- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
quarta-feira, 25 / maio / 2022
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_img
Array

PARÁ: Protesto contra falta de energia interdita a Alça

Mais Lidas

Revoltados com a constante falta de energia elétrica, os moradores da comunidade “Estrela da Manhã”, no km 20 da Alça Viária, às proximidades do município de Acará e a 160 quilômetros de Belém, interditaram na segunda-feira 14, por volta das 19 horas, as duas pistas da rodovia, ateando fogo em vários troncos e causando um congestionamento de ao menos quatro quilômetros em cada faixa. Somente com a presença das viaturas da Polícia Rodoviária Estadual (PRE), Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque) e Ronda Tática Ostensiva Metropolitana (Rotam), totalizando cerca de 40 homens, a situação foi normalizada por volta de 22 horas.

Segundo os moradores, o problema já dura anos e nunca teve solução. A comerciante Edileuza Almeida dos Santos, 25 anos, contabiliza 500 reais em prejuízo. “Estragaram a carne, o frango, o peixe, a mortadela. Tudo que estava no freezer se perdeu. Antigamente essa queda de energia não durava muito tempo, mas agora já está demais. Só no final de fevereiro foram oito dias sem luz”, reclama a morada, que vive há quatro anos na localidade, que tem cerca de 80 famílias, a maioria mulheres e crianças. O serralheiro Raimundo Silva Souza, 39 anos, mora há cinco anos no local, tem mulher e sete filhos e diz não saber o que fazer para não perder novamente o rancho da semana. “Estamos sem energia desde sexta-feira (dia 11), já ligamos para a Rede Celpa, que também já passou por aqui, mas não resolveu nada. Toda minha comida estragou. E agora? Quem vai alimentar minha família e pagar meu prejuízo?”, indagava, acrescentando falta energia ao menos duas vezes durante a semana.

Ao longo dos primeiros vinte quilômetros da rodovia, agentes da Rede Celpa tentavam consertar um cabo rompido no início da noite, segundo informações da PRE. “Um representante da Celpa, identificado apenas por Orlando, entrou em contato conosco e disse que cerca de 70% da energia elétrica seria restabelecida por volta das 22h30, pois houve um dano com a fiação, o que exige manutenção cautelosa e que o horário não permitia resolver o problema em sua totalidade. Devido a isso, ele nos pediu que uma guarnição da PRE acompanhasse a equipe de manutenção a partir das 7 horas, para fazer os reparos necessários”, explicou o tenente Marinho, da PRE. (O Liberal)

- Publicidade -spot_img
Assinar
Notificar-me
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias