Connect with us

Bico do Papagaio

Parlamentares do TO e MA se unem para evitar perda de R$ 15 milhões na UH de Estreito

Publicado

em

est3O destino da verba referente à compensação ambiental da obra da Usina Hidrelétrica de Estreito –  a ser paga pelo Consórcio Ceste – deve ser um dos principais temas a serem debatidos pela Comissão Especial de Acompanhamento da Construção da Usina Hidrelétrica de Estreito (MA), que deve ser reinstalada na Assembleia Legislativa do Tocantins nesta semana.

O deputado Marcello Lelis (PV), em entrevista ao CT, relatou a visita feita por deputados estaduais ao canteiro de obras e informou que esse assunto deve ser tratado “de forma muito especial”, uma vez que haveria a intenção do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) de destinar para o Estado da Bahia os R$ 15 milhões que o consórcio deverá pagar como compensação pelos impactos da construção da usina.

est2“Isso já está bem adiantado e nós temos que fazer um trabalho rápido junto às bancadas federais do Tocantins e Maranhão e também ao Ministério Público Federal [MPF]”, disse o parlamentar, informando também que o MPF impetrou uma ação contra “essa intenção” do Ibama.

A defesa é que o dinheiro seja investido nos Estados do Tocantins e Maranhão. “Nada mais justo do que investir o recurso na região onde ouve o impacto. Então nós vamos trabalhar fortemente nesse sentido de reverter essa decisão do Ibama”, declarou.

O requerimento pedindo a reinstalação da comissão foi proposto pelo deputado Cesar Halum (PPS). Antes mesmo da aprovação, o parlamentar convidou outros deputados para visitarem o canteiro de obras.

es1Lá, segundo o relato de Lelis, os responsáveis pelo Consórcio Ceste apresentaram como está o andamento da obras e quais os programas de compensação ambiental e programas socioenômicos vêm sendo realizados. Agora, destacou, serão ouvidos os impactados com a construção da hidrelétrica. “O nosso papel, o papel dos deputados que formam essa comissão e esse: intermediar o conflito”, explicou Marcello Lelis.

Tão logo for aprovado o requerimento e reinstala da comissão, Lelis planeja propor que o MPF seja chamado para apresentar aos deputados a ação que foi impetrada contra a intenção do Ibama. Ele disse que os deputados pretendem ser “parceiros” do ministério no processo. Já com relação à reunião com os impactados, esta ainda não tem data definida mas disse que deve ocorrer em breve. (Portal CT – Patrícia Saturno)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

Municípios do Bico ainda não sabem cota e quando iniciam imunização contra Covid-19

Publicado

em

Com a chegada do primeiro lote de vacinas CoronaVac, contra Covid-19, nesta segunda, 18, ao Tocantins, os municípios do Bico do Papagaio ainda não tem definida a data de inicio da vacinação e nem a quantidade de doses que serão recebidas.

É aguarda para esta terça, 19, que a Secretaria de Estado da Saúde (SES), informe as Secretaria Municipais de Saúde, cada cota.

A princípio, a SES recebeu o comunicado do Ministério da Saúde, que neste primeiro lote, seriam enviadas 29.840 doses da CoronaVac, depois, esse número cresceu para 44 mil.

As vacinas para os municípios do Bico, serão transportadas ainda nesta terça, para a Central de Distribuição, em Araguaína. De lá, os municípios farão a retirada e ficam responsáveis pela aplicação do imunizante e pela escolha das pessoas dos grupos prioritários indicados pelo Ministério da Saúde.

A CoronaVac foi desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac, e está sendo produzida, no Brasil, pelo Instituto Butantan, em São Paulo. O uso emergencial da vacina foi aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no último domingo, 17. A agência também aprovou o uso emergencial da vacina de Oxford.

Continue lendo

Bico do Papagaio

Vacinas CoronaVac para o Bico serão levadas para Centro de Distribuição em Araguaína

Publicado

em

Começou na noite desta segunda, 18, à campanha de vacinação contra a Covid-19. As três primeiras pessoas escolhidas, que pertencem aos grupos prioritários, já foram imunizadas durante a solenidade de lançamento da campanha, realizada no Laboratório Central do Estado (Lacen), em Palmas, capital do estado.

O secretário de Estado da Saúde, Edgar Tollini, ressaltou que as vacinas serão enviadas imediatamente para todos os municípios, sendo que o ente municipal será responsável pela aplicação do imunizante e pela escolha das pessoas dos grupos prioritários indicados pelo Ministério da Saúde.

As vacinas destinadas aos 27 municípios do Bico do Papagaio, serão enviadas ainda nesta terça, 19, para um centro de Distribuição, na cidade de Araguaína. Lá, cada município biquense fica responsável pela retirada de sua cota. “Cada município tem a responsabilidade por seus cidadãos e com as pessoas dos grupos prioritários”, frisou o secretário Edgar Tollini, ao adiantar que a expectativa é vacinar a maior parte da população tocantinense ainda neste semestre.

A CoronaVac foi desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac, e está sendo produzida, no Brasil, pelo Instituto Butantan, em São Paulo. O uso emergencial da vacina foi aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no último domingo, 17. A agência também aprovou o uso emergencial da vacina de Oxford.

Continue lendo

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Confira as vagas de emprego no Sine para esta terça, 19

Publicado

em

SINE – ARAGUATINS
Rua 13 de outubro, n° 1073, Centro.
Fone: 3474-3003 / 1100
CEP: 77.950-000 – Araguatins – TO
Veja as vagas de emprego em Araguatins e outras cidades do estado clicando AQUI

Continue lendo
publicidade Bronze