Connect with us

Pará

Pará possui projetos para redução de emissões por desmatamento

Publicado

em

A compensação financeira pela Redução de Emissões por Desmatamento e Degradação de Florestas (Redd) é uma possibilidade de motivar parceiros na preservação do meio ambiente no Pará. É isso que acreditam os membros Fórum Paraense de Mudanças Climáticas, que estiveram reunidos no curso introdutório sobre Redd, que iniciou no dia 25 e encerrou nesta quinta-feira (27), Centro de Convenções Computer Hall.

O encontrou reuniu representantes da The Nature Conservancy (TNC), WWF, Conservação Internacional (CI), Cooperação Técnica Alemã (GTZ), Instituto de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental do Pará (Idesp), Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) e prefeituras municipais de São Félix do Xingu, Altamira e Brasil Novo, interessados na implantação do Redd.

Segundo estimativas, dois terços das emissões anuais de CO² do Brasil provêm do desmatamento da Amazônia. Visando reduzir esses índices, já é pauta nas discussões internacionais sobre as mudanças climáticas, lideradas pela Organização das Nações Unidas (ONU), o pagamento pela Redd. O Idesp, integrante do fórum, é o precursor no debate sobre a questão. “O Idesp tem realizado esforços para estabelecer e instituir parâmetros para a certificação do Redd, além de instituir parcerias, divulgar e discutir o assunto”, afirma o diretor de Pesquisa e Estudos Ambientais do Idesp, Jonas Bastos Veiga. As iniciativas estão inseridas na Política Estadual de Enfrentamento das Mudanças Climáticas, juntamente com a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema).

A iniciativa de pagamento pela Redd tem lugar de destaque por se tratar de um mecanismo internacional, que pode contribuir para diminuir as emissões por meio da compensação financeira aos países em desenvolvimento ou segmentos produtivos que mantiverem suas florestas preservadas. Nesse sentido, o Idesp, em cooperação com a Sema, realizou dois eventos sobre o tema no ano passado e tem acompanhado a implantação de projetos piloto do Redd.

Atualmente, os projetos estão em implantação em São Félix do Xingu, que está em segundo lugar na lista dos 43 municípios que mais desmatam na região amazônica, e em cidades da região da Calha Norte, em que se pretende contribuir com a conservação de 7.400.000 ha das Florestas Estaduais do Paru, Trombetas e Faro. “Queremos aprender mais e levar informações sobre o Redd ao nosso município, para que possamos trabalhar para conseguir benefícios na área ambiental”, afirma o representante da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Altamira, Marcelo Neves, que participou do curso.

Em São Félix do Xingu, município com área de 8.000.000 ha, situado no “Arco do desmatamento”, uma das fronteiras do planeta responsável por cerca de metade do desmatamento das florestas tropicais entre os anos de 2000 e 2005, o Governo do Pará tem parceria com a TNC, desenvolvendo um projeto-piloto de carbono florestal em larga escala. Parte da estratégia busca demonstrar a efetividade da conservação florestal na redução de emissões de carbono e na mitigação das mudanças climáticas. Na Calha Norte, o projeto objetiva atender as indicações da lei de macrozoneamento do Estado, assim como auxiliar a impedir o avanço da especulação fundiária e garantir a proteção ambiental dos recursos naturais da região. Nessa região, a parceria do Governo do Estado é com a Imazon, Museu Paraense Emílio Goeldi (MPEG), Instituto de Desenvolvimento Florestal (Ideflor) e GTZ. (Yvana Crizanto)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Pará

Tuna bate Paysandu e se aproxima do título do Parazão 2021

Publicado

em

Deu Tuna Luso nos primeiros 90 minutos da decisão do Campeonato Paraense 2021. Em partida no Estádio do Souza, a Águia Guerreira derrotou o Paysandu por 4 a 2 e chega com boa vantagem para o jogo de volta no próximo domingo, dia 23, na Curuzu. Na primeira etapa, os laterais Léo Rosa e Alexandre Pinho marcaram os dois primeiros para a Lusa. Na volta do intervalo, Lukinha ampliou. O Papão diminuiu com Perema, de cabeça. Paulo Rangel fez valer a lei do ex e marcou o quarto dos donos da casa, mas Gabriel Barbosa diminuiu o prejuízo para os bicolores minutos depois. No segundo jogo, a Tuna pode perder por até um gol de diferença que mesmo assim fica com a taça, feito que não acontece desde 1988.


Antes da partida começar, a Tuna já tinha o melhor ataque da competição e disparou ainda mais nesse quesito hoje. A equipe cruzmaltina tem 29 gols em 13 jogos no Parazão, uma média de 2,2 por partida. Paulo Rangel, com sete gols, é o artilheiro do time, o vice da competição, atrás de Cris Maranhense, com oito. Outro destaque é o lateral-direto Léo Rosa e o meia-atacante Lukinha, que têm cinco e três gols respectivamente.

O Paysandu chegou à final com a melhor defesa do campeonato, tendo sofrido apenas sete gols. A equipe chegou a ficar sete jogos sem ter a defesa vazada. O então ponto forte do Papão não funcionou hoje e levou quatro gols da Tuna, deixando as coisas complicadas para a volta na Curuzu.

O jogo de volta da final do Campeonato Paraense 2021 está marcado para o próximo domingo, dia 23, às 17h, na Curuzu. O Papão precisa vencer por dois gols de diferença, se quiser pelos menos levar a decisão para os pênaltis, ou mais, se quiser o título no tempo normal. Já a Tuna pode perder por até um gol de diferença que mesmo assim conquistará o 11° título estadual.

Continue lendo

Pará

BREU BRANCO: Chamonzinho leva ações do Mais Saúde

Publicado

em

Neste sábado, 15, o deputado Chamonzinho (MDB), levou até Breu Branco, na região de carajás, Pará, ações do Mais Saúde, promovidas pelo Instituto Miguel Chamon, com atendimentos de saúde para fortalecer o combate à pandemia.

Chamonzinho esteve acompanhado de vereadores, vice-prefeito e prefeito da cidade, onde também visitaram a Praça São Cristóvão, que será reformada e revitalizada, através de uma emenda destinada pelo parlamentar.

Continue lendo

Pará

Assista o Conexão Rural deste fim de semana – 15 e 16 de maio

Publicado

em

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze