Connect with us

Tocantins

PARÁ: Sebrae e Famep orientam prefeitos em Marabá

Publicado

em

Com o objetivo de orientar os gestores de 38 prefeituras da região sul e sudeste do Estado,na implantação da Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas, o Seminário de Desenvolvimento Territorial e Fortalecimento da Receita Municipal,está sendo realizado desde o dia 05 em Marabá, pelo Sebrae e Famep (Federação das Associações dos Municípios do Estado do Pará) em parceria com o Governo do Estado e a Associação dos Municípios do Agauaia-Tocantins (Amat).  

Segundo a diretora-superintendente do Sebrae no Pará, Cleide Rodrigues, a implantação da Lei Geral nos municípios é importante no processo de potencialização da receita. ‘A Lei Geral cria um ambiente favorável para o surgimento e desenvolvimento de micro e pequenas empresas e abre espaço para que estas participem, por exemplo, das compras governamentais do município. Dessa forma, as empresas geram emprego e movimentam ainda mais a economia local’, explica a superintendente.

No primeiro dia de seminário, foram apresentados três painéis que trataram de assuntos como a regularização de pequenos negócios e desenvolvimento através das MPEs. Ao final do dia, os representantes municipais começaram a formatar um projeto de lei que será apresentado à câmara de vereadores de cada município. ‘A idéia deste seminário é extremamente prática, os prefeitos sairão daqui com um projeto de lei pronto precisando apenas encaminhá-lo para a câmara de seu município. É um processo importante, primeiro para os municípios e para o Estado, que ganha em desenvolvimento, além de colaborar com o Sebrae nacional em suas metas mobilizadoras’, explica Josenir Nascimento, secretário executivo da Famep.

Um dos destaques do primeiro dia foi o caso de sucesso apresentado pelo prefeito de Cariacica (ES), Helder Salomão, que foi o primeiro a implantar a Lei Geral das MPEs no Brasil. Durante sua exposição, o prefeito detalhou todo o processo para a implantação da lei. ‘Criamos um Centro Integrado de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, onde reunimos sete secretarias municipais e mais o Corpo de Bombeiros. Antes da lei, as MPEs tinham uma participação mínima nas compras governamentais, apenas 12%. Hoje as licitações do município que são vencidas pelas MPEs chegam a 64%.’, expõe o prefeito.

Nesta quinta-feira, 6, os participantes receberam noções de como aumentar a arrecadação do município através do simples nacional, certificação digital e nota fiscal eletrônica. (Portal ORM com informações Ascom Sebrae)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Tocantins

Tocantins continua crescendo na geração de empregos, aponta dados do Caged

Publicado

em

Com a admissão de 7.377 trabalhadores formais e o desligamento de 5.690 o Tocantins fechou o mês de junho de 2021 com um saldo positivo de 1.687 novos empregos gerados. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados nesta quinta-feira, 29, pelo Ministério da Economia.

Com os dados de junho, o Tocantins já registra 13 meses consecutivos de saldo positivo na geração de postos de trabalhos formais.


Além do saldo positivo em junho de 2021, o Caged registrou um crescimento na geração de empregos no Tocantins com relação ao mesmo período do ano passado. Em junho de 2020 o Tocantins registrou um saldo positivo de 1.205 empregos, este ano esse número é 1.687, o que significa um crescimento de 40%.

Setores da economia que mais geraram emprego

A gerente do Observatório do Trabalho, Wilany Bezerra, explica que com a elevação de admitidos e o decréscimo de desligados o resultado de abertura de novos postos de trabalho no Estado foi positiva. A gerente pontua ainda que os setores que mais se destacaram foram Comércio, Reparação de Veículos Automotores e Motocicletas que registrou 407 novos postos abertos; já a Construção Civil contou com um saldo positivo de 386 postos; e Informação, Comunicação e Atividade Financeira, Imobiliária, Profissionais e Administrativas tiveram saldo positivo de 312 postos abertos no Estado.

Movimentação do mercado nas maiores cidades do Estado

Os municípios de Palmas (875 postos empregos abertos), Araguaína (280 postos de empregos gerados), e Gurupi (76 novos postos de empregos) obtiveram os melhores desempenhos no acumulado do saldo de empregos em junho de 2021.

Caged

O Caged é um registro administrativo da Secretaria do Trabalho do Ministério da Economia que mede a quantidade de admissões e demissões de funcionários formais.

A equipe de gestão do Sine Tocantins monitora e avalia mensalmente os dados do Caged e associados a eles, outras bases de dados como a Pesquisa Nacional por Amostra e Domicílio (Pnad) e a Base de Gestão da Intermediação de Mão de Obra (BGIMO). Subsidiadas por essas pesquisas são traçadas diretrizes para a atuação do Sistema em seus nove postos espalhados estrategicamente pelo Estado (Palmas; centro e Taquaralto, Araguaína, Gurupi, Porto Nacional, Paraíso,Guaraí, Dianópolis e Araguatins) . O objetivo final desse esforço é diminuir a distância entre quem oferece e quem procura o emprego. (Lara Cavalcante)

Continue lendo

Tocantins

Energisa é reprovada por consumidores

Publicado

em

A Energisa Tocantins foi reprovada na pesquisa anual de satisfação do consumidor encomendada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Os dados, referentes ao ano passado, foram divulgados nesta quinta-feira, 29 de julho de 2021.

Com o péssimo desempenho, motivado principalmente por uma queda brusca de confiança e de satisfação do consumidor tocantinense, a Energisa ficou de fora do prêmio de Qualidade 2020.


A empresa havia sido premiada nos últimos dois anos por ter melhorado tais índices em 2018 e 2019. Contudo, dessa vez, a situação foi totalmente inversa, e a Energisa aparece entre as piores concessionárias de energia elétrica do Brasil, o que demostra falhas na gestão da empresa no Tocantins.

SATISFAÇÃO DESPENCA QUASE 15%

Conforme a pesquisa, o índice de satisfação do cliente despencou 14,4% – saindo de 64,9% em 2019 para 55,5% no ano passado. Entre 52 concessionárias, a Energisa ficou na 42ª posição – entre as piores por não ter alçando o percentual mínimo de 60 pontos percentuais.

CONFIANÇA EM QUEDA

A confiança do consumidor do Tocantins na empresa também caiu bastante, de 63,5% para 59,7% – redução de 5,98%, apesar de não ter sido registrada alteração significativa no índice de qualidade dos serviços prestados (65,72% – variação de 0,34%).

INSATISFAÇÃO EM OUTROS ESTADOS

A avaliação da Energisa está ainda pior em outros três estados: Acre, Mato Grosso e Rondônia (neste caso, o último e o penúltimo lugar no ranking de 52 empresas, conforme o gráfico de classificação pelo grau de satisfação do consumidor), o que demostra uma insatisfação geral com a concessionária.

CIDADES PESQUISADAS

A pesquisa 21ª pesquisa para apuração do Índice ANEEL de Satisfação do Consumidor Residencial 2020 foi realizada pela empresa Qualitest Ciência e Tecnologia Ltda., no período de 17 de novembro de 2020 a 12 de fevereiro de 2021.

No Tocantins, foram ouvidos consumidores das cidades de Ananás, Araguaína, Carrasco Bonito, Guaraí, Gurupi, Ipueiras, Lagoa da Confusão, Miracema do Tocantins, Porto Alegre do Tocantins, Palmas e Tupirama.

A escolha dos municípios participantes por distribuidora ocorreu por meio de sorteio realizado em 4 de maio de 2020, na sede da Agência, em Brasília (DF).

Foram ouvidos 29.611 consumidores residenciais de 104 distribuidoras entre 17 de novembro de 2020 e 12 de fevereiro deste ano em 612 municípios em todo o Brasil.  As questões abordaram o nível de satisfação do consumidor de forma geral, qualidade do fornecimento de energia e de serviços prestados, atendimento e confiança na distribuidora.

O prêmio analisa, fundamentalmente, a melhoria na qualidade dos serviços, sob a perspectiva do grau de satisfação do consumidor. Desde abril de 2017, a variação anual dessa pesquisa integra o cálculo do reajuste tarifário periódico. (AF Notícias)

Continue lendo

Tocantins

Tio é suspeito de estuprar por vários anos a própria sobrinha no Tocantins

Publicado

em

Uma ação de combate aos crimes contra a dignidade sexual, deflagrada na manhã desta quinta-feira, dia 29, por policiais civis da 76ª Delegacia de Monte do Carmo, com apoio de agentes da 70ª Delegacia de Porto Nacional resultou na prisão de um homem de 44 anos, que é suspeito de abusar sexualmente de sua própria sobrinha.

Comandada pelo delegado Wagner Rayelly Pereira Siqueira, a ação que resultou na prisão do investigado se deu em cumprimento a mandado de prisão preventiva, expedido pela Vara Criminal da Comarca de Porto Nacional, após investigações realizadas pela 76ª DP apontarem que o indivíduo estaria abusando sexualmente de sua sobrinha, há muitos anos.


De acordo com o delegado Wagner Pereira, no mês de abril de 2021, a Polícia Civil já havia prendido outro homem que era padrasto das vítimas e que abusava sexualmente de três irmãs há vários anos. “Com o aprofundamento das investigações, descobrimos que esse homem, preso hoje e que é tio das vítimas, também estava cometendo os estupros contra uma das irmãs e por isso, representamos pela prisão dele também”, destacou a autoridade policial.

Após diligências, os policiais civis descobriram que o homem, que reside em um local de difícil acesso, na zona rural de Monte do Carmo, estaria na cidade nesta quinta-feira a fim de resolver assuntos particulares. Assim, foi montada uma operação policial para capturar o homem, que depois de preso foi conduzido até a Central de Atendimento da Polícia Civil, em Porto Nacional para as providências legais cabíveis. Em seguida, o indivíduo foi recolhido à Casa de Prisão Provisória de Porto Nacional, onde ficará à disposição do Poder Judiciário.   

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze