Connect with us

Pará

Presidente do Basa diz que Pará vive novo momento econômico

Publicado

em

O presidente do Banco da Amazônia (Basa), Abidias José de Sousa Junior, disse em evento na tarde desta terça-feira, 4, em Marabá, que o Estado do Pará vive sob um novo modelo econômico, que vai conduzi-lo ao posto da quinta melhor economia do país na próxima década. Só o próprio Basa tem disponibilizado R$ 1,3 bilhão de reais para investimentos nos mais diversos setores da economia paraense em 2010, atendendo a um protocolo de intenções assumido com a governadora Ana Júlia Carepa.

O evento patrocinado pelo Basa em Marabá reuniu centenas de empresários da cidade, que ouviram ainda explicações técnicas sobre o projeto da Siderúrgica Aços Laminados do Pará (Alpa), oportunidade de negócios, políticas de investimentos, além de fomento ao desenvolvimento produtivo proferida pelo diretor de desenvolvimento econômico da Secretaria de Estado de Desenvolvimento, Ciência e Tecnologia (Sedect), Adejard Gaia Cruz, que na ocasião representou o secretário Maurílio Monteiro, titular da pasta.

Ainda durante o evento ocorreria uma rodada de negócios, na qual os executivos do Basa explicariam as várias formas de linhas de crédito ofertadas pela instituição por meio do Fundo Constitucional do Norte (FNO). O presidente do banco, Adidias Junior não poupou elogios à governadora Ana Júlia Carepa e ao secretário Maurilio Monteiro pela nova realidade econômica do Pará. “Estamos aqui oferecendo nossas linhas de crédito para empreendedores de todos os portes. Temos que aproveitar este momento para garantir uma economia sustentável e com responsabilidade social no futuro”, disse.

O evento oportunidades de negócios é uma iniciativa do Banco da Amazônia com apoio do governo do Estado. Em Marabá, a Associação Comercial e Industrial do município (ACIM), abraçou a causa e viu a oportunidade como extensão dos debates realizados no Fórum Estadual de Competitividade. Segundo o presidente da ACIM, Gilberto Leite, a região de Carajás vive a expectativa da verticalização mineral e a injeção de US$ 50 bilhões de dólares, abrindo caminho para instalação de milhares de pequenos empreendimentos nos setores da prestação de serviços, produção e pecuária.

Afora isso, a região sudeste é vista como novo expoente da economia brasileira com obras significativas como as eclusas de Tucurui, implantação da Alpa e a construção do maior complexo intermodal do país, que ligará a região por meio de rodovias, ferrovias e hidrovias. O presidente do Basa também destacou os potenciais energético, agrícola e um corredor de exportação sem igual no Brasil, a partir da pavimentação da BR-163 (rodovia Santarém-Cuiabá) e a ampliação dos portos de Santarém e de Vila do Conde, em Barcarena.

“Não é à toa que o Pará tem obtido grande volume de investimentos do PAC e especificamente do Basa que aumentou 300% o volume de crédito destinado ao Estado”, disse.

Abidias José de Sousa também destacou a boa relação com o governo do Estado, lembrando  que o banco tem apoiado as ações sociais como o projeto NavegaPará, de incentivo à inclusão digital, na agricultura familiar e na área cultural, beneficiando todos os 144 municípios do Estado. “Já assinamos um protocolo de intenções com a governadora Ana Júlia e vamos continuar realizando ações em parcerias para o desenvolvimento do Estado”, completou.

Incentivo

Além da oferta de crédito, a política de fomento ao desenvolvimento produtivo do Estado, também garante o incentivo fiscal a empresas que se comprometem a realizar um desenvolvimento sustentável. Segundo Adejard Gaia Cruz, mais de 80 empresas já gozam do benefício após criteriosa análise técnica.

No último dia 30 de março, o governo concedeu mais seis novos incentivos fiscais, com destaque para uma fábrica de MDF (de produção de móveis) instalada no município de Paragominas. “Essa fábrica vai operar com madeira de área reflorestada, o grande diferencial que mereceu apoio do governo”, disse o diretor de desenvolvimento econômico da Sedect, um dos palestrantes da tarde desta terça-feira, em Marabá.

Além do presidente do Basa, o evento oportunidades de negócios reuniu várias autoridades políticas e empresários de Marabá. Os executivos da Vale S.A. Evandro Rolim, gerente da Alpa, e Ian Corrêa, vice-presidente da Sinobrás, também proferiram palestras. O prefeito de Marabá Maurino Magalhães foi representado pelo presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae, Ítalo Ipojucam.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Pará

Assista o Conexão Rural deste final de semana – Dias 31 e 1ª

Publicado

em

Continue lendo

Pará

PALESTINA: Trânsito deve ser municipalizado

Publicado

em

Os Poderes Executivo e Legislativo palestinense começaram a discutir sobre a municipalização do trânsito.

O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) prevê a divisão de responsabilidades e uma sólida parceria entre órgãos federais, estaduais e municipais. Para os municípios se integrarem ao Sistema Nacional de Trânsito (SNT), exercendo plenamente suas competências, precisam criar um órgão municipal executivo de trânsito com estrutura para desenvolver atividades de engenharia de tráfego, fiscalização de trânsito, educação de trânsito e controle e análise de estatística.


Conforme o porte do município poderá ser reestruturada uma secretaria já existente, criando uma divisão ou coordenação de trânsito, um departamento, uma autarquia, de acordo com as necessidades e interesse da municipalidade.

As conversas entre Legislativos e Executivo em Palestina, devem ser afuniladas, para a formalização de um projeto que terá de ser aprovado pelos parlamentares.

Continue lendo

Pará

Estado e prefeituras de Santa Maria das Barreiras e Santana do Araguaia vão recuperar estradas vicinais

Publicado

em

O governo do Estado do Pará e a prefeitura da cidade de Santa Maria das Barreiras assinaram nesta quarta-feira (28), dois convênios para a recuperação de estradas vicinais e para o repasse de combustível ao município. O documento foi assinado pelo governador Helder Barbalho, pelo prefeito Adriano Salomão e outras autoridades que acompanharam a cerimônia oficial, realizada em Casa de Tábuas, distrito de Santa Maria das Barreiras.

“Hoje nós estamos liberando cerca de R$ 3,6 milhões para a prefeitura de Santa Maria das Barreiras usar com combustível e recuperação de estradas. Com isso, vamos escoar a produção e, se Deus quiser, retornaremos aqui para trazer mais asfalto para as ruas de Santa Maria das Barreiras e também para Casa de Tábua”, destacou o governador.

No primeiro convênio está previsto, no total, a recuperação de  mais de 100 Km de vias. O trabalho será realizado em três trechos que ligam comunidades as principais rotas dentro do território barreirense. O objetivo é melhorar a trafegabilidade na região, garantindo assim, mais segurança para quem utiliza as estradas e para o escoamento da produção local.

“Esses grandes convênios pautados na área viária do Estado nos deixam muito felizes pelos benefícios que vão trazer”, destacou o prefeito de Santa Maria das Barreiras, Adriano Salomão.

Para quem precisa andar de moto pelas vicinais, como o estivador Claudionor Pereira da Silva, a ação para melhoria das estradas é importante. “Eu passo por esses lados todos os dias, então digo que esse serviço está melhorando muito a nossa vida. Passar por aqui, com a estrada ruim, é terrível”, destacou.

O segundo convênio assinado entre a prefeitura de Santa Maria das Barreiras e o governo do Estado será para repasse de óleo diesel, que servirá para abastecimento de equipamentos de terraplanagem e para o restabelecimento da trafegabilidade de vicinais.

Ao saber das ações realizadas pelo governo do Estado em parceria com a prefeitura municipal, dona Edinelza da Silva comemorou. “Esse trabalho está ótimo, eu acho muito bom. O serviço tá ficando maravilhoso em comparação com o que era antes”, disse a lavradora.

Durante a programação, o governador Helder Barbalho também assinou um terceiro convênio, desta vez, com a prefeitura de Santana do Araguaia. No documento consta a parceria entre Estado e município para garantir a reconstrução de vias e combustível para execução do serviço.

“Em Santana não será diferente. Nós assinamos um convênio com valor perto de R$ 600 mil para combustível. Assim, o prefeito poderá trabalhar nas estradas vicinais. Além disso, estou esperando a equipe do gestor terminar o projeto do hospital e do terminal. Na hora que terminar, nós vamos lá”, explicou o governador.

“O governador está doando combustível para Santana do Araguaia e nós vamos levar mais estradas ao nosso município”, destacou o prefeito de Santana do Araguaia, Eduardo Da Machado”.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze