Connect with us

Maranhão

Prefeito eleito de Imperatriz-MA, Assis Ramos, vai receber faixa de prefeito na Câmara de Vereadores

Publicado

em

1475413871-118772282A tradicional entrega da faixa entre o prefeito que deixa o cargo e o recém empossado, nesse caso Assis Ramos (PMDB), vai sofrer mudanças este ano em Imperatriz. Pela primeira vez na história, o eleito, vai receber a faixa na Câmara de Vereadores, logo após a posse, e não no gabinete da prefeitura como aconteceu até o governo do prefeito Sebastião Madeira.

O chefe de gabinete da prefeitura na futura gestão, Marcelo Moreno havia informado antes da diplomação que após ser empossado Assis Ramos iria para a prefeitura, mas nesta quinta-feira (29), o mesmo Moreno revelou que o ato simbólico será na Câmara.

A programação de posse do prefeito foi mantida para os primeiros minutos da madrugada do dia 1º de janeiro na Câmara, em solenidade que será presidida pelo vereador reeleito Rildo Amaral (Solidariedade).

Pela programação, Rildo Amaral vai dá posse aos demais 20 vereadores e em seguida ao prefeito e vice-prefeito, Assis Ramos e Alex Nunes, respectivamente.

Pela tradição mantida até o prefeito Sebastião Madeira, a posse do prefeito era realizada pela manhã e em seguida o novo gestor e os futuros secretários e correligionários seguiam a pé da Câmara para a prefeitura para a entrega da faixa e discurso. O motivo da mudança na programação não foi informado. (iMirante)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Maranhão

Procon do MA alerta para golpes virtuais que oferecem auxílio durante pandemia do coronavírus

Publicado

em

A notícia de que o Governo Federal sancionou lei que cria o auxílio mensal de R$ 600 para trabalhadores informais é verdadeira, mas criminosos aproveitaram essa informação e a crise causada pelo Novo Coronavírus para aplicar golpes prometendo o auxílio e, então, roubar dados pessoais das vítimas.

Além de páginas falsas na Internet, uma das formas encontradas pelos criminosos é o uso de aplicativos como o whatsApp. Nele, os usuários recebem uma mensagem sobre o auxílio e são direcionados para sites espiões, que solicitam o preenchimento de um formulário com seus dados pessoais para ter direito ao saque. 

A dona Lúcia Maria, 53 anos, quase foi vítima do golpe. “Eu recebi a mensagem em um grupo no whatsapp. Como eu já tinha visto a notícia sobre o auxílio na televisão, achei que fosse verdade e cliquei no link, mas desconfiei quando vi que teria que preencher com meus dados para obter o benefício”, relata a autônoma.

De forma espontânea ou devido ao vírus que pode se instalar no celular, muitas pessoas compartilham a mesma mensagem para outros usuários do aplicativo, levando amigos ou parentes a caírem na fraude também. Por isso, o Procon/MA orienta que, ao receber esse tipo de mensagem, o usuário verifique a veracidade das informações. 

“Infelizmente, existem pessoas que aproveitam o momento de fragilidade para enganar aqueles que estão mais vulneráveis. Recomendamos que as pessoas evitem clicar em links suspeitos e não compartilhem as mensagens sem antes consultar a autenticidade das informações em fontes confiáveis”, reforça a presidente do Procon/MA, Adaltina Queiroga

Continue lendo

Maranhão

Dino defende retomada urgente do Fundo Amazônia

Publicado

em

Em videoconferência com o vice-presidente Hamilton Mourão, o governador Flávio Dino defendeu a retomada do Fundo Amazônia para auxiliar os estados da Amazônia Legal na prevenção às queimadas. 

“Podemos enfrentar uma tempestade perfeita: o apogeu do coronavírus, iniciando logo em seguida o período de estiagem e queimadas na Amazônia. Temos que evitar isso com prontidão”, apontou o governador. 

Na visão do governador Flávio Dino, o fundo pode auxiliar na aquisição de equipamentos de combate aos incêndios florestais, além de financiar políticas públicas para as populações vulneráveis da região.

Segundo Mourão, a Alemanha, que aporta 20% dos recursos do Fundo Amazônia, está disposta a descongelar o subsídio. “A Alemanha está pronta para liberar esse recurso”, disse. 

A reunião, provocada pela vice-presidência da República, apresentou aos governadores da Amazônia Legal a estruturação e as estratégias do Conselho Nacional da Amazônia, presidido por Mourão, mas o combate ao Covid-19 no país acabou entrando na pauta.

O governador Flávio Dino defendeu ainda a melhor organização das políticas de combate ao Covid-19 no país, para um enfrentamento da doença. “É muito importante a existência de padrões nacionais para minimizar polêmicas e dar segurança jurídica”, defendeu.

Defesa da Amazônia

Entre as propostas apresentadas pelo Conselho para a defesa da Amazônia, está o uso da Força Nacional para reforçar o patrulhamento da região. Para o governador Flávio Dino, a medida pode ser aprimorada com a criação de equipe exclusiva e permanente. 

“O modelo da Força Nacional foi criado como algo transitório, e acabou se tornando perene. Ela é uma cessão dos policiais e bombeiros dos estados para integrar um corpo transitório sob o comando do Ministério da Justiça. A questão da Amazônia demanda algo a mais, além da presença do Exército e da Polícia Federal”, pontuou Flávio Dino. 

O governador Flávio Dino defendeu ainda o Zoneamento Ecológico-Econômico (ZEE) e a regularização fundiária eficientes na região. “É uma questão que envolve todos os estados e é extremamente importante, com especificidades muito próprias do solo amazônico, que não se estendem a outros estados do Brasil. Precisamos da atualização do ZEE da Amazônia Legal”, assegurou.

Continue lendo

Maranhão

Chega a 81 o número de pacientes com coronavírus no MA. Deste, 2 são em Imperatriz e 1 em Açailândia

Publicado

em

Após 10 novos casos, subiu para 81 o número de pacientes com o novo coronavírus no Maranhão, segundo último boletim divulgado nesta quinta (2) pela Secretaria de Estado da Saúde (SES). Apenas um óbito pela doença foi registrada até o momento.

Atualmente, a SES monitora 913 casos suspeitos. Outros 1452 casos foram descartados e 12 pessoas foram curadas da doença.

Quarentena

Por causa da evolução no número de casos, a proibição de funcionamento de diversos comércios e estabelecimentos no Maranhão foi mantida por tempo indeterminado, mas, segundo o Governo do Maranhão, será reavaliada semanalmente. A proibição de funcionamento afeta os seguintes segmentos:

  • Bares, restaurantes, lanchonetes e estabelecimentos congêneres;
  • Templos, igrejas e demais instituições religiosas;
  • Museus, cinemas e outros equipamentos culturais, público e privado;
  • Academias, clubes, centros de ginástica e estabelecimentos similares;
  • Lojas ou estabelecimentos que pratiquem o comércio ou prestem serviços de natureza privada;
  • “Shopping center”, galeria/centro comercial e estabelecimentos congêneres, salvo quanto a supermercados, farmácias e locais que prestem
  • Serviços de saúde no interior dos referidos dos estabelecimentos;
  • Feiras e exposições;
  • Indústrias, excetuadas as dos ramos farmacêutico, alimentício, de bebidas, produtos hospitalares ou laboratoriais, obras públicas, alto forno, gás, energia, água, mineral, produtos de limpeza e higiene pessoal, bem como respectivos fornecedores e distribuidores.

Primeira morte no Maranhão

O secretário estadual de Saúde, Carlos Eduardo Lula, confirmou no domingo (29) a primeira morte por infecção pela Covid-19 no Maranhão. A vítima é um homem de 49 anos, de São Luís e que tinha histórico médico de hipertensão. Ele estava internado em uma unidade hospital da capital maranhense.

Centro de Testagem

O Maranhão possui dois Centros de Testagem para casos do novo coronavírus. O primeiro, é localizado localizado na Policlínica Diamante em São Luís. O segundo também é localizado em São Luís, no Viva Beira-Mar.

Devem procurar os centros pessoas que estejam com sintomas de febre, tosse e dificuldade de respirar ou tenham feito viagens para outras áreas que estejam com casos confirmados da doença, e tenham tido contato com casos suspeitos ou confirmados de Covid-19.

Os laboratórios estão recebendo a coleta de material para a realização de exames para Covid-19 e dando orientações sobre as medidas que devem ser tomadas após o laudo. Os locais funcionam de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h.

Continue lendo
publicidade