- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
domingo, 14 / agosto / 2022
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_img
Array

PARÁ: Operações policiais fecham 22 bares irregulares em Paragominas

Mais Lidas

A Polícia Civil de Paragominas, nordeste do Pará, divulgou os resultados das operações “Cadê Seu Filho?” e “Zumbido”, realizadas na zona urbana do município, nos últimos dias. O objetivo foi resgatar das ruas crianças e adolescentes em situação de risco e, principalmente, combater e reprimir o crime de exploração sexual, além de fiscalizar pontos comerciais em geral. As operações foram feitas de forma conjunta com a Polícia Militar, Conselho Tutelar e Secretaria Municipal de Meio-Ambiente (SEMA) de Paragominas. Os agentes efetuaram fiscalizações em estabelecimentos, como bares e postos de combustíveis. Ao todo, os agentes fiscalizaram 27 bares situados nos bairros Jardim Atlântico; Láercio Cabeline; Vila Rica; Camboatã; Cidade Nova; Promissão e Jaderlândia. A maioria dos estabelecimentos fiscalizados (7) está situada no bairro Jaderlândia.

Dentre os locais, 22 foram fechados por funcionamento sem licença, bem como, por extrapolarem o horário legal permitido para funcionamento. Os proprietários foram notificados a comparecer na Divisão de Polícia Administrativa de Paragominas, para legalizar os estabelecimentos e ainda serem orientados sobre as normas de funcionamento. Além disso, os agentes flagraram em dois bares fiscalizados a presença de duas crianças e de três adolescentes. Eles foram resgatados e entregues aos membros do Conselho Tutelar de Paragominas para adoção das medidas pertinentes ao caso. As ações integradas, segundo explica o delegado José Ricardo Oliveira, titular da Superintendência Regional da Zona Guajarina, visaram ainda inibir a comercialização de bebidas alcoólicas para crianças e adolescentes, além de casos de poluição sonora e outras modalidades criminosas.

Conforme o policial, um TCO (Termo Circunstanciado de Ocorrência) foi instaurado por contravenção penal de perturbação do sossego alheio contra Raifran Saraiva dos Santos e Anderson Valeriano da Silva Lima. Os dois foram encontrados com sons automotivos de seus veículos com intensidade sonora acima do permitido em lei, conforme aferição através de decibelímetro realizada pela SEMA. A ação policial contou com equipe de policiais civis formada pelos investigadores Paulo Henrique Machado; Denilson Carvalho; Marileno Alcântara; Marcos Roberto; Jorge Aguiar e Antônio Sérgio Silva, com apoio do escrivães José Renato Rabelo e Max Costa Belo, sob coordenação dos delegados Carmen Suely Silva e Carlos Magalhães Gomes.

- Publicidade -spot_img
Assinar
Notificar-me
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias