Connect with us

Maranhão

PARÁ: Policial estaria trabalhando para quadrilha

Publicado

em

Policiais militares do 24º Batalhão da PM, comandado pelo major Neil Duarte, estavam realizando uma operação no conjunto Cordeiro de Farias, no bairro do Tapanã, periferia de Belém, quando receberam a informação de que um homem estava debaixo de uma residência. O major Neil e outros policiais que estavam em cerca de 10 viaturas se deslocaram até o local para verificar essa situação, quando o ajudante de pedreiro, Lucivaldo Leão dos Santos, de 26 anos, conhecido como “Civaldo”, pulou na frente das viaturas, na rua Cabana, e pediu socorro das guarnições. Ele estava bastante nervoso e com o braço esquerdo alvejado por um tiro.

O major Neil rapidamente parou para conversar com o rapaz, que acabou revelando que foi um policial militar, conhecido como Augusto, que efetuou vários disparos e por pouco não tirou sua vida. “Eu estava descendo a ladeira da rua, quando o cabo Augusto Cézar, que é da PM, pulou na minha frente e disse que era um assalto.

“Eu não parei. Ele disparou vários tiros e um deles pegou no meu braço”, conta Lucivaldo, que já tem passagem pela polícia por assalto cometido em 2008. Após ser baleado, Lucivaldo correu pulando muros de vários quintais até entrar na lama e se esconder debaixo de uma casa.

Augusto estava em companhia de um comparsa que foi apenas identificado como “Tutuca” e que deu apoio ao policial utilizando uma moto, pertencente à dona de casa Daniela Sampaio, de 22 anos.

Em depoimento ao delegado Walter Resende, Daniela conta que estava descendo da moto, uma Honda Fan preta, em frente a um supermercado, localizado na rua sargento Getúlio, no bairro do Bengui, quando por volta das 8h30 de ontem, foi abordada pelo PM Augusto Cézar e um outro bandido identificado apenas como “Tutuca”.

“Eu estava descendo da moto quando os dois chegaram e pediram para eu não olhar para trás e levaram a minha moto”, relata Daniela.

A equipe do DIÁRIO acompanhou com exclusividade toda a operação da PM na tentativa de prender os acusados. “Nós vamos fazer algumas buscas para tentar prender os acusados”, explica o cabo J. Carlos, da 22ª ZPol, que cobre a área do Bengui.

Uma moradora que preferiu não se identificar contou aos policiais que “Civaldo” faz parte de uma quadrilha de traficantes adversária ao bando que o policial militar pertence, levando a crer que o caso está voltado para uma disputa por pontos de tráfico de drogas nas áreas do Parque União, Parque Verde, Cordeiro de Farias, Tapanã e Bengui.

Desde domingo, vários homicídios foram registrados naquela região, todas as vítimas envolvidas em acerto de contas. Em meio a esses crimes, Jackson Batista de Souza, de 21 anos, foi preso na madrugada de ontem pelos policiais do 1º Batalhão da Polícia Militar, quando estava acompanhado de um rapaz que acabou sendo executado no Parque União. Ele estava com todos os pertences da vítima.

“A gente vem registrando esses homicídios que estão acontecendo por causa do tráfico, mas vamos acabar com isso aqui”, conta o major Neil, que já está com a identificação de vários traficantes que agem no bairro.

Assalto

Durante as buscas aos demais envolvidos no baleamento, a guarnição do capitão Mariúba se deparou com uma outra situação.Um adolescente de 17 anos que estava em atitude suspeita e ficou bastante nervoso ao avistar a PM. Ao ser abordado pelo capitão Mariúba, foi encontrada na cintura do menor uma pistola 765, modelo alemã. “Eu comprei essa arma por R$ 200,00”, contou o adolescente.

Em poucos minutos, aproximou-se uma senhora que acusou o rapaz de ter acabado de asssaltar o seu mercadinho, fugindo com a renda do estabelecimento. Diante do reconhecimento, ele confessou o crime. “Eu roubei porque estava querendo ir embora para o interior”, finaliza. (Diário do Pará)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Maranhão

IMPERATRIZ: UEMASUL segue com dois concursos públicos com 20 vagas para curso de Medicina

Publicado

em

Estão abertos dois concursos públicos com oferta de 20 vagas para atender o curso de Medicina, do Centro de Ciências da Saúde (CCS) da Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão (UEMASUL), campus Imperatriz, objetos do Edital nº 01/2021 – GR/UEMASUL e do Edital nº 02/2021 – GR/UEMASUL.

O primeiro Edital, aberto até o dia 30 de dezembro de 2021, oferta 13 vagas para Professor Adjunto, com regime de trabalho de 40 horas semanais, tendo como pré-requisitos a graduação em Medicina, com Residência e Doutorado em áreas afins, com experiência profissional na área de atuação ou em docência.

O segundo Edital, com inscrições até dia 03 de janeiro de 2022, disponibiliza sete vagas para Professor Adjunto, com regime de trabalho de 40 horas semanais para as áreas e subáreas: Enfermagem, com as subáreas Obstetrícia e Saúde Pública; Fisioterapia; Farmácia; Ciências Biológicas, com as subáreas Morfologia e Fisiologia; Psicologia, com subárea Ensino e Aprendizagem e Educação (para graduados em Pedagogia).

Encerrados os períodos de inscrição para Professor Adjunto dos dois editais e não havendo candidatos inscritos, os editais serão reabertos com inscrição para Professor Assistente, que tem como pré-requisitos a graduação na área específica, com Residência e Mestrado em áreas afins. Só haverá inscrição para o cargo de Professor Assistente na inexistência de inscrição para o cargo de Professor Adjunto.

Os dois concursos são coordenados pelo Centro de Ciências da Saúde (CCS), campus Imperatriz, sob a orientação da Coordenação de Acesso ao Ensino Superior (CAES) e acompanhamento e supervisão da Comissão de Concursos da UEMASUL. Todas as informações, incluindo o calendário das etapas dos concursos estão disponíveis nos Editais, que podem ser acessados no sítio institucional da UEMASUL.

A seleção constará de prova escrita de conhecimentos, com leitura pública, de caráter eliminatório e classificatório; prova didática, de caráter eliminatório e classificatório e prova de Títulos, de caráter classificatório. 

O requerimento de inscrição deve ser protocolado no Protocolo Geral da UEMASUL, campus Imperatriz, localizado na Rua Godofredo Viana, 1300, Centro, das 8h às 12 horas e das 14h às 18 horas, acompanhado dos documentos obrigatórios, paginados e autenticados, do Currículo Lattes devidamente comprovado e comprovante de pagamento da taxa de inscrição.

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: Fiscalização de vagas prioritárias de idosos, pessoas com deficiência e carga e descarga é intensificada

Publicado

em

Estacionar em vagas prioritárias destinadas às pessoas com deficiência e idosos é considerado infração de natureza gravíssima com multa no valor de R$ 293,47, além da perda de sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). O alerta é do coordenador-geral de Trânsito, Hodislan Maciel, que afirma a intensificação de ações de fiscalizações em vagas prioritárias em Imperatriz.

Segundo ele, os motoristas flagrados nestes locais, sem a devida autorização, podem ainda responder medida administrativa com a remoção do veículo, que somente será liberado após a regularização junto à Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (Setran). “É preciso mais conscientização dos condutores para que respeitem a importância dessas vagas para quem tem direito a elas”, pontou.

Ele observa que devido ao final de ano aumentou o número de veículos em circulação no setor comercial, inclusive de outras cidades e estados, ocupando indevidamente vagas prioritárias destinadas aos idosos, pessoas com deficiência, carga e descarga de mercadorias. “Nós seguiremos intensificando as fiscalizações dessas vagas, inclusive em áreas de shoppings e supermercados”, garantiu.

Hodislan Maciel ressalta ainda que, além da fiscalização dos agentes de trânsito, haverá o suporte do sistema de videomonitoramento da Setran para identificar os veículos que estejam desrespeitando essa norma prevista no Código de Trânsito Brasileiro, CTB. “Nossas equipes realizam patrulhamento viário em todos esses locais para verificar o cumprimento das vagas prioritárias”, concluiu.

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: Superintendência de Iluminação pública agiliza atendimento via call center, aplicativo e presencial na Sinfra

Publicado

em

O superintendente de Iluminação Pública, Francisco Vaz, assinala que nova empresa Cosampa realiza, em ritmo acelerado, trabalho de manutenção corretiva e preventiva do sistema de iluminação pública de ruas e avenidas dos bairros e povoados do município de Imperatriz. “Nós estamos trabalhando na recuperação de luminárias apagadas, inclusive com pronto-atendimento à população através do call center 0800 006 1636, 24 horas, sete dias por semana”, destaca.

Segundo ele, o suporte ao atendimento de manutenção também pode ser feito através do aplicativo Cidade Iluminada, ou presencialmente na Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos (Sinfra), junto à Superintendência de Iluminação Pública (SIP), situada na rua “Y”, no bairro Nova Imperatriz.

“Nós registramos mais de 250 atendimentos somente neste primeiro dia de funcionamento do call center, onde dispomos de quatro equipes trabalhando em ritmo acelerado na substituição de lâmpadas queimadas e/ou danificadas nas vias de Imperatriz”, garantiu ele.

Francisco Vaz assinala que estão sendo feitos cerca de 60 atendimentos diariamente pelas equipes de manutenção devendo, em pouco tempo, suprir a demanda da população na reposição de lâmpadas queimadas, contribuindo para melhoria da segurança pública, evitando a escuridão e vias totalmente iluminadas.

O superintendente disse ainda que técnicos iniciaram a montagem da decoração natalina em vários órgãos, instituições e vias públicas preparando a cidade para o clima natalino e de ano novo em Imperatriz.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze