- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
terça-feira, 24 / maio / 2022
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_img
Array

PARÁ: Quarenta mil garimpeiros excluídos da Coomigasp

Mais Lidas

Um pedaço de papel e uma só canetada estão causando desconforto entre os associados da maior cooperativa da maior província de ouro do planeta, Serra Pelada. É que a portaria de número 5 deste ano, assinada no último dia 15 pelo presidente da Cooperativa de Mineração de Garimpeiros de Serra Pelada (Coomigasp), Gessé Simão de Melo, e publicada no dia 16 (quarta-feira) no Diário Oficial, expulsa quase 40 mil associados da entidade de uma única vez. O motivo alegado: inadimplência.

A tensão atinge não apenas quem foi excluído dos cadastros da associação, e sim todos os 45.570 cooperados, que juntos detêm a participação minoritária de 25% no contrato de parceria firmado com a empresa canadense Colossus Geologia e Participação Ltda. para explorar ouro, paládio e platina no Distrito de Serra Pelada, localizado em Curionópolis, a 137 quilômetros da sede de Marabá.

Tal contrato, segundo consta, tem sua legalidade questionável e é, inclusive, objeto de ação do Ministério Público Federal (MPF) por parte de grupos de associados.

Conflitos

A expulsão dos inadimplentes da Coomigasp faz com que a riqueza mineral seja dividida entre os 5.925 adimplentes, os quais representam 13% do total dos quase 46 mil cooperados. Isso, para o presidente da União Nacional dos Garimpeiros e Mineradores do Brasil, Emanuel Luiz da Mata Lima, também associado da Coomigasp, é um fato preocupante, uma vez que poucos vão ficar com tudo, e muitos, com as mãos abanando.

“Pode haver o maior derramamento de sangue deste País em Serra Pelada, maior do que o da curva do S”, prevê Da Mata, indignado com a situação. Ele compara que nos próximos meses podem ocorrer conflitos no garimpo com um número de mortos maior do que o registrado no Massacre de Eldorado do Carajás.

Para o presidente da União Nacional dos Garimpeiros, a exclusão dos associados da Coomigasp é um “desrespeito” para com os garimpeiros que “suaram em Serra Pelada” na década de 1980 e que tiveram de ver o garimpo fechado por muitos anos, de 1992 até meados de 2010, tendo de pagar mensalidades.

Os inadimplentes têm prazo de 30 dias para entrar com recurso junto à Coomigasp e comprovar sua situação de adimplência, segundo determina a Portaria 05/2011.

Denúncias

Cooperados que hoje lideram a oposição dentro da Coomigasp acusam a atual diretoria de estar a serviço da Colossus. A Coomigasp obteve poderes exclusivos de administração e mineração em Serra Pelada por meio da Lei Federal número 7.194 de 1984 e, em 2007, recebeu da Vale o direito à lavra sobre 100 hectares da área da mineradora.

Em seguida, contudo, transferiu o direito minerário à Colossus via termo de parceria formalizado por intermédio da Serra Pelada Companhia de Desenvolvimento Mineral (SPCDM). Pelo acordo, a mineradora entra com recursos e equipamentos próprios em troca de parte dos lucros obtidos com a exploração do ouro.

A primeira divergência entre a diretoria e associados, em relação ao contrato da Colossus, ocorreu na assembleia de 8 de julho de 2007, que aprovou a parceria e estabeleceu a partilha do garimpo em 49% para os cooperados e 51% para a empresa.

Só que o contrato assinado oito dias depois pela diretoria da Coomigasp ampliou a vantagem da multinacional para 75%, garantindo apenas 25% para os associados. A parceria foi formalizada com o aval do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) e do Ministério de Minas e Energia, tendo a participação direta do ministro Edson Lobão. (Correio Tocantins)

- Publicidade -spot_img

22 Comentários

Assinar
Notificar-me
guest
22 Comentários
Mais antigo
Mais recente Mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
carlos

sou garimpeiro
de serra pelada desde 1980 existe uma serié de arbitrariedade eu não concordo com á forma de divisão que esta sendo feito em partes iguais os direitos , entendo que os donos de barrancos tem que ter uma compensação maior que os demais. Outro ponto é á coomigasp ficar esse tempo todo inoperante e seus sócios terem que esta totalmente quites ,uma vez que ela não cumpriu com suas obrigações.até o momento ela só serviu de plataforma politica , para politicos safados aproveitadores e de alavanca para grandes negociata … como é o caso da colossus minerals os garimpeiros tem que acorda enquanto é tempo á colosus esta treinado um batalhão de pistoleiro para defender o seu patrimônio no final os garimpeiros vão ficar chupando o dedo …

Antonio de Sousa Bittencourte

sou associado da coomigasp preciso saber como estar a minha situação diante da cooperativa,preciso saber se estou na lista dos 40 mil excluidos da coomigasp. meu nome é Antonio de sousa bittencourte matricula 07.903.

arnaldo reis

concodo sim com direitos iguais pq aqeles q nao qere diretos iguais tenho quase certesa qe nao corro atras dos seus direitos igual aqeles sofredores qe vendia o utimos saco de arroz pra nas reunios e muita grana da pra todo mundo .pesso a deus todo dia q de certo

luiz nunes da silvailva

quero saber se meu nome esta na lista dos excluido e como esta meu cadastro o numero do meu cadastro é 18884

Carlos Alberto Silva Vasconcelos

Os garimpeiros foram e stão sendo lesados. Primeiro, a coomigasp tornou-se subalterna da Colossus. So faz o que lhe mandam fazer. Segundo, de toda arrecadação anual, que só serve parasustentar o luxo dos “diretores”, não sobra 0,01(um centavo) a ser rateado entre os cooperados, que, quando atrasam o pagamento, do qual não tem qualquer benefício, são expulsos modo “manus militari”, sem qualquer direito. Abram o olho, garimpeiros e povo de Serra Pelada.

sou garimpeiro do garimpo de serra pelada quero saber como estar minha situação; paquei até junho de2011 ;quero saber se estou excluido por vafor mantenha me enformado; matricula n° 32212

dayana lopes

Oi gostaria de saber qual a situacao de meu pai: Pedro Lima Lopes cooperador da Coomigasp, cuja matricula: 28.618. grata

êita meu DEUS JÁ SE PASSARAM OS ANOS E NADA DE RESOUVER ESTA QUESTÃO ,meu AVô FALECEU HÁ 8 ANOS E SEMPRE COM A ESPERANÇA DE RECEBER EESE DINHEIRO E NADA”””””” sou de piripiri

kdÊ o nosso dinheiro,o nosso ouro não tenm valor éééééééé???????????

Clemilton Almeida Silva

meu pai foi garimpeiro em Serra Pelada , tem o certificado de matricula de garimperio n, 37462 , e tambem era associado ao Sindicato de Garimpeiros de Curionopolis, carteira n, 0350, faleceu dia 15 de dezembro de 2007, periodo da Readequaçao , e nao fez a readequaçao, gostaria de saber se podemos fazer a readequaçao, e regulariza-lo, junto a Coomigasp, e onde posso me informar

Edno Teixeira dos Santos

como está minha situação na coomigasp

Edigar jose da silva

gostaria de saber se fasso parte ainda como assosciado, o numero da matricula 21.319

Raquel de Paula Silva

Sou filha de garimpeiro o Sr. Gersom Rodrigues Silva que trabalhou anos na serra pelada. Sou de Boa Vista RR e não sabemos de nada por aqui. Meu pai já faleceu em 2005 e deixou um Sr. chamado Miro com uma procuração para resolver esse assunto. Esse senhor foi embora para o pará e até hoje não sabemos noticias de nada do que se passa por aí, não sabemos nem se minha mãe é uma das associadas exclusivas. Peço que me ajudem com informações sobre esse Senhor Miro, qualquer coisa falem comigo pelo e mail. Meu nome é Raque de Paula Silva

marines

como vcs sao garimpeiros a muito tempo creio eu q des dos anos 80 qria saber se algum de vcs chegou a conhecer um homem como nome de NELSON ROCHA DOS SANTOS talvez conhecido como lagoa noa tem um dos dedo polegar da mao se por ventura alguem souber de alguma coisa gostaria de saber obrigada

Luciano Souza

Bom dia!

Gostaria de Saber noticias do meu pai que era garimpeiro nos anos 80, não tenho noticias dele há 30 anos. O nome dele é Romualdo Serafim de Souza.

Quem souber alguma noticia me envie o e-mail, para: souza.lucianoudi@gmail.com

Grato.

Luciano Souza

joelson de carvalho oliveira

quero saber se aguem tem noticias de Edilson( lisboa )ele veio do RIO GRANDE DO NORTE /apodi RN baixa da legria seus irmaos querem saber noticias.
seu irmaos sao:
evilasio paulino de oliveira,elisete,eronildes,aecio se alguem tever noticias mim avise

Boa Noite.
meus tios vinheram no tempo da febre do ouro para esses lados mas nimguem sabe nada deles ainda .
um deles é:
Edilson paulino de oliveira o outro nao sei do nome, se alguem solber do paradeiro deles mim entre em contato.
juliocefetrn@hotmail.com

Evilasio Paulino de Oliveira

Sou de Apodi R/N SE ALGUEM OUVIR FALAR EM EDILSON OU OUTROS PARENTES DELE DIGA QUE TENHO UM FILHO MORANDO EM PARAUAPEBAS

paulina marques de sousa galvao

gostaria de saber noticias de um tio,que se aventurou.
em 1980+ou-nesta epoca ,se ainda é vivo .
o nome dele é joao marques de souza nascido na bahia em meados de 1940.
como devo procurar.nos familiares temos mt vontade de saber se vivo ou moto.

Amanda Bernardino

Oi, eu gostaria de saber como é que está a situação do meu pai, o nome dele é Abel Bernardino Alves, entrou no Serra Pelada em 1983 e trabalhou até 1990, seu número de registro é 27.016-85. Ele trabalhou no barranco chamado de Pedra Preta de número 1232, onde comprou 2% cativo de um homem chamado Marcos Gomes da Silva que a qual desistiu de ser garimpeiro e resolveu vender sua parte. Meu pai têm até hoje sua carteira de garimpeiro. Atualmente ele se encontra vivo e esperançoso de que o seu passado tão sofrido venha a trazer frutos para o presente, e gostaria muito de saber como é que está a sua situação. Gostaria de saber também com quem que ele pode se informar mais sobre a cooperativa, coomigasp.

Por favor, entrar em contato comigo pelo meu e-mail amandinha_509@hotmail.com.

Gostaria muito de obter respostas sobre esse assunto. Agradeço desde já.

Rosa Monteiro Nascimento

meu nome e Rosa filha de Jose Monteiro silvia o numero de escriçao dele e 01529 . gostaria muito de saber como que esta a situaçao do meu pai ele ja e falecido mas eu e meu irmao estamos a frente para resolver qualquer asunto.gostria de saber com quem posso me informar sober a cooperativa coomigasp.

joelina trindade

sou filha de ex garimpeiro e quero saber se meu pai foi um dos excluidos , ele se chama manoel perreira da trindade.

- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias