Connect with us

Maranhão

Polícia investiga oito execuções que ocorreram na noite de sexta-feira em Imperatriz-MA

Publicado

em

1479557143-43860692

A Polícia Civil já iniciou as investigações para apurar a onda de assassinatos que aconteceu na noite dessa sexta-­feira (18) na cidade  de Imperatriz. Foram sete homicídios que aconteceram na cidade e um no município vizinho de Senador La Roque, um após o outro.

As execuções causaram medo e pânico para os moradores da segunda maior cidade maranhense. Com as investigações, a polícia quer saber se os casos estão relacionados uns com os outros e qual teria sido a motivação para os assassinatos. Até o momento ninguém ainda foi preso.

Mortes

Foram sete mortes que aconteceram na cidade de Imperatriz na noite de sexta feira. De acordo com informações do Instituto Médico Legal (IML), a primeira vítima foi Antônio Luís Carvalho, assassinado no bairro Mercadinho. O segundo corpo que deu entrada foi o de Thiago Sousa Xavier, que foi morto no bairro da Caema.

A terceira vítima de homicídio a dar entrada no IML foi Wancley Rosa da Conceição, que foi morto no bairro Vilinha. A quarta vítima foi David Henrique Cirqueira Madeira, assassinado no bairro Leandra. O quinto corpo que entrou no IML foi de Josivaldo da Conceição Araújo, vítima de tiros no bairro São José. A sexta vítima foi Jean de Aguiar, que foi morto no Parque Alvorada.

A sétima vítima foi baleada na Nova Imperatriz e morreu ao dar entrada no Hospital Municipal de Imperatriz (HMI). Todas essas vítimas foram assassinadas na área urbana da cidade. O oitavo corpo a dar entrada no instituto foi de Carlos Alberto Ferreira de Sousa, morto em Senador La Roque.

Investigações

De acordo com o delegado Praxísteles Martins, da Delegacia de Homicídios de Imperatriz, os trabalhos para a elucidação dos casos já foram iniciados. “Os homicídios começaram no fim da tarde e foram até por volta de 23h. As equipes já estão investigando, buscando imagens e coletando dados. Foi inusitado esse número de homicídios em um só dia”, destacou.

Sobre o fato das execuções estarem relacionadas, o delegado afirmou que ainda é cedo para confirmar essa situação, mas não descartou essa possibilidade. “Ainda é cedo para afirmar categoricamente essa situação, embora não seja coincidência que esse número de homicídios tenha acontecido em um só dia” disse.

Ainda na sexta-­feira, um policial do 3º Batalhão da Polícia Militar (3º BPM), identificado como Cabo Farias, reagiu a um assalto e foi esfaqueado por criminosos que estavam em uma bicicleta, sendo levado em seguida para o Hospital Municipal de Imperatriz. A polícia também que saber se esse fato está relacionado com as oito execuções. “Todo o fato está sendo analisado”, pontuou o delegado Praxísteles Martins. (O Estado do MA)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Maranhão

IMPERATRIZ: Agentes de trânsito orientam novas regras de transporte de crianças em veículos automotores

Publicado

em

Passa a vigorar a partir desta segunda-feira, 12, novas regras para o transporte de crianças em veículos automotores em todo país. Agentes de trânsito iniciaram trabalho de orientação de condutores sobre as novas regras do Código de Trânsito Brasileiro – CTB. Medida visa oferecer mais segurança às crianças durante o transporte em veículos.

O coordenador-geral de Trânsito, Hodislan Maciel, explica que passa a ser obrigatório o uso de dispositivo de retenção (cadeirinha) para crianças menores de 10 anos que não tenham atingido 1,45 m de altura. Também passa a ser proibido o transporte de crianças menores de 10 anos e as que não tenham condições de cuidar da própria segurança em motocicleta, motoneta e ciclomotores.

“O transporte de crianças em banco dianteiro poderá ser feito apenas quando o veículo for dotado exclusivamente de banco dianteiro; quando a quantidade de crianças menores de 10 anos for maior que a lotação do banco traseiro, e quando o veículo original de fábrica só possuir cinto de dois pontos (subabdominais) nos bancos traseiros”, orienta.

Ele explica ainda que a nova regra disciplina que o transporte de crianças, excepcionalmente entre 4 e 7,5 anos, poderão ser transportadas utilizando cinto de dois pontos nos bancos traseiros, sem o assento de elevação, quando o veículo for dotado originalmente desse dispositivo. Além disso, deverá atende-se as regras de transporte de crianças no banco dianteiro em veículos com airbag.

“Vale lembrar ainda que fica vedado o transporte de crianças em dispositivo de retenção instalado em sentido contrário ao da marcha do veículo e, ainda, deve-se observar especificações técnicas do fabricante do veículo, ou seja, o banco do passageiro dotado de airbags deve ser ajustado na última posição de recuo”, concluiu.

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: 9,71% dos habitantes já receberam 1ª dose de vacina contra Covid

Publicado

em

A semana começou com o Maranhão figurando entre as 4 unidades da federação que menos vacinaram contra a Covid-19. Pior do que o nosso estado, somente Rondônia, Mato Grosso e Amapá. Imperatriz, os 100% dos imunizantes recebidos até aqui (para a primeira dose, D-1), todos foram aplicados até o domingo. São 25.186 os vacinados, 9,71% da população (pelo IBGE, somos 259.337 residentes aqui.

A segunda dose, para os grupos prioritários imperatrizenses, foi ministrada em 44,47% – o comparecimento tem sido mais lento, mas ainda assim muito acima do desempenho estadual. No Maranhão, dos imunizantes destinados à segunda dose, só foram aplicadas 11,33%. Especificamente em Imperatriz, 4 vezes mais do que o percentual estadual. Imperatriz amanheceu a segunda-feira sem imunizantes para a primeira dose, por isso somente quem está recebendo a segunda dose passava pelos pontos de vacinação. A espera por nova remessa estava em aberta, até o final da tarde passada – o grupo que vive a expectativa da primeira dose é o de 67 anos. 

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: GMI evita violência contra mulher na Vila Lobão

Publicado

em

Em mais uma ação de segurança, a Guarda Municipal de Imperatriz, GMI, agiu em defesa de uma mulher que estava sendo agredida na Vila Lobão.

De acordo com o relatório de ocorrências, neste domingo (11), o GM Martins estava em uma borracharia na Vila Lobão, quando uma mulher nas proximidades passou a ser agredida por seu companheiro e gritou por socorro. Mesmo estando de folga, o GM Martins atendeu ao chamado e tentou conversar com o agressor, pedindo que ele parasse. Porém, o homem partiu contra o guarda que efetuou disparos de advertência, mas como acusado continuou a investida, teve de realizar um disparo contra ele, acertando-lhe a perna direita. Imediatamente o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado para socorrer o homem, que foi encaminhado ao Hospital Municipal de Imperatriz (HMI), Socorrão.

O homem de 29 anos está hospitalizado e logo que receber alta será levado à Delegacia de Polícia Civil de Imperatriz, para que sejam tomadas as medidas pertinentes ao caso. 

O GMI Martins colocou em prática todo o conhecimento adquirido durante a preparação que teve por mais de seis meses. A Guarda Municipal de Imperatriz é uma das mais bem preparadas do Brasil e sem a ação do guarda ocorrência poderia ter chegado a danos maiores.

O comandante da Guarda Municipal de Imperatriz, Delegado Josenildo José Ferreira, explica que tomou conhecimento do fato ainda durante a madrugada de domingo (11). “Imediatamente entramos em contato com a Polícia Militar e Civil e o trabalho executado pelo GM foi adequado ao fato. Não houve excesso e sim uma prevenção, em proteção à vítima que estava sendo agredida e só quando o guarda teve sua integridade física colocada em risco é que ele reagiu. Ele tem porte de arma, a arma está registrada, toda legalizada. Só temos de elogiar sua ação pela coragem e pela efetividade que foi desenvolvida ao atender a ocorrência”, destacou.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze