- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
sexta-feira, 20 / maio / 2022
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_img
Array

PARÁ: Receita quer saber onde está barco do contrabando

Mais Lidas

Receita Federal e a Polícia Federal estão investigando o paradeiro da embarcação que fez o transporte da mercadoria contrabandeada até o vilarejo de Derrubadinho, às margens do rio Maracanã, no município do Salinópolis, na quarta-feira. O barco pesqueiro foi liberado logo após a apreensão da carga, no momento da chegada ao vilarejo. A carga foi apreeendida por policiais civis e militares que participavam da Operação Poseidon. Na operação, foram presos três policiais militares que estariam ajudando no transporte da carga contrabandeada. Os responsáveis pelo embarcação, no entanto, não foram incomodados e depois de algum tempo, se retiraram do local na embarcação.

Duas carretas, que seriam usadas no transporte terrestre do contrabando, acabaram sendo utilizadas para trazer os artigos de Salinas até a alfândega da Receita Federal, no centro comercial de Belém.

O auditor fiscal da Receita Federal José Renato Gomes disse que a embarcação está envolvida em um crime federal de contrabando e descaminho de produto, além de integrar um processo tributário, que será encaminhado em forma de denúncia ao Ministério Público Federal no Pará (MPF-PA) posteriormente. O órgão pediu ajuda da população, em especial dos moradores de regiões ribeirinhas, para tentar localizar o barco pesqueiro. O auditor da Receita afirmou que a embarcação estava descaracterizada e sem identificações e pinturas externas, para dificultar a fiscalização. (Portal ORM)

- Publicidade -spot_img
Assinar
Notificar-me
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias