- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
sexta-feira, 20 / maio / 2022
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_img
Array

PARÁ: Seduc e BID elaboram diagnóstico sobre educação básica

Mais Lidas

Elevar o rendimento e os indicadores de avaliação da qualidade do ensino paraense e ampliar a cobertura do ensino são prioridades do governo do Estado na área de educação. Algumas das ações necessárias para transformar metas em realidade, a partir de um diagnóstico da educação básica no Pará, foram propostas nesta terça-feira (17), durante o segundo dia do workshop promovido entre a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), no Centro Integrado de Governo (CIG).

O trabalho resultará na elaboração de uma carta-consulta, que será submetida à Secretaria de Assuntos Internacionais do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Durante os dois dias de atividades, a equipe composta pelo secretário de Estado de Educação, Nilson Pinto, secretários adjuntos, diretores e coordenadores, apresentaram o diagnóstico do ensino. As atividades foram desenvolvidas por meio do Método Zopp (Planejamento Orientado por Resultados), em conjunto com consultores do BID.

Entre os problemas identificados estão a falta de uma política estadual estável e contínua, e baixa oferta de vagas na educação infantil, nos anos finais do ensino fundamental e no ensino médio. Como consequência, os índices do Pará caíram nas avaliações no período de 2005 a 2009. O documento final, além de apontar possíveis investimentos em parceria com o BID, também vai gerar insumos para uma política estadual de educação.

Investimentos

De acordo com o consultor da área de Educação do BID, Marcelo Perez Alfaro, pesquisas promovidas pelo Banco nos últimos três anos demonstraram a necessidade de se investir mais nos Estados e municípios. “Observamos que podemos apoiar mais, com investimentos na qualidade, para assegurar o aprendizado”, explicou Alfaro, acrescentando que “os desafios da qualidade estão na ponta” e que é fundamental trabalhar com “um olhar que seja integral, que esteja além da responsabilidade institucional”.

Nilson Pinto destacou que a Seduc, desde o início do ano, está produzindo um diagnóstico para identificação de problemas e a organização de metas de superação, que elevem os índices do Pará. “Este trabalho, além de resultar de forma concreta neste diagnóstico, possibilita um momento de reflexão”, disse o secretário, ressaltando que a rede estadual de ensino, sobretudo neste ano, trabalha para buscar parcerias que possibilitem mais investimentos em educação.

- Publicidade -spot_img
Assinar
Notificar-me
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias