Connect with us

Maranhão

Ponte sobre Rio Balsas integra cidades do Sul do Maranhão

Publicado

em

Os serviços de construção da ponte sobre o Rio Balsas, que interliga cidades como Balsas, Sambaíba, Loreto e Benedito Leite à cidade de São Felix de Balsas estão em ritmo acelerado. Localizada na região Sul do estado, a cidade só tem acesso pelo Rio Balsas, por isso essa é uma obra simbólica para a população.

A ponte de São Felix de Balsas vai facilitar a mobilidade, o acesso dos moradores a diversos tipos de bens e serviços, além de diminuir os custos com o deslocamento, já que a balsa não será mais a única opção de travessia.

O trabalho é uma iniciativa do Governo do Estado e está sendo executado pela Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra). Atualmente, a obra está em andamento com os serviços de concretagem de base e fundação, em sequência os trabalhadores seguem com os serviços nas vigas de travamento, conforme o cronograma estabelecido no plano de execução. 

Segundo o secretário da Sinfra, Clayton Noleto, esses serviços são uma expressão da política de descentralização da gestão Flávio Dino. “Estamos investindo em obras de grande impacto social que abrangem todas as cidades do Maranhão desde 2015, a ponte de São Felix de Balsas é uma delas. Na região Sul temos outras, como os hospitais de Balsas e Carolina, escolas em Riachão e Estreito e a rodovia entre Feira Nova e Riachão”, lembrou. 

Com um investimento de R$ 20.493.526,19 e previsão de término para o fim desse ano, a ponte conta com 185 metros de extensão e 10 metros de largura. Outro benefício é o escoamento da produção. Além disso, ainda durante a execução, as obras em si já geram emprego e renda, impacto fundamental em um cenário de crise econômica nacional.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Maranhão

IMPERATRIZ: Após retirada de radares, aumenta número de acidentes de trânsito na Avenida Pedro Neiva

Publicado

em

Depois que foram retirados os radares de fiscalização eletrônica de velocidade da Avenida Pedro Neiva de Santana, perímetro de Imperatriz a João Lisboa (10 km de extensão), o número de sinistros de trânsito aumentou de forma considerável nestes últimos meses na rodovia estadual que registra intenso fluxo de veículos, principalmente durante os chamados horários de rush.

O coordenador geral de Trânsito, Hodislan Maciel, da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes, Setran, manifesta preocupação com o crescente número de sinistros na rodovia Pedro Neiva de Santana, fato verificado com o aumento de ocorrências para deslocamento de equipes do Grupo Tático de Trânsito, o GTT.

“A causa da maioria dos sinistros é devido a imprudência; excesso de velocidade e a falta de atenção do condutor nesta rodovia que agora está sem fiscalização por radar, fato que tinha diminuído bastante esse tipo de ocorrência”, explica ele, que considera essenciais os radares de fiscalização eletrônica de velocidade na diminuição de sinistros na Avenida Pedro Neiva de Santana.

O secretário de Trânsito e Transportes, Leandro Braga, explicou que mantém tratativas com a diretoria do Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão, Detran-MA, para que o município de Imperatriz possa assumir a fiscalização eletrônica da Avenida Pedro Neiva de Santana, perímetro urbano de Imperatriz.

“Em São Luís, algumas vias que são de competência do Governo do Estado foram repassadas à Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes, SMTT, por meio de celebração de convênio”, exemplifica.

Leandro Braga considera de suma importância para melhoria da segurança viária a reativação dos radares de fiscalização eletrônica de velocidade, pois os resultados obtidos mostraram eficácia na redução dos índices de sinistros de trânsito na Avenida Pedro Neiva de Santana, perímetro que liga Imperatriz até João Lisboa.

“É indiscutível que os radares eletrônicos ajudam a salvar vidas, pois disciplina os motoristas sobre o limite de velocidade permitido na via”, frisou.

PRONTO ATENDIMENTO

Equipes do Grupo Tático de Trânsito, GTT, e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, SAMU, foram acionadas na manhã desta quinta-feira, 25, para prestar atendimento a vítima de sinistro de trânsito na Avenida Pedro Neiva de Santana, em frente à Escola Municipal Paulo Freire, no Parque Amazonas.

“Esse é mais um caso típico de sinistro de acidente de trânsito nesta avenida depois que foram retirados os radares eletrônicos, dispositivo essencial ao trabalho de fiscalização da via”, observou o coordenador geral de Trânsito, Hodislan Maciel.

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: Mais de 7 mil já foram imunizados contra Covid-19

Publicado

em

De acordo com a Prefeitura de Imperatriz, já foram vacinados 7.128 pessoas até esta quarta-feira, 24, contra a Covid – 19. Do total de vacinas recebidas até ontem, vale ressaltar que 8.029 são destinadas para pessoas que devem tomar pela primeira vez, e 6.330 são complementos apenas para quem já tomou a primeira. Vale destacar que 2.907 pessoas já receberam a segunda dose.

Com as 2.300 vacinas da AstraZeneca que chegaram na tarde desta quinta-feira, 25, voltadas para o público da primeira dose, a Prefeitura continua com a campanha imunizando profissionais de saúde (que serão vacinados por categoria), e idosos a partir de 85 anos (que devem se cadastrar no site da Prefeitura para se vacinar no período de 1 a 5 de março, no Drive-thru, disponibilizado no pátio da Universidade Ceuma.

Com o saldo das doses que chegaram desde o início da campanha de vacinação, serão imunizados nesta sexta feira, 26, pacientes oncológicos em tratamento no Hospital São Rafael.

Paralelo à aplicação da primeira dose, que amplia o número de imunizados em Imperatriz, a Secretaria de Saúde realiza campanha de aplicação da segunda dose, ou seja, para as pessoas que já estão no período de fechar o esquema de imunização. A Semus chama a atenção dos que já receberam a primeira, para ficarem em alerta para o período de tomar a segunda. Para quem tomou a primeira da CoronaVac, o prazo para retornar é de quinze dias; já da AstraZeneca, o período é de dois a três meses.

De acordo com a secretária da Semus, Mariana Jales, a campanha ainda segue na primeira fase. “Já foram vacinados profissionais da saúde de diversos setores, idosos institucionalizados (moradores do Lar São Francisco, Casa do Idoso Renascer e Vila João XXIII), idosos a partir de 90 anos, pacientes de hemodiálise e pacientes oncológicos em tratamento na Oncoradium. No entanto, só podemos mudar de fase quando concluirmos todos os grupos prioritários desta, inclusive os profissionais da saúde que totalizam cerca de 9 mil trabalhadores”, explicou.

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: Período de matrículas para o Ensino Fundamental será aberto dia 1º de março

Publicado

em

A Secretaria Municipal de Educação iniciará na próxima semana última etapa do calendário de matrículas da rede municipal de Ensino de Imperatriz. Conforme as matrículas da Educação Infantil, a reserva de vagas para o Ensino Fundamental também será de forma on-line. 

Começa na segunda-feira, 01 de março, e segue até o dia 05, o prazo de rematrículas para os alunos que integram o ensino público do Município. Esta segunda etapa é direcionada aos estudantes de 1º a 9º ano na modalidade regular e para a Educação de Jovens e Adultos, EJA.
As famílias poderão acessar o portal da prefeitura www.imperatriz.ma.gov.br e renovar a vaga do estudante na unidade de ensino em que já está inserido. Aguarda-se para esse momento a rematrícula de mais de 30 mil alunos.

O calendário contempla ainda o período de transferências e pré-matrícula para alunos novatos. Os dias 08 e 09 serão destinados para transferência de alunos entre escolas. De 10 a 12 de março para pré-matrículas de novos alunos. 

“Esse período também está reservado para entrega dos documentos indicados no comprovante da pré-matrícula na instituição da vaga reservada. A confirmação da matrícula ocorrerá com o cumprimento dessa exigência, tanto para os novatos quanto para os casos de transferência”, esclareceu José Antonio Pereira, secretário municipal de Educação. 

A Secretaria Municipal de Educação, Semed, orienta que para manter os cuidados com a saúde de todos nesse momento de pandemia e restrição de público, que pais e responsáveis façam a entrega da documentação de forma imediata para não gerar aglomeração em cima da hora. 

“Como essa etapa de entrega de documentação são menos alunos, tende a ser tranquila. Esperamos que os pais se organizem dentro do prazo e assim não gere pequenas aglomerações. De qualquer modo, iremos atender a todos”, reforçou o prefeito Assis Ramos.

Continue lendo
publicidade Bronze