- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
terça-feira, 24 / maio / 2022
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_img
Array

Plebiscito para divisão do Pará custará R$25 milhões

Mais Lidas

O Presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Ricardo Lewandowski afirmou que o órgão está preparado para garantir um plebiscito pacífico, em dezembro.

Está nas mãos da população do Pará a decisão de dividir, ou não, o estado em três. O plebiscito será em dezembro. Há quem diga que os problemas, como os conflitos agrários, são demais para um estado só. Mas no segundo maior estado do país, que concentra a maior população da Região Norte, também não faltam soluções, ou caminhos.

Presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Ricardo Lewandowski, afirmou que o TSE está preparado para garantir um plebiscito pacífico. Ele disse ainda que há uma previsão de gastos de R$25 milhões para o pleito. Em alguns locais, as urnas funcionarão por meio de baterias e a transmissão dos dados será por via satélite.

Lewandowski não afirmou se é a favor ou não da divisão do estado e disse que, se o resultado do plebiscito for positivo, não leva necessariamente à criação dos dois estados. “Se a resposta à divisão for positiva, a criação dos estados dependerá de uma lei complementar pelo Congresso Nacional”, disse Ricardo Lewandowski. (G1)

- Publicidade -spot_img
Assinar
Notificar-me
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias