tráfego, fiscalização de trânsito, educação de trânsito e controle e análise de estatística.


Conforme o porte do município poderá ser reestruturada uma secretaria já existente, criando uma divisão ou coordenação de trânsito, um departamento, uma autarquia, de acordo com as necessidades e interesse da municipalidade.

As conversas entre Legislativos e Executivo em Palestina, devem ser afuniladas, para a formalização de um projeto que terá de ser aprovado pelos parlamentares.

Continue lendo

Pará

Estado e prefeituras de Santa Maria das Barreiras e Santana do Araguaia vão recuperar estradas vicinais

Publicado

em

O governo do Estado do Pará e a prefeitura da cidade de Santa Maria das Barreiras assinaram nesta quarta-feira (28), dois convênios para a recuperação de estradas vicinais e para o repasse de combustível ao município. O documento foi assinado pelo governador Helder Barbalho, pelo prefeito Adriano Salomão e outras autoridades que acompanharam a cerimônia oficial, realizada em Casa de Tábuas, distrito de Santa Maria das Barreiras.

“Hoje nós estamos liberando cerca de R$ 3,6 milhões para a prefeitura de Santa Maria das Barreiras usar com combustível e recuperação de estradas. Com isso, vamos escoar a produção e, se Deus quiser, retornaremos aqui para trazer mais asfalto para as ruas de Santa Maria das Barreiras e também para Casa de Tábua”, destacou o governador.

No primeiro convênio está previsto, no total, a recuperação de  mais de 100 Km de vias. O trabalho será realizado em três trechos que ligam comunidades as principais rotas dentro do território barreirense. O objetivo é melhorar a trafegabilidade na região, garantindo assim, mais segurança para quem utiliza as estradas e para o escoamento da produção local.

“Esses grandes convênios pautados na área viária do Estado nos deixam muito felizes pelos benefícios que vão trazer”, destacou o prefeito de Santa Maria das Barreiras, Adriano Salomão.

Para quem precisa andar de moto pelas vicinais, como o estivador Claudionor Pereira da Silva, a ação para melhoria das estradas é importante. “Eu passo por esses lados todos os dias, então digo que esse serviço está melhorando muito a nossa vida. Passar por aqui, com a estrada ruim, é terrível”, destacou.

O segundo convênio assinado entre a prefeitura de Santa Maria das Barreiras e o governo do Estado será para repasse de óleo diesel, que servirá para abastecimento de equipamentos de terraplanagem e para o restabelecimento da trafegabilidade de vicinais.

Ao saber das ações realizadas pelo governo do Estado em parceria com a prefeitura municipal, dona Edinelza da Silva comemorou. “Esse trabalho está ótimo, eu acho muito bom. O serviço tá ficando maravilhoso em comparação com o que era antes”, disse a lavradora.

Durante a programação, o governador Helder Barbalho também assinou um terceiro convênio, desta vez, com a prefeitura de Santana do Araguaia. No documento consta a parceria entre Estado e município para garantir a reconstrução de vias e combustível para execução do serviço.

“Em Santana não será diferente. Nós assinamos um convênio com valor perto de R$ 600 mil para combustível. Assim, o prefeito poderá trabalhar nas estradas vicinais. Além disso, estou esperando a equipe do gestor terminar o projeto do hospital e do terminal. Na hora que terminar, nós vamos lá”, explicou o governador.

“O governador está doando combustível para Santana do Araguaia e nós vamos levar mais estradas ao nosso município”, destacou o prefeito de Santana do Araguaia, Eduardo Da Machado”.

Continue lendo

Pará

REDENÇÃO: Governo inicia a construção de 25 novas pontes

Publicado

em

Em uma iniciativa parceira do Governo do Estado com o município de Redenção, o governador Helder Barbalho autorizou, nesta quarta-feira (28), o início da construção de 25 novas pontes no município. Ao todo serão 16 nas áreas urbanas e outras nove na zona rural.

O chefe do Poder Executivo Estadual esteve no canteiro de obras de uma das pontes – localizado na avenida Marechal Rondon -, onde a estrutura de madeira existente será completamente substituída por outra erguida em cimento. O início das obras é motivo de celebração dos moradores, que de acordo com relatos, não aguentavam mais conviver com lama, poeira e alagamento. 

“Vai ajudar bastante. Primeiro, porque a realidade de hoje é de sofrimento. Esse pedaço, quando chove, fica bem lambuzado porque essa é uma rua bem movimentada. Além dos buracos perto da ponte, o local é perigoso, principalmente pela noite”, relatou o morador Cauã Silva. 

“Nós estamos executando, neste momento, mais de R$ 1 bilhão em obras de estradas, sejam manutenções, asfaltamento de rodovias e/ou conservação. Além da instalação de pontes de concreto que estão substituindo as antigas de madeira. Isso demonstra a preocupação em melhorar a nossa malha viária, garantindo trafegabilidade com segurança para as pessoas e também para o escoamento da nossa produção”, disse o governador quando firmou convênio com o município. 

Serão investidos R$ 5,8 milhões na construção de 16 pontes em concreto armado, nas vias públicas da zona urbana de Redenção. São elas: Av. João Gomes do Val; Av. José Carrion; Rua Curitiba; Av. Brasil; Av. Guilhermina C. Vaz; Av. Marechal Rondon; Av. Castelo Branco; Av. Rosa Lima de Almeida; Av. Bahia e Av. Presidente Humberto Castelo Branco. Para a área rural, serão destinados R$ 7,7 milhões para a construção de nove pontes em concreto armado, na estrada vicinal Sariema, no trecho entre a rodovia PA-287 e o Rio Arraia, divisa com o município de Santa Maria das Barreiras, na altura dos Km 2,2; 2,4; 6,9; 9,4; 23,1; 33,5; 36,2; 41,1 e 46,1.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze