- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
quarta-feira, 18 / maio / 2022
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_img
Array

PARÁ: 15 mil tracajás são devolvidos à natureza em Itupiranga

Mais Lidas

A comunidade ribeirinha do município de Itupiranga acompanhou, neste final de semana, a soltura de mais de 15 mil tracajás, espécie conhecida como tartaruga amazônica.

Durante todo o domingo (18), foram oferecidas aos moradores palestras sobre a preservação e manutenção da espécie assim como a limpeza da praia. Agricultores e pescadores aprenderam como produzir alimentos para os tracajás e se comprometeram a não mais praticarem a caça predatória que, ainda é uma realidade da região.

Professores e estudantes da UFPA e Representantes da Alpa (Aços Laminados do Pará) participaram do evento, que terminou com a soltura dos animais, devolvidos ao rio Tocantins.

O projeto é mantido pela ONG Mepa (Movimento Educacional de Preservação da Amazônia) e pelo Promargem (Projeto de Manejo de Recursos Naturais das Margens), com apoio da Vale e da UFPA.

Durante mais de seis meses foi feita a coleta dos ovos dos animais em toda a extensão da praia do meio, que é de mais de 15 km. O objetivo era evitar que eles fossem roubados por caçadores, que durante a madrugada saem à procura dos ninhos. Depois de colhidos, os ovos foram enterrados em um local seguro próximo ao acampamento da ONG. Cada cova tinha no mínimo 15 ovos.

Cerca de três meses depois, os primeiros ovos começaram a eclodir e os tracajás começaram a ser separados em um curral para que fossem soltos todos de uma vez. (Portal ORM / Fotos: Diogo Augusto)

- Publicidade -spot_img
Assinar
Notificar-me
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias