Connect with us

Tocantins

Polícia Civil do Tocantins alerta para golpe que usa a Delegacia Virtual como isca para captação de dados

Publicado

em

A Polícia Civil do Tocantins alerta a população que a Delegacia Virtual não envia email para comunicar qualquer tipo de denúncia. Trata-se de um golpe cibernético para captura de dados do internauta. O único procedimento realizado pela Delegacia Virtual é a validação do Boletim de Ocorrência (BO) pela pessoa que registrou seu BO virtualmente. Conforme o supervisor das Centrais de Atendimento e da Delegacia Virtual, delegado Israel Andrade, a pessoa recebe no e-mail por ela cadastrado um número de protocolo com o qual poderá acessar o BO. Não há nenhum outro tipo de solicitação para o usuário.

No golpe que está sendo aplicado, a pessoa recebe um e-mail como se fosse da Delegacia Virtual, no qual é solicitada a confirmação de um boletim de ocorrência e informa que há uma denúncia virtual em seu nome e no seu CPF. Conforme orienta o delegado adjunto da Divisão Especializada de Repressão a Crimes Cibernéticos (DRCC), Claudemir Luiz Ferreira, jamais clique no link disponibilizado neste tipo de e-mail.

O Delegado explica que ao clicar no link, o usuário será direcionado a ambiente virtual controlado por criminosos que objetivam a captura de dados para cometimento de crimes. São dados como o CPF, bancários e senhas. Neste tipo de golpe, há também a possibilidade de ao clicar no link o usuário ter o seu equipamento invadido por um vírus espião.

Para evitar ser vítima desse tipo de golpe, não abra e-mails, cujos destinatários não conheça; instale um bom antivírus em seu equipamento e faça varreduras periódicas para detectar a presença de vírus. Caso aconteça de ser vítima desse tipo de golpe, procure a Delegacia de Polícia mais próxima de sua casa e registre um boletim de ocorrência. Em Palmas, a população pode procurar a Divisão Especializada de Repressão a Crimes Cibernéticos (DRCC).

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Tocantins

Villa Nova-MG bate o Palmas na estreia do Brasileiro da Série D

Publicado

em

O Villa Nova aproveitou o fator casa e bateu o Palmas por 3 a 1 na tarde deste domingo (20) no estádio Castor Cifuentes, em Nova Lima (MG).

Os gols da partida foram marcados por Lucas Grossi, Etinho e Daniel. Bruninho diminuiu para o Tricolor.

O Leão do Bomfim teve o controle do jogo durante os 90 minutos do duelo. Com a vitória, o time de Nova Lima é vice-líder no grupo 6, leva vantagem no saldo de gols em relação Tupynambás e Gama, que vêm em seguida com três pontos.

O próximo compromisso do Villa será no sábado (26), às 15h, contra o Bahia de Feira, na Bahia. Já o Palmas terá pela frente o Tupynambás, também no sábado, às 18h, no Nilton Santos, em Palmas. Globo Esporte)

Continue lendo

Tocantins

Tocantins tem 63.423 casos confirmados de Covid-19 e 46.178 recuperados

Publicado

em

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) informa que neste domingo, 20 de setembro, foram contabilizados 259 novos casos confirmados para Covid-19.

Deste total, 58 foram registrados nas últimas 24 horas e o restante por exames coletados em dias anteriores e que tiveram seus resultados liberados na data de ontem.

Desta forma, hoje o Tocantins registra um total de 193.657 pessoas notificadas com a Covid-19 e acumula 63.423 casos confirmados da doença. Destes 46.178 pacientes estão recuperados e 16.379 estão ainda ativos (em isolamento domiciliar ou hospitalar), além de 866 óbitos.

Clique AQUI e veja o boletim completo.

Continue lendo

Tocantins

Adapec apreende no Tocantins ovos férteis enviados de forma ilegal via Correios

Publicado

em

Após receber denúncias dos Correios, a Agência de Defesa Agropecuária do Tocantins (Adapec) apreendeu na manhã desta sexta-feira,18, em Palmas, ovos férteis em uma caixa térmica, pesando 950 gramas, por estarem desacompanhados da Nota Fiscal e da Guia de Trânsito Animal (GTA), que são exigidas para esse tipo de produto. Esta é a 9ª apreensão feita pela Agência este ano. Os materiais recolhidos serão descartados no aterro sanitário.

A Agência alerta que, para o trânsito de produtos e subprodutos de origem animal, vegetal e material biológico, é obrigatório apresentar documentos zoofitossanitários e outros previstos pela defesa sanitária animal e vegetal, seja por via terrestre, aérea ou fluvial, como prevê o Art. 7º da Lei Estadual nº 1.082, de 1º de julho de 1999.

Continue lendo
publicidade Bronze