- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
domingo, 14 / agosto / 2022
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_img
Array

PARÁ: TJ passa a contar com mais 42 novos juízes

Mais Lidas

A partir desta semana, a atuação do Judiciário nas principais Comarcas do interior do Estado passa a contar com mais 42 juízes substitutos. Pela primeira vez o TJPA empossou esse expressivo número de novos magistrados, no esforço que vem sendo desenvolvido, através de sucessivos concursos, para aumentar a capacidade de prestação judicial e, assim, agilizar cada vez mais a tramitação processual. Na solenidade de posse, o presidente do TJPA, desembargador Rômulo Nunes, destacou a necessidade de ampliar bem mais o quadro de juízes para prover melhor as Varas e nas substituições em casos de férias, licenças e outros impedimentos de operadores da Justiça. O Pará tem apenas 1 juiz para cada grupo de cem mil habitantes, além das enormes distâncias e das dificuldades de deslocamento das partes e dos juízes, enquanto a média nacional é de 4 juízes para o mesmo contingente populacional.

Os 42 novos juízes foram empossados em solenidade realizada no plenário do TJPA na última sexta-feira e estão sendo lotados nas Comarcas onde maior é a demanda processual e, consequentemente, a carência de magistrados. Haviam concorrido às 50 vagas ofertadas e foram aprovados no Concurso constante do Edital 001/2009. Pela primeira vez os aprovados não participaram apenas dos cursos de treinamento e orientação sobre as funções judicantes, que cumpriram na Escola Superior da Magistratura do TJPA. Passaram, também, por treinamento e ouviram palestras e exposições sobre toda a estrutura funcionamento e ações administrativas e operacionais do Poder Judiciário. Receberam treinamento especial sobre a modernização tecnológica da tramitação processual digital, o PROJUDI, já disponíveis em nove Varas da Região Metropolitana de Belém e em cinco do interior, continuando em rápida expansão, destacando os procedimentos judiciais on-line de acesso a ativos financeiros e patrimoniais de demandados na Justiça.

Na solenidade, presentes autoridades, magisrados e centenas de familiares e convidados dos empossandos, o presidente da Associação dos Magistrados do Estado do Pará (AMEPA), Paulo Vieira, fez um discurso de saudação aos magistrados. Ele lembrou que os juízes devem ter determinação para doar suas vidas à causa da justiça. “A função de julgar denota uma vida de sacrifícios”, ressaltou. (O Liberal)

- Publicidade -spot_img
Assinar
Notificar-me
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias