Connect with us

Pará

Paysandu estreia com empate com o Santa Cruz na Série C

Publicado

em

Foto: Jorge Luiz/Paysandu

Um início morno. A estreia do Paysandu e Santa Cruz na Série C do Brasileiro não teve grandes emoções. A partida foi no estádio da Curuzu, em Belém, neste sábado (8), e terminou em 0x0, na primeira rodada do Grupo A da Terceira Divisão. A equipe coral até chegou a colocar uma bola na trave, com Augusto Potiguar, na segunda etapa, mas não conseguiu tirar o zero do placar – esse foi o quinto empate consecutivo.

Atuando fora de casa contra uma das equipes favoritas ao acesso à Série B, o Santa Cruz mostrou uma postura bastante cautelosa diante Paysandu. Já nos primeiros minutos era possível identificar a estratégia tricolor de se posicionar atrás da linha do meio de campo, de forma reativa, e pronto para surpreender os paraenses nos contra-ataques. Até por isso, a opção de Itamar Schulle foi pelos velocistas Augusto Potiguar, Jeremias e Kleiton… Para tentar municiar Pipico no setor ofensivo.

Logo aos oito minutos, Jeremias desceu com velocidade pela direita e cruzou rasteiro para a área, mas o volante Tinga não conseguiu chegar na bola para finalizar. O Paysandu não deixou o Tricolor se assanhar e logo deu uma resposta. Aos 16, o volante PH aproveitou a liberdade que recebeu e arriscou um chute de fora da área, exigindo a defesa de Maycon Cleiton.

Como a equipe coral estava bem postada defensivamente, a alternativa adotada pelo Paysandu foi seguir arriscando chutes de longa distância. Aos 34, foi a vez de Mateus Anderson testar Maycon Cleiton. O atacante do Papão arrancou da direita pelo meio, fazendo o falcão e acertou um chute colocado para a intervenção do camisa 12 do Santa.

A melhor chance tricolor foi aos 37, quando Danny Morais lançou Pipico que partiu em disparada, ele entrou na área e antes de arrematar, foi prensado pelo zagueiro Perema. Apesar de o camisa 9 ficar pedindo pênalti, o árbitro só marcou tiro de meta. Do outro lado, Mateus Anderson protagonizava um duelo particular com Maycon Cleiton. Aos 46, o atacante do time paraense mais uma vez arriscou de longe, desta vez, em chute rasteiro, que foi defendido pelo goleiro coral.

Na volta do segundo tempo, as duas equipes mantiveram a mesma postura, com o Paysandu sendo o dono da posse de bola e, por sua vez, o Santa Cruz sem fazer tanta questão de propor o jogo. Porém, foi a equipe pernambucana que teve a primeira boa chance da etapa complementar. Aos 9, Augusto Potiguar cobrou falta com precisão e mandou a bola na trave, quase abrindo o placar da partida.

Aos poucos, o Tricolor do Arruda ia gostando da partida. Aos 21, quase consegue abrir o placar. William Alves lançou com precisão da esquerda para direita invertendo o jogo para Augusto Potiguar, que recebeu dominou com liberdade, levantou a cabeça e cruzou na medida para Pipico, que entrava livre na segunda trave, mas acabou finalizando com o pé por cima da meta do Paysandu. Boa chance desperdiçada.

Com o avançar do cronômetro, a impressão que se tinha em campo é que o time paraense foi se cansando de tanto insistir e não conseguir penetrar no sistema defensivo. Com isso, ia dando espaços em seu campo e deixando o tricolor ficar mais com a bola. Apesar de ter essa posse, a equipe comandada pelo técnico Itamar Schulle optou por administrar o jogo nos dez minutos finais e, assim, garantir ao menos um ponto nesse início de competição.

Ficha do jogo

PAYSANDU

Gabriel Leite; Toty, Perema, Micael (Wesley Matos) e Bruno Collaço; Uchôa, PH (Serginho), Alex Maranhão (Bessa) e Vinícius Leite (Victor Diniz); Mateus Anderson (Elielton) e Nicolas. Técnico: Hélio dos Anjos.

SANTA CRUZ

Maycon Cleiton; Toty, Danny Morais, William Alves e Célio Santos; Bileu, Tinga e Jeremias; Augusto Potiguar (Derlis Alegre), Kleiton (Mayco Félix) e Pipico. Técnico: Itamar Schulle.

Local: estádio da Curuzu, em Belém (PA)
Árbitro: Diego da Costa Cidral.
Assistentes: Eli Alves e Gizeli Casaril.
Cartão amarelo: Micael e Wesley Matos (PAY) e Bileu, Célio Santos (STA).

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Pará

Homem e dois adolescentes foram encontrados baleados dentro de ônibus no interior do Pará

Publicado

em

Um homem e dois adolescentes foram baleados com vários tiros e amordaçados dentro de um ônibus no residencial Goiânia em Capitão Poço, nordeste do Pará.

Um dos adolescentes morreu no local com tiro na cabeça e os outros dois ficaram gravemente feridos.

As vítimas foram encontradas por moradores no ônibus abandonado em área de mata, por volta das 10h30. As pessoas chegaram a entrar no veículo e fizeram imagens.

A Polícia Militar chegou às 15h30 no local, nas proximidades de um ginásio de esportes. Segundo a PM, ninguém no local soube dar informações sobre o caso, “imperando a lei do silêncio”.

As vítimas foram identificadas como Reinaldo Brito da Silva, de 23 anos, e os adolescentes A. C. V. C. e E.S.V. Dois deles foram transferidos para Belém.

Em nota, a Polícia Civil informou que, durante as buscas no ônibus, foram encontradas cápsulas de armas de fogo e que o caso está sendo investigado pela polícia local, com apoio da Coordenadoria de Operações Especiais, Diretoria de Polícia Especializada, Diretoria de Polícia do Interior e da Superintendência da 6º Região Integrada de Segurança Pública (RISP) Caeté.

Até então, a motivação e a autoria do crime ainda não foram confirmadas.

Continue lendo

Pará

SÃO DOMINGOS DO ARAGUAIA: Colisão entre caminhão e carreta deixa homem carbonizado na Transamazônica

Publicado

em

Um grave acidente entre caminhão baú e uma carreta foi registrada nesta segunda-feira (18), na rodovia Transamazônica (BR-230), em São Domingos do Araguaia, sudeste do Pará. Uma pessoa ficou presa nas ferragens e outra morreu carbonizada.

A carreta ultrapassou o corrimão de proteção e o condutor ficou preso nas ferragens. Ele foi retirado com vida e encaminhado para o Hospital Regional de Marabá.

O caminhão baú entrou em combustão e um dos passageiros teve o corpo carbonizado e morreu no local. O motorista do caminhão sofreu ferimentos leves e foi conduzido pelo SAMU a uma unidade de saúde da região.

Continue lendo

Pará

Vacinação contra Covid-19 começa no Pará

Publicado

em

A enfermeira Shirley Cuimar Cruz Maia de 39 anos foi a primeira paraense vacinada contra a Covid-19 em Belém. Em seguida, a técnica de enfermagem Marielza da Silva Monteiro, 57 anos, também recebeu a primeira dose da CoronaVac. As duas imunizadas atuam na linha de frente no combate a pandemia, no Hospital de Campanha de Belém.

A cerimônia simbólica que marcou o início da vacinação contra o coronavírus aconteceu na manhã desta terça-feira (19), no Hangar, Centro de Convenções, mesmo lugar onde funciona o hospital de campanha da capital. O ato foi acompanhado pelo governador do Pará, Helder Barbalho e pelos prefeitos de Belém, Edmilson Rodrigues, e de Ananindeua, Dr. Daniel.

Durante a cerimônia também foi realizada a primeira imunização do município de Ananindeua, região metropolitana de Belém. O enfermeiro João Bernardo, 37 anos, que trabalha no combate a pandemia foi o terceiro a receber a vacina.

As 173 mil doses de vacina devem imunizar cerca de 86 mil pessoas no Pará. De acordo com Helder, o carregamento que já está no estado precisam garantir as duas doses que cada pessoa imunizada.

Continue lendo
publicidade Bronze