Connect with us

Bico do Papagaio

Polícia Civil desarticula quadrilha especializada no tráfico de drogas que atuava em diversos municípios do Bico

Publicado

em

img-20161014-wa0328

A Polícia Civil, por intermédio da 10ª Delegacia Regional de Araguatins, cumpriu na manhã desta sexta-feira, 14, vários mandados de busca e apreensão e mandados de prisão preventiva contra supostos integrantes de uma quadrilha especializada no tráfico de drogas que agia, há alguns meses, em municípios da região do Bico do Papagaio.

Durante a ação, que foi deflagrada nos municípios de Augustinópolis, Axixá, Esperantina e Imperatriz (MA), sob o comando do delegado Regional Eduardo Morais Artiaga, foram presos Alisson Vinicius Pereira de Brito, 19 anos, Genilson da Silva Santos, 23, Geilson da Silva Santos, 28, Ângela Maria da Silva, 40, Marcelo da Costa Pereira, 21, João Vitor Pereira da Cruz, 21, Washingtoneyde Alves de Vasconcelos, 37, Guilherme Wendel Ribeiro da Silva, vulgo “Curinga” e Antonio Railson Chaves Arnold, ambos com 22 anos. Todos são suspeitos pela prática do crime de tráfico de drogas.

Durante o cumprimento das ordens judiciais, os policiais civis também apreenderam, em poder de Ângela Maria, em Axixá, aparelhos celulares e a importância de R$ 600,00. Em Imperatriz-MA, os agentes da 10ª DRPC, apreenderam em poder de Genilson da Silva, R$ 5 mil em dinheiro, um cheque preenchido no valo de R$ 17 mil, dois recibos de um veículo saveiro, uma motocicleta Honda, algumas peças de motocicletas, uma pirâmide de som e um veículo VW Saveiro, Cross, 2012, em nome de Genilson da Silva Santos.

img-20161014-wa0051

Ao fazer uma busca no interior do carro, os policiais civis localizaram e apreenderam 25 pedras de crack acondicionadas em papel alumínio, além de porções de cocaína, em papelotes plásticos. Diante das evidências, Genilson também foi preso e autuado em flagrante por tráfico de drogas.

Em continuidade as buscas, os policiais civis deslocaram-se até o município de Esperantina e, ao dar o cumprimento do mandado de prisão de Washingtoneyde Alves, os policiais civis encontraram em poder do homem, a quantia de 1 kg de maconha. Desta maneira, o indivíduo também foi autuado em flagrante por tráfico de drogas.

Conforme o delegado Artiaga, as ações da operação tiveram início, em Julho de 2016, devido a levantamentos realizados pelo setor de inteligência da 10ª DRPC, os quais apontavam para o envolvimento dos suspeitos presos na comercialização de drogas, em vários municípios do Bico do Papagaio. “Já tínhamos fortes indícios de que os indivíduos presos nesta sexta-feira estavam atuando de forma sistemática na venda de entorpecente em municípios da região do Bico do Papagaio e que os mesmos buscavam drogas em Marabá (PA), e Imperatriz (MA), para distribuir em nosso Estado e, dessa maneira, representamos, junto ao Poder Judiciário, pela prisão dos envolvidos”, pontuou o delegado.

Todos os suspeitos foram conduzidos à Delegacia de Polícia de Augustinópolis e, após os procedimentos cabíveis, foram recolhidos à carceragem da Cadeia Pública daquele município. Ainda segundo o delegado, além dos nove presos de hoje, os policiais civis também deram cumprimento a mandados de prisão preventiva de Maria Aparecida Pessoa Lima, Ana Cláudia Teixeira Lima, Artenys Ferreira Aguiar, e Valéria Pereira da Silva, os quais já haviam sido presas pela Polícia Civil e tiveram a prisão preventiva decretada pelo envolvimento com o tráfico e associação para o tráfico de drogas.

Para o delegado Artiaga, a prisão das nove pessoas, nesta sexta-feira, representa uma excelente baixa na criminalidade e, sobretudo, contra o tráfico de drogas. “As equipes de policiais civis da 10ª DRPC, não têm medido esforços a fim de localizar e prender todas as pessoas que estejam envolvidas com a prática de ilícitos, no extremo norte do Estado, o que se traduz em mais paz e segurança para a população dos municípios da região do Bico do Papagaio”, ressaltou. (Rogério de Oliveira)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

AXIXÁ: Licitação para obras de segurança viária no povoado Grotão é iniciada

Publicado

em

Com os objetivos de eliminar o risco de atropelamento de crianças e da população em geral e ampliar a segurança viária na comunidade do Grotão, às margens da rodovia TO-201, no Bico do Papagaio, o Governo do Tocantins iniciou a licitação para execução de diversas obras no local.

A licitação é para cumprimento das atribuições da Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto). A concorrência está aberta a todos os concorrentes oriundos de países elegíveis do Banco Mundial.

Os recursos são provenientes do Programa de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável (PDRIS). O projeto tem prazo de execução de seis meses, por empreiteira que vencer a licitação. O projeto está sendo citado pelo Banco Mundial como um modelo a ser replicado em outras localidades e até em outros países.

As obras são de terraplenagem, pavimentação asfáltica, drenagem, sinalização vertical e horizontal, jardinagem, acessibilidade, mobilidade urbana e quiosques no Povoado Grotão, município de Axixá, além de execução das especificações técnicas ambientais e sociais.

Projeto

A região do Bico do Papagaio tem a característica de vários aglomerados que se formaram às margens das rodovias. As estradas levam desenvolvimento para a região, mas as pessoas vêm para as suas margens, dando origem aos povoados. O projeto é de grande importância socioeconômica para a comunidade do povoado Grotão.

De acordo com o projeto, serão construídas lombofaixas, acessos laterais, calçadas, pontos de ônibus e vans em recuo com rampas de acesso e cobertura, oito quiosques, ruas do tipo marginal a rodovia, defensas metálicas em pontos estratégicos, trevo de acesso. Foram cadastrados os comerciantes de produtos locais que irão para os quiosques.

A comunidade foi ouvida por meio de duas audiências públicas e, após a elaboração do projeto, este foi apresentado e aprovado pela população do povoado. Ou seja, houve indicações de locais mais adequados para parada de vans e ônibus e demais sugestões da comunidade foram acatadas.

“Foi efetuado um diagnóstico envolvendo 10 povoados do Bico do Papagaio, devido às obras do Banco Mundial de restauração de rodovias tipo Contratos de Restauração e Manutenção (Crema). O povoado Grotão foi escolhido, pois tinha múltiplos problemas com a segurança viária. Nesta rodovia, já foram registrados acidentes, relacionados com a travessia do povoado Grotão. Neste sentido, o projeto busca reduzir os acidentes para uma melhor convivência entre a comunidade do povoado e usuários da rodovia estadual”, afirmou a diretora de Engenharia de Tráfego e Segurança Rodoviária da Ageto, Lucia Leiko.

São obras de um projeto-piloto de segurança rodoviária destinada à travessia de povoados e centros urbanos. Segundo a secretária da Infraestrutura e presidente da Ageto, Juliana Passarin, “os riscos de acidentes no local são devidos aos acessos irregulares à rodovia, tipo gato por veículos. Paradas de van e ônibus dentro da rodovia sem acessibilidade à comunidade. Comércio de produtos locais no acostamento da via que é de alta velocidade. Falta de calçadas e defensas metálicas para proteção”, declarou.

As obras de melhorias devem ser entregues ainda este ano. Existe a possibilidade de que o modelo adotado no Tocantins seja utilizado pelo Banco Mundial em outros países. (Luzinete Bispo)

Continue lendo

Bico do Papagaio

XAMBIOÁ: Novas cenas de violência entre moradores são registradas no centro da cidade

Publicado

em

O FATO OCORREU NESTA TERÇA, DIA 20.
Continue lendo

Bico do Papagaio

XAMBIOÁ: Homem é encontrado morto no meio da rodovia

Publicado

em

Um homem identificado como Silvan de Sá Silva, de 31 anos, foi encontrado morto nno km 25 da TO-164, na zona rural do município de Xambioá. A suspeita é que ele tenha sido vítima de atropelamento e arremessado a vários metros de distância.

O homem estava caído no meio da rodovia, na manhã desse domingo (18). A vítima apresentava um corte na cabeça com afundamento no crânio e havia muito sangue espalhado na pista.

A Polícia Científica realizou os trabalhos periciais a fim de desvendar o que realmente ocorreu no local.

O tio da vítima disse à polícia que esteve com Silvan no período da tarde ingerindo bebida alcóolica no Assentamento Grota do Lage. Depois, eles foram para a cidade de Araguanã. Contudo, já no período da noite, volta das 21h, Silvan teria pedido a motocicleta do tio emprestada para sair com uma garota não identificada. 

Um funcionários de uma empresa disse que passou pelo local do acidente por volta das 22 horas de sábado (17) e viu uma motocicleta estacionada com duas pessoas ao lado do veículo, mas não soube informar se uma delas era a vítima.

A motocicleta estava a uns 50 metros de distância do corpo, e apresentava alguns danos. Também havia dois capacetes e um par de sandálias. (AF Notícias)

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze