Connect with us

Maranhão

Parceria entre SSP e Suzano garante mais segurança para Imperatriz

Publicado

em

Imperatriz e demais municípios da Região Tocantina ganharam, nesta terça-feira, 16, 12 novas viaturas modelo Cobalto que serão destinadas, por meio de contrato de comodato, para as Polícias Civil e Militar. O Corpo de Bombeiros recebeu um caminhão moderno de combate a incêndios, que auxiliará as ações do 3º Grupamento Bombeiro Militar (GBM). A aquisição dos veículos é resultado de parceria firmada da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP) e Empresa Suzano Papel e Celulose S.A com participação da Prefeitura de Imperatriz.

A solenidade de transferência dos veículos, realizada no bairro Vila Fiquene, teve a presença de diversas autoridades, entre elas, o secretário de Estado de Segurança Pública, Aluísio Mendes; o diretor de Relações Institucionais da Suzano, Jorge Cajazeira; e prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira. O evento fez parte das comemorações em homenagem aos 161 de fundação de Imperatriz.

O secretário de Segurança parabenizou Imperatriz pelo aniversário e destacou os investimentos do Governo do Estado, na área de Segurança Pública, para a Região Tocantina. “Vamos instalar 100 câmeras de seguranças em pontos estratégicos da cidade. O trabalho das polícias será aprimorado e daremos um atendimento mais rápido à população”, anunciou.

“Esse convênio é uma prova do compromisso da Secretaria de Segurança, Prefeitura e da Suzano. Nosso papel é sempre colaborar com o crescimento das cidades e firmar parcerias com gestores comprometidos”, ressaltou Jorge Cajazeira. A Suzano doou ainda um imóvel com área de 26 hectares, localizada na Estrada do Arroz, onde funcionará uma base da Companhia de Operações Especiais (COE), subordinada ao 3º BPM. A PM recebeu dois radares de velocidade.

Sebastião Madeira ressaltou a importância da parceria com o Sistema de Segurança. “Reconhecemos a competência dos gestores do Sistema de Segurança, por isso continuaremos firmando diversas parcerias com a SSP. Cabe ressaltar que os índices de criminalidade em Imperatriz têm diminuído e notamos isso todos os dias ao olharmos o trabalho da Polícia Militar e Civil”.

Imperatriz, também, ganhará um Complexo de Segurança, que englobará uma base da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), o 2º DP de Imperatriz e um Núcleo da Secretaria Adjunta de Inteligência. O local possui uma área total de 2.484m2 e fica localizado na Avenida Industrial, bairro Bom Sucesso. O município contará, ainda, com uma base do Grupo Tático Aéreo (GTA), que será construída dentro do próprio aeroporto. Alguns veículos serão destinados a 4ª Companhia Independente de Chapadinha, onde a Suzano mantém investimentos.

Presentes, também, na solenidade de Imperatriz, o secretário de Estado de Meio Ambiente, Victor Mendes; os deputados federais, Francisco Escórcio e Hélio Santos; o comandante da Polícia Militar do Maranhão (PMMA), Franklin Pacheco; e o do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA), João Wanderley, entre outras autoridades.

Bombeiros

No próximo mês, Imperatriz receberá uma escada magirus, com investimento de cerca de R$ 6 milhões. O equipamento é para ser usado em casos de incêndios de prédios com até 15 andares.

O 3º Grupamento de Combate a Incêndio do Corpo de Bombeiros passará por uma ampla reforma em suas instalações. A unidade vai receber novos equipamentos que garantirão atendimento mais rápido e melhores condições de trabalho para os bombeiros militares.

Em Imperatriz, Aluísio Mendes se reuniu com representantes das associações de militares da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, quando anunciou ações. “No próximo semestre vamos adquirir mais 3 mil novos coletes balísticos  e renovar, até 2014, as viaturas”.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Maranhão

PORTO FRANCO: “Chefe” é preso acusado de importunação sexual

Publicado

em

Em Porto Franco, município do sul do Maranhão, distante certa de 100 km de Imperatriz, um homem foi preso pela Polícia Civil, acusado de importunação sexual e estupro.

O homem não teve a identidade divulgada, se utilizava da sua posição hierárquica dentro de órgão público, pra assediar, importunar e estuprar suas subordinadas.
Ele foi preso em cumprimento a um mandado de prisão expedido pela 1° Vara da Comarca de Porto Franco e está à disposição da Justiça.

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: Valores incorretos do IPTU de apartamentos estão sendo corrigidos

Publicado

em

Os valores para imóveis com apartamentos do IPTU 2021 saíram com alíquotas incorretas, o que gerou um valor mais alto que o normal do imposto desse ano, na cidade de Imperatriz, no sul do Maranhão.

O contribuinte que perceber o erro no sistema, ao tentar gerar o boleto, deve aguardar a correção que já está em andamento pela Secretaria Municipal de Planejamento, Fazenda e Gestão Orçamentária, Sefazgo, ou falar com a Secretaria.

A empresa responsável pelo sistema que realiza o cálculo foi acionada e a Secretaria está empenhada em resolver o problema o mais rápido possível.

Contatos da Sefazgo:

E-mails: [email protected]/[email protected]
WhatsApp: (99) 99185-7126

Continue lendo

Maranhão

No Maranhão, deputado e ex-prefeito são suspeitos de pagarem dívidas junto ao TCU usando dinheiro público

Publicado

em

Uma operação realizada pelo Grupo de Atuação Especializada no Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) do Ministério Público do Maranhão em parceria com a Polícia Civil do Maranhão cumpriu na manhã desta quinta-feira (15) mandados de busca e apreensão em cinco municípios do estado por crimes de desvios de recursos públicos.

Batizada de ‘Laços de Família’, a operação está sendo realizada nas cidades de São Luís, Paço do Lumiar, São José de Ribamar, Miranda do Norte e Bom Jardim.

Segundo a polícia, as investigações começaram após uma denúncia do Tribunal de Contas da União (TCU) sobre desvios de recursos realizados no período de 2017 a 2020, durante a gestão do ex-prefeito de Miranda do Norte, Carlos Eduardo Fonseca Belfort.

Ainda de acordo com a polícia, o ex-prefeito faria uso de recursos públicos para quitar dívidas pessoais junto ao TCU. O mesmo esquema também seria feito pelo ex-prefeito e atual deputado federal, José Lourenço Bonfim Júnior, que esteve à frente da administração municipal de Miranda do Norte no período de 2009 a 2016.

A polícia diz que o esquema era operacionalizado por meio de empresas de fachada que participavam de licitações fraudulentas. O esquema causou um prejuízo aos cofres públicos no valor de R$ 22.061.477,53.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze