Connect with us

Pará

PARÁ: Neymar brilha, e Peixe, no ritmo do carimbó, despacha o Remo

Publicado

em

O script foi cumprido à risca. Grandes jogadas, gols, coreografias. Após perder para o Palmeiras, no último domingo, pelo Paulistão, o Santos se reabilitou nesta quinta-feira. Goleou o Remo por 4 a 0, no Mangueirão, em Belém, e está nas oitavas de final da Copa do Brasil (veja os gols no vídeo ao lado). Como venceu por mais de dois gols, o Peixe elimina o jogo de volta, que seria disputado no dia 31, na Vila Belmiro. O quarto gol, marcado por Neymar, de pênalti, foi o de número 11.500 da história alvinegra.

Agora, o Santos aguarda o vencedor do confronto entre Fortaleza e Guarani. No primeiro jogo, disputado na capital cearense, o Tricolor de Aço venceu por 2 a 0.

Neymar desequilibra na primeira etapa

O Santos demorou para engrenar. O ônibus da delegação pegou trânsito pesado no caminho rumo ao Mangueirão e só chegou ao estádio 15 minutos antes do horário da partida. O aquecimento foi com bola rolando e, por isso, o time teve alguma dificuldade no início. O Remo aprontou uma correria e conseguiu acuar o Peixe nos primeiros minutos, sem, no entanto, ameaçar efetivamente o gol alvinegro.

Mas a partir do momento em que a equipe santista esquentou, ficou ruim para o time paraense. Os passes começaram a sair, de pé em pé. Neymar e André, com intensa movimentação, confundiam os marcadores. Aos 21, Ganso desceu pela direita, livrou-se da marcação e passou para Marquinhos que, com um toque preciso, achou Neymar livre dentro da área. O garoto dominou e só rolou na saída do goleiro Adriano. Na comemoração, uma inovação: em vez das dancinhas, os garotos fizeram pose e ficaram imóveis.

– Dessa vez foi estátua – explicou Neymar.

O gol assustou o Remo, que passou a desperdiçar a posse de bola errando muitos passes. O volante Danilo, que começou o jogo colado em Neymar, aguentou o quanto pôde. O atacante alvinegro circulava pelo campo com o marcador no seu encalço. Em alguns lances, perdia a bola. Mas, quando conseguiu se livrar, deixava os donos da casa em pânico.

Aos 42, o Santos marcou o segundo gol. Mas, nesse caso, o gol foi um detalhe. A jogada que acabou com o toque de pé direito de André para o fundo da rede é um capítulo à parte na história do jogo. Paulo Henrique tirou seu marcador para dançar e acertou um lindo lançamento para Neymar, que recebeu a bola na ponta direita, e foi cortando pelo meio até invadir a área. O goleiro saiu para abafar e ficou no chão depois de um drible desconcertante. O moleque abusado só rolou para o lado, e André pôs para dentro.

A torcida do Remo, que fazia muito barulho no Mangueirão, murchou. Perto das cabines de imprensa, um amigo comentou com o outro:

– Seria melhor pegar o outro (Palmeiras) e deixar o Santos para o Paysandu, referindo-se ao jogo em que o Verdão venceu o Papão por 2 a 1, também no Mangueirão, pela Copa do Brasil.

Classificação no ritmo do carimbó e gol 11.500

O Santos voltou para ao segundo tempo disposto a despachar de uma vez o Remo. E logo aos três minutos, marcou o terceiro. Neymar recebeu na meia esquerda e acertou um lindo passe, de trivela, para André, que dominou na entrada da área e tocou por cima do goleiro. Os santistas aproveitaram para homenagear os paraenses e dançaram o carimbó, ritmo típico do Norte.

O jogo estava sob controle do Santos. Mas em uma escapada do veterano Gian, ex-Vasco, o Remo quase diminuiu. Ele, que entrou no segundo tempo, foi derrubado por Edu Dracena na área. Pênalti que, aos dez, Marciano cobrou e mandou no travessão.

Esse foi o único lance de perigo da equipe paraense em toda a segunda etapa. O Santos diminuiu o seu ritmo e, com a entrada do volante Rodriguinho no lugar do meia Marquinhos, passou a tocar a bola de um lado para o outro, apenas esperando o tempo correr.

Como o Remo não oferecia resistência, o time paulista consolidou a goleada aos 36 minutos. Maikon Leite, que entrou no lugar de Ganso, foi derrubado por Raul dentro da área. Pênalti que Neymar cobrou, com paradinha: 4 a 0, sem dó, sem jogo de volta. (Globoesporte.com)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Pará

ELDORADO DOS CARAJÁS: BRK Ambiental inaugura novo laboratório de análise da água

Publicado

em

A BRK Ambiental, concessionária responsável por serviços de saneamento em nove municípios do Pará, inaugurou um novo laboratório de análises de controle de qualidade da água para consumo humano em Eldorado do Carajás, na região de Carajás.   

A nova instalação permitirá a realização de mais de 800 amostras de água por mês, o que corresponde a aproximadamente 2.500 parâmetros distribuídos entre análises físico-químicas e microbiológicas em matrizes de água bruta e tratada, atendendo a legislação nacional de qualidade da água para consumo humano do Ministério da Saúde. 

Atualmente, a BRK Ambiental atende cerca de 165 mil pessoas na região com água tratada. O objetivo da companhia é dar continuidade ao monitoramento de forma estratégica, otimizando o processo de amostragem da qualidade da água em todas as etapas do processo de produção, ou seja, desde a captação, processo de tratamento, armazenamento em reservatórios e no sistema de distribuição, visando garantir a proficiência e confiabilidade dos dados gerados. 

“Atestar a qualidade da água com um trabalho rigoroso e transparente faz parte do nosso propósito de transformar a vida das pessoas garantindo água e saneamento de qualidade. Agora, com um novo laboratório, esse serviço traz mais eficiência e praticidade na rotina da operação, beneficiando ainda mais os nossos clientes”, afirma Sandra Leal, gerente de Operações da BRK Ambiental.   

O engenheiro Pedro Gobbo, responsável pelas operações da concessionária no Pará ressalta que, anualmente, são disponibilizados relatórios com informações sobre a qualidade da água distribuída. “Todos os anos, as nossas equipes preparam o relatório anual de qualidade da água, em cumprimento ao Decreto Presidencial nº 5.440/2005, em que é possível atestar as análises das amostras laboratoriais. É importante que a população saiba que a água fornecida pela BRK Ambiental possui qualidade comprovada”, explica Gobbo. 

Continue lendo

Pará

Aeroportos de Marabá e Parauapebas estão entre os 10 mais movimentados da região Norte

Publicado

em

Segundo dados da Dados da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), o Aeroporto João Corrêa da Rocha, em Marabá e o Aeroporto de Carajás, em Parauapebas, estão entre os dez mais movimentados da região Norte do Brasil.

No mês de junho, o Aeroporto de Marabá ficou na oitava colocação com um movimento de 18.760 passageiros, que representa um crescimento de 11,9% comparado a maio 2021 e uma recuperação de 91,9% sobre junho 2019, época entraves agudos da pandemia de Covid-19. Marabá superou o Aeroporto de Rio Branco, capital do Acre, que teve em junho 17.578 passageiros.

Em Parauapebas, o Aeroporto de Carajás, teve em junho o embarque e desembarque de 7.486 passageiros, segundo dados da ANAC. Isso representa crescimento de 9,3% sobre maio de 2021 e recuperação de 75,8% sobre junho de 2019.


O aeroporto mais movimento de todas a região norte é o Aeroporto Val-de-Cans, em Belém, capital do Pará, que teve 193.769 passageiros em junho de 2021, seguido do Aeroporto Eduardo Gomes, em Manaus, no Amazonas, com 162.958 passageiros no mesmo período.

Outro aeroporto do Pará, que figura entre os 10 mais movimentados na região Norte, é o Maestro Wilson Fonseca, em Santarém, que ocupa a 6ª posição com volume de 27.294 passageiros em junho.

Dos dez aeroportos mais movimentados na região Norte, 4 são do Pará.

Continue lendo

Pará

MARABÁ: Mercado de Morada Nova será inaugurado na sexta, dia 30

Publicado

em

Na próxima sexta-feira (30), no Distrito de Morada Nova, será inaugurado o Mercado Municipal Lúcia Mendes. O empreendimento conta com 52 boxes e dez barracas que serão montadas para vendedores de produtos da horta comunitária dos Residenciais Tiradentes e Jardim do Éden.

Edillany Campos trabalha com moda feminina há cinco anos, mas por causa da pandemia teve que interromper seu trabalho, que será retomado agora com a inauguração do novo mercado, após ser sorteada para ter sua loja em um dos boxes. “Estou muito ansiosa para voltar a minha rotina e trabalhar. Nós esperamos praticamente um ano por causa da pandemia. O ambiente está muito bom, os boxes são bem organizados, estruturados”, pontua a comerciante.

Ela ainda afirma que não tem do que reclamar e espera que o novo mercado abra um leque de oportunidades para quem vive no distrito. “Para nós que moramos aqui em Morada Nova vai melhorar muita coisa porque vai ter oportunidade para as pessoas trabalharem e um local para as pessoas passearem”, comenta.


Outro trabalhador que estava dando uns toques finais no novo ponto de trabalho era o barbeiro Josiel Silva, que atua há 27 anos no ofício. “A minha expectativa é que o ‘trem’ aqui vai ser bom. Nós esperamos um tempo por causa da pandemia, mas é normal. Nós estamos nos sentindo bem e alegres com a inauguração e acho que vai ser bom para todo mundo”, ressalta.

Entre os produtos e serviços que serão ofertados no novo espaço estão açougues, peixarias, hortifrúti, lanchonetes, lojas de roupas, barbearias, chaveiros e outros.

O feirante Antonio Filho trabalha há 12 anos com venda de frutas e compartilha o sentimento ao inaugurar a frutaria no novo mercado. “Nós esperamos que seja muito bom. Morada Nova pela primeira vez está conseguindo um mercado municipal, algo que não existia antes. Então é muito importante para nós termos o mercado aqui”, ressalta.

No mês passado, agentes da Secretaria Municipal de Viação e Obras Públicas (SEVOP) realizaram os últimos ajustes no sistema elétrico e na pintura do novo mercado.

A inauguração do Mercado Municipal Lúcia Mendes ocorre na próxima sexta-feira, às 17h, na Avenida Tocantins, ao lado do Ginásio de Morada Nova cumprindo todos os protocolos contra a Covid-19. (Ronaldo Palheta / Fotos: Aline Nascimento)

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze