Connect with us

Maranhão

Potencial para a produção de mel atrai investidores

Publicado

em

O potencial dos cinco biomas existentes no Maranhão, que possibilita a produção de mel durante todo o ano, está atraindo empresários interessados em investir na extração do produto no Estado.

Dario Chiachiarini, gerente da empresa argentina Parodi Apicultura e Aglayrton Câmara, da Cearapi, estiveram reunidos, nesta quarta-feira (6) com o secretário de Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrima), Cláudio Azevedo para discutir a instalação de um Entreposto de Mel da empresa Parodi na região do Alto Turi e Gurupi, responsável por cerca de 70% da produção de mel do Estado.

O secretário Cláudio Azevedo afirmou que o governo estadual incentiva as empresas que ajudam no desenvolvimento do Maranhão e citou o Programa ProMaranhão, que concede incentivos fiscais para empresas que desejam se instalar no Estado, como uma das ações de apoio aos empresários que desejam investir no Estado. “Nós também vamos apoiar mais a iniciativa empreendedora, trabalhando a capacitação de produtores de mel e de produtores de abelha rainha”, assinalou.

A Prodapys, empresa exportadora de mel de Santa Catarina, também aposta na produção de mel do Maranhão e está construindo uma unidade da empresa em Santa Luzia do Paruá.

No caso da região do Alto Turi o pasto apícola é explorado no período de junho a setembro. Na área dos mangues a apicultura migratória acontece nos meses de setembro a dezembro.

Outra alternativa que está sendo utilizada pelos apicultores não só do Maranhão mas de outros estados é a produção de mel em plantios de eucalipto. No povoado Alto Brasil, município de Grajaú, por exemplo, já existem cerca de 10 mil colméias instaladas em 35 mil hectares de plantios de eucalipto.

A estimativa é de que, com a estiagem que está ocorrendo com maior intensidade nos outros estados do Nordeste, seja triplicada a produção de mel no Maranhão. “Cerca de 50 mil colméias foram instaladas este ano no Maranhão por apicultores da Bahia, Ceará, Piauí e Pernambuco”, informou o representante da Cearapi, Aglayrton Câmara.

A previsão é de que seja acrescentada uma produção de cerca de 3.600 toneladas de mel a mais do que o que normalmente o Maranhão produz, que é de 1.800 toneladas. “Vamos atingir essa produção caso não aconteça nenhum problema de seca e as condições das floradas permaneçam boas”, alertou o consultor do Sebrae e apicultor, Euler Gomes Tenório, que também participou da reunião com o secretário Cláudio Azevedo.

Vale ressaltar que nos anos de 2003 e 2004, o Maranhão produzia aproximadamente 300 toneladas de mel.

A empresa Parodi Apicultura, que está realizando uma fusão com a empresa Cearapi, inicialmente está viabilizando a instalação de uma unidade de extração móvel de mel. “O envolvimento social da apicultura é muito grande. Nós trabalhamos na região Nordeste e exportamos nosso mel para os Estados Unidos e Europa. Queremos investir no Maranhão, que possui potencial muito grande para a exploração do mel”, ressaltou Dario Chiachiarini.

Certificação

O representante da Cearapi, Aglayrton Câmara, explicou que desde 2004 produz mel no Maranhão e que um dos grandes problemas do Estado é a falta de certificação do produto. “A Parodi já possui essa certificação e isso vai proporcionar uma estrutura melhor para os apicultores maranhenses, que irão crescer junto com a nossa empresa”, ressaltou ele.

Euler Gomes Tenório informou que no Maranhão, somente uma empresa de São Luís tem certificação do Serviço de Inspeção Municipal (SIM), mas só pode comercializar na ilha de São Luís. “Falta empreendedorismo dos apicultores maranhenses.. Atualmente o que acontece é que eles vendem para empresas de fora que comercializam esse mel, o que não gera nenhuma receita para o Maranhão. Com a certificação do mel do Maranhão os apicultores poderiam vender diretamente para outros estados e países, pois 90% do mel produzido no Brasil é exportado.”, alertou ele.

Bebedouro Inteligente 

Junto ao produtor de mel do município de Maracaçumé, Rolf Benkert, Euler Tenório foi o autor do invento do aparelho “Bebedouro Inteligente”, apresentado recentemente no 19º Congresso de Apicultura e Meliponicultura de Gramado/RS. “O aparelho, de transferência de tecnologia foi bastante elogiado pelos participantes do congresso e tem como objetivo o fornecimento de água para as abelhas no período de poucos recursos hídricos com boa relação custo-benefício”, explicou Euler Tenório.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
1 Comment

Maranhão

IMPERATRIZ: Estão abertas as matrículas para novos alunos da Educação Infantil

Publicado

em

Conforme cronograma da Secretaria Municipal de Educação (Semed), o período de matrículas da rede municipal de ensino, de novos alunos para a Educação Infantil, iniciou nesta segunda-feira (17). O prazo para a pré-matricula será até 21 de janeiro e as inscrições pelo site da Prefeitura https://imperatriz.ma.gov.br/portaldoaluno.

Esta etapa é direcionada apenas aos estudantes de creches e pré-escolas, com idade escolar de até cinco anos e que nunca foram alunos em escolas do Município.

As famílias com filhos nessa faixa etária, que desejam ingressar no ensino público, ao realizar a pré-matrícula no site, deverão seguir o passo a passo do cadastro e ficar atentas para ao final do processo até concluir o cadastro. “Para ter acesso ao cartão de confirmação da pré-matricula, o responsável deve clicar no botão concluir para finalizar de forma adequada todo o procedimento no sistema”, orientou José Antonio Pereira, secretário de Educação.

Finalizado cadastro no sistema os pais ou responsável deve encaminhar-se à escola pretendida e entregar documentação de imediato. “O processo só é confirmado ao cumprir essa etapa de entrega de documentos. Por isso, os pais devem ficar atentos e confirmar a matrícula na escola”, frisou o prefeito Assis Ramos.

A Semed ressalta que para os casos de erro no sistema, o departamento Geduc estará disponível para atendimento presencial. Basta encaminhar-se a Semed, localizada na Rua Urbano Santos, 1657, bairro Juçara.

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: Prefeitura vistoria bairros afetados pelas chuvas

Publicado

em

Depois das intensas chuvas neste final de semana em Imperatriz, o secretário de Infraestrutura, Zigomar Filho, realizou na manhã desta segunda-feira (17) vistoria para verificar os estragos provocados pela enxurrada que danificou pavimento asfáltico, drenagens profundas e erosões em vias urbana e na estrada de acesso ao povoado Cacauzinho.

Ele disse que “a orientação do prefeito Assis Ramos é que sejam feitas ações emergenciais para diminuir os estragos provocados pelas chuvas, principalmente neste final de semana”. “A situação se agravou em alguns pontos que identificamos, mas vamos colocar no cronograma de obras dessa semana para fazer a devida recuperação, garantindo a melhoria das vias urbanas”, assegurou.

Zigomar Filho observou que vários pontos de drenagem profunda não suportaram o grande volume d’água, acabando abrindo erosões no leito dos riachos e verdadeiras crateras em algumas ruas dos bairros. “A estrada de acesso ao povoado Cacauzinho acabou sendo danificada; também na Avenida São Sebastião, na Vila Nova, por causa da bacia do riacho Bacuri e ainda na grande Cafeteira”, disse.

O secretário observou ainda a abertura de uma cratera na Vila União, no Bom Jesus. A força da água transbordou pela via e arrastou manilhas do sistema de drenagem pluvial no bairro. “Vamos ampliar essa rede de drenagem profunda para dar maior vazão d’água e reduzir esse transtorno causado à população nesse bairro da cidade”, pontou.

Recuperação de vias

Zigomar Filho também iniciou a semana de trabalho vistoriando todas as ações de recuperação da malha viária urbana e destacou que, caso haja condições climáticas, será ampliada a execução dos serviços para recuperar o mais breve possível ruas e avenidas afetadas pelas chuvas em Imperatriz. (Gil Carvalho)

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: Anunciada obra de reforma do Estádio Municipal Frei Epifânio

Publicado

em

Foi anunciada na manhã desta segunda-feira (17), obra de reforma do estádio Municipal Frei Epifânio D`abadia. A Prefeitura de Imperatriz, por meio do secretário de Esporte, Lazer e Juventude (Sedel-Juv), Luiz Gonzaga Pereira de Suza, acompanhou a vistoria feita pelo Governo do Estado, com a presença do secretário sdjunto, da Sinfra Estadual, Jonas Alves. Acompanharam o secretário os engenheiros: André Gustavo Moraes, arquiteto da Concremat, empresa responsável pela obra e Vilmar Dantas, engenheiro chefe da Regional da Sinfra Estadual em Imperatriz.

De acordo com o que foi informado pelo secretário adjunto, Jonas Alves, “o Governo do Estado já finalizou o laudo técnico que garante que a estrutura de concreto do local, onde aconteceu a queda da cobertura, não está comprometida, portanto vão ser feitas a troca da cobertura, iluminação, com a substituição das lâmpadas atuais por Led, elevador e outros”.

Ficou definido, de comum acordo entre a Prefeitura de Imperatriz e Governo do Estado, que a obra será iniciada em fevereiro de 2022, com duração de 90 dias.

O secretário Luiz Gonzaga Pereira Sousa, destacou que mediante as cobranças feitas pela Prefeitura por meio da Sedel, hoje o secretário adjunto, Jonas Alves, veio definir o início da reforma do Frei Epifânio.

“Hoje recebemos a visita do sub-secretário da Sinfra do Estado, Jonas Alves, que veio nos dar satisfações diante das cobranças que fizemos, quanto ao início da obra de reforma e ele de antemão nos atendeu. Nosso desejo é que a reforma fosse total, mas entendemos as dificuldades, por isso será feita por etapa. Primeiro essa parte que foi danificada, que atende cobertura, com pintura e cabines, como também troca das lâmpadas atuais, por led”.

Parte da Cobertura do Estádio Frei Epifânio da Badia, veio abaixo, no dia 28 de agosto 2021, quando da partida entre Imperatriz e 4 de Julho, a última válida pelo Campeonato Brasileiro Série D. Uma forte chuva, inclusive com queda de granizo, acompanhado por ventos que atingiram cerca de 150 km por hora, fato atípico para a região, derrubaram parte da cobertura das cadeiras do Frei Epifânio. Na ocasião, foi um verdadeiro pânico para os jogadores e demais componentes das duas equipes e profissionais da imprensa que estavam trabalhando no jogo. Felizmente, aconteceram apenas danos materiais. (Dema de Oliveira)

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze