- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
domingo, 22 / maio / 2022
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_img
Array

PARÁ: Ponte deixa população do sul do Estado isolada

Mais Lidas

Motoristas que trafegam pela rodovia estadual PA-287, que liga Redenção à divisa com o Estado do Tocantins, no município de Conceição do Araguaia, denunciam que correm perigo ao passarem por um desvio construído ao lado da ponte do rio Arraias. O desvio, que é uma ponte improvisada feita de madeiras velhas, fica distante 60 quilômetros do perímetro urbano de Redenção e 40 de Conceição do Araguaia.

Segundo motoristas há cerca de um mês uma empresa particular desativou a ponte sobre o rio Arraias e construiu ao lado dela outra ponte que serve como desvio improvisado. Porém, a empreiteira responsável pelas obras de reforma e alargamento da ponte paralisou os trabalhos e não há sinais de quando os mesmos serão retomados.

Com a chegada do inverno os motoristas enfrentam dificuldades para passar pelo desvio, pois quando chove o local fica escorregadio e os motoristas são obrigados e esperar por horas até a estrada secar e permitir a passagem com segurança.

A PA-287 é a principal entrada e saída do sul do Pará. É por ela que entra e sai a maior parte de produtos consumidos pelos moradores da região, além de ser um importante corredor de escoamento da produção agrícola e bovina. Diariamente são mais de dois mil veículos trafegando, muitos deles caminhões carregados de soja com destino ao sul e sudeste do Brasil.

Cerca de 15 municípios e 800 mil pessoas estão isolados do restante do País a partir de hoje. O tráfego sobre a ponte no rio Arraias na rodovia que liga Redenção a Conceição do Araguaia está cortado. A ponte improvisada de madeira que servia como passagem está submersa e o trânsito de veículos cortado.

Pela ponte passa os veículos que abastecem o comércio de Redenção a São Félix do Xingu. Se o governador Simão Jatene não tomar providências no sentido de acelerar o trabalho de reconstrução da ponte a população sofrerá com a falta de mantimento. A região do sul do Pará não tem representatividade na assembleia e nem na Câmara dos Deputados Federais em Brasília, pois deixou que essa situação ocorresse.

Está sendo providenciada uma balsa para fazer a passagem dos veículos. A ponte de concreto existente no local está sendo reformada, e a obra ficou interrompida durante meses. Há infomações que o trabalho de reforma da ponte foi reiniciado essa semana. (Otávio Araújo)

- Publicidade -spot_img

2 Comentários

Assinar
Notificar-me
guest
2 Comentários
Mais antigo
Mais recente Mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
Káthia Moraes

Olá pessoal, meu nome é Káthia.
Sou paraense, mas atualmente moro em
goiania, e esta semana fiquei sabendo deste
acontecimento, meus pais moram perto de redençao,
e as vezes eles precisam ir em conceiçao, nossa
nem sei o que comentar a respeito disso, mas uma coisa
posso falar: Estou muito envergonhada com isso…
e deixo um alerta aqui… GOVERNADOR DO PARÁ ACORDA…
QUE VERGONHA…. fico muito triste pelos moradores do
municipio, e mas triste ainda pelas pessoas que precisam
de atendimento medico com urgencia.

Um grande abraços a todos os Paraenses..
Káthia Moraes.

Viviane

OLA PESSOAL, PEGA NO PÉ DESSAS AUTORIDADES. É POR ISSO QUE NAUM QUEREM DIVIDIR O ESTADO, POR QUE E MUITO COMODO PARA ELES UM FIM DE MUNDO COMO E NOSSO SUL DO PARÁ.

NOSSO SUL DO PARÁ, E UMA PIADA PARA O MUNDO.

- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias