- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
domingo, 14 / agosto / 2022
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_img
Array

PARÁ: Sessão na Assembleia Legislativa discute obras do PAC

Mais Lidas

Sessão especial na Assembleia Legislativa, na tarde desta segunda-feira (26), ocorrida a pedido do deputado Edmilson Rodrigues (PSOL), reuniu diversos representantes comunitários para discutir o atraso no andamento das obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) da Região Metropolitana de Belém, em especial os projetos da área de habitação.

O debate começou com a fala dos representantes comunitários, que apresentaram reivindicações relativas à atual situação das obras. Em resposta, o presidente da Companhia de Habitação do Pará (Cohab), Marcos Aurélio de Oliveira, declarou que, em reuniões semanais com as Comissões de Fiscalização das Obras(Cofis) de cada empreendimento do PAC, vem informando sobre as dificuldades em negociar com as construtoras. “Estamos trabalhando desde o início do ano nessa negociação, mas as empreiteiras se recusam a reiniciar as obras”, declarou.

Segundo ele, alguns projetos precisam ser refeitos e outros não têm sequer o memorial descritivo e o cadastro socioeconômico, necessários para que se tenha um ponto de partida para reinicio dos trabalhos. “Estamos refazendo o detalhamento dos projetos, mas isso demanda tempo”, reforçou. Foi proposto que os deputados estaduais que façam uma visita aos canteiros das obras para melhor conhecimento da situação. “Vamos fazer uma caravana para identificar e aprofundar o conhecimento dos principais problemas”, resumiu o deputado Edmilson Rodrigues.

Uma nova reunião foi também proposta pelo deputado Márcio Miranda, que sugeriu a participação de apenas dez representantes das comunidades envolvidas para facilitar o debate de questões mais específicas de cada obra. O encontro foi marcado para terça-feira (27). Serão ainda convocados, além da Cohab, representantes da Caixa Econômica Federal e Ministério Público Estadual.

 “A intenção é unir forças para que os projetos sejam reiniciados e a população tenha acesso à moradia com qualidade. A Assembleia Legislativa entra nesse processo como mediador entre a comunidade e o governo para que se chegue a uma solução do problema”, afirmou Edmilson Rodrigues. A sessão desta segunda teve ainda a presença do secretário em exercício da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Regional (Sedurb), Márcio Espíndola, do secretário Municipal de Habitação, Osvaldo Santos e da presidente do Serviço de Abastecimento de Água de Belém (Saaeb), Maria Glória Mesquita.

- Publicidade -spot_img
Assinar
Notificar-me
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias