sem-titulo
Momento em que a Carta de Renúncia estava sendo lida na sala da presidência da Câmara Municipal de Marabá

O prefeito Tião Miranda (PTB), eleito no último pleito de outubro de 2016 protocolou nesta sexta-feira (30), na Câmara Municipal de Marabá, no sudeste paraense, o pedido de renúncia ao cargo.

A carta foi recebida pelo presente atual da Câmara, Miguel Gomes Filho, “Miguelito” (PP), com a presença dos vereadores Pedro Correa Lima (PTB) e Carlos Roberto Gonçalves Miranda, o “Beto Miranda” (PSDB), irmão de Tião.

Na carta, Tião justifica o pedido por motivos de saúde, devido a desgaste da campanha eleitoral.

“Os desgastes dos compromissos diários me fizeram enxergar claramente que com o passar dos anos não temos mais a mesma vitalidade, e depois de 45 dias de caminhada, de diálogos, de gravações de programas, de viagens pelo município, de discursos, de reuniões e demais compromissos o abalo à minha saúde física e esgotamento foram além do que eu jamais imaginava, e então me defrontei com minhas limitações”, diz carta.

Tião destaca ainda, que a atual situação financeira do município exigirá entrega no próximo mandato e que por isso, está “ciente de que este desafio está acima do que minhas limitações geradas pela idade e saúde, neste momento, podem oferecer”. (DOL/Foto: Ulisses Pompeu)

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.