Connect with us

Tocantins

PF desarticula associação criminosa suspeita de cometer fraudes bancárias contra a Caixa Econômica

Publicado

em

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta, 22, a “Operação Fifty-fifty” com o objetivo de desarticular associação criminosa suspeita de realizar fraudes bancárias eletrônicas para o pagamento de boletos, gerando prejuízos à Caixa Econômica Federal.

Ao todo 12 (doze) Policiais Federais cumprem 3 (três) mandados de busca e apreensão nas cidades de Guaraí e Pindorama do Tocantins, todos expedidos pela 4ª Vara Federal de Palmas.

Durante as investigações, a Polícia Federal apurou que empresários teriam se utilizado dos serviços de “crackers” para pagamento de boletos por intermédio de fraudes eletrônicas ao sistema bancário. Esses boletos eram pagos integralmente por esses “crackers”, a partir da invasão de contas bancárias de terceiros.

Os investigados obtinham um lucro de 50% dos valores em relação aos valores dos boletos, visto que pagavam somente 50% dos valores em boleto aos cyberpiratas pela prestação do serviço.

A operação deflagrada pela Superintendência Regional da Polícia Federal no Tocantins tem como objetivo a proteção ao erário e a valorização da regular atividade econômica no Estado, buscando coibir as práticas criminosas utilizadas por algumas empresas para a quitação de suas obrigações financeiras. Com esta ação a Polícia Federal espera, ainda, robustecer o conjunto probatório formado, assim como colher novos elementos da participação de outros criminosos, que participem e/ou se utilizem do mesmo “modus operandi”.

Os investigados responderão, na medida de suas responsabilidades, pelos crimes de furto qualificado mediante fraude e estelionato.

O nome de “Fifty-fifty”, em livre tradução, “meio a meio”, refere-se à prática de repartição pela metade de encargos ou benefícios, utilizada pela associação criminosa.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Tocantins

Conheça o rito do impeachment de Carlesse

Publicado

em



Continue lendo

Tocantins

Leia a denúncia completa que desencadeou a abertura de impeachment contra Carlesse

Publicado

em

Clique AQUI leia a representação por crime de responsabilidade, acatada pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Antônio Andrade (PSL), nesta terça-feira, 7, feita pelo advogado Evandro de Araújo de Melo Júnior, que culminou na abertura de impeachment, contra o governador afastado, Mauro Carlesse (PSL).

Continue lendo

Tocantins

Menos de 1% das pessoas com deficiência no Tocantins estão no mercado de trabalho formal

Publicado

em

No mês de dezembro é comemorado o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência (3 de dezembro) que visa conscientizar a sociedade sobre a igualdade de oportunidades a todos os cidadãos. De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgados neste ano, no Tocantins, cerca de 142 mil pessoas possuem algum tipo de deficiência. Em se tratando do mercado de trabalho, as pessoas com deficiência ainda enfrentam muitos desafios quanto à sua inclusão. Segundo dados da última Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), de 2019, estima-se que no Tocantins somente 628 PcDs possuam vaga no mercado formal de trabalho, revelando uma porcentagem baixíssima de empregabilidade, inferior a 1%. 

No Brasil, de acordo com a Lei nº 8.213/91, toda empresa com mais de 100 funcionários deve ter de 2% a 5% dos cargos oferecidos preenchidos por pessoas com deficiência. “Sem a Lei de Cotas, os deficientes jamais teriam a oportunidade de serem contratados ou realizar um trabalho digno. Reconheço que ainda temos muito o que vencer, porém a luta por igualdade nos direitos vem sendo cada vez mais positiva. Com essa Lei consigo ir além, pois creio que há esperança na inclusão como parte da diversidade e da igualdade de oportunidades a todos os deficientes”, comenta Débora.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze