Connect with us

Tocantins

Primeira-Dama de Palmas e assessores na mira do MPE

Publicado

em

O Ministério Público Estadual (MPE) abriu procedimento preparatório para apurar o envolvimento do secretário afastado de Governo  e de Meio Ambiente e Serviços Públicos de Palmas, Pedro Duailibe, com Rosilda Rodrigues dos Santos, a ex-assessora da deputada estadual e primeira-dama de Palmas, Solange Duailibe, que teria recebido R$ 120 mil do grupo de Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, conforme indicam gravações feitas pela Polícia Federal é na operação Monte Carlo.

O promotor Adriano Neves confirmou que se julgar necessário pedirá também a quebra de sigilo bancário, fiscal e telefônico dos envolvidos no caso para investigar se dinheiro depositados na conta de Rosilda seria produto de atos ilícitos e qual seria o envolvimento de Solange no caso.

As gravações feitas pela PF revelam o tesoureiro da Delta Construções S/A, Rodrigo Dall Agnol, passando os dados bancários de Rosilda a Geovani Pereira da Silva, apontado pela PF como o responsável pela contabilidade do grupo de Cachoeira, fazer o depósito.
A divulgação revela a existência de uma procuração em que Rosilda dá totais poderes para Pedro Duailibe movimentar contas bancárias em nome dela aumentou as suspeitas do MPE. “Todas as medidas jurídicas serão tomadas para desvendar o fato”, alega o promotor.

Neves também é o responsável pela ação que pede a anulação do contrato feito entre a prefeitura de Palmas e a Delta, de prestação de serviços de coleta de lixo e limpeza pública. Conforme inquérito feito pela PF, a Delta teria apresentado documentos falsos que garantiram à empresa participar e vencer a licitação, no valor de quase R$ 72 milhões. A Delta mantém relação com a prefeitura de Palmas desde o início da gestão do prefeito Raul Filho. De 2006 até agora pelo menos seis contratos com dispensa de licitação foram feitos entre o município e a construtora que chegam a mais de R$ 50 milhões.

Procuração

Existia uma procuração, datada de 5 novembro de 2008, em que Rosilda dá totais poderes para Pedro Duailibe movimentar contas bancárias em nome dela. Na tarde do último sábado, em uma nota divulgada pela assessoria de imprensa da Prefeitura de Palmas, Pedro Duailibe assumiu que era para ele o depósito de R$ 120 mil feito na conta de Rosilda por membros do grupo de Carlinhos Cachoeira, conforme aponta a PF.
Pedro Duailibe diz que o depósito é referente à venda de uma retroescavadeira que teria negociado com a empresa Miranda & Silva Terraplanagem Ltda. Ele argumenta que o depósito não foi feito em sua conta pessoal porque seria avalista de uma ação de execução e que por isso ele usava a conta de Rosilda para movimentações financeiras de valores maiores.

A assessoria de imprensa de Solange Duailibe disse que a deputada não iria se manifestar sobre o assunto. Na prefeitura, a informação é que o prefeito Raul Filho falará sobre o caso em cerimônia no paço municipal na manhã desta terça-feira, 15.

Escutas

Interceptações telefônicas feitas pela PF, na operação Monte Carlo, mostram o tesoureiro da Delta Construções S/A, Rodrigo Dall Agnol, pedindo para que Geovani Pereira da Silva faça um depositar R$ 120 mil na conta bancária de Rosilda Rodrigues dos Santos, que na época exercia cargo de assessora da deputada estadual e primeira-dama de Palmas, Solange Duailibe. Dez dias depois do surgimento da denúncia, Pedro Duailibe, irmão de Solange, que ocupa o cargo de secretário de Governo e responde pela Secretaria de Meio Ambiente e Serviços Públicos, assumiu que o dinheiro era dele seria o pagamento de uma retroescavadeira que ele vendeu para a empresa Miranda & Silva Terraplanagem Ltda. O MPE abriu procedimento preparatório para investigar o caso. (Jornal do Tocantins)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Tocantins

ARAGUAÍNA: Wagner anuncia realização da Marcha para Jesus em dezembro

Publicado

em

O prefeito de Araguaína, Wagner Rodrigues, garantiu nessa sexta-feira, 15, a realização da Marcha para Jesus. O anúncio foi realizado durante reunião remota com vereadores e igrejas evangélicas e Católica. O evento está programado para o dia 11 de dezembro e faz parte do calendário municipal.
 
“Era um assunto que eu já tinha discutido em junho, e na época falei que precisava de um tempo para uma avaliação, devido a pandemia, e graças a Deus estamos com pouquíssimos casos ativos da covid-19 e muitas pessoas vacinadas”, afirmou Wagner. Para a celebração, a Prefeitura irá contratar o show do cantor Fernandinho, que é destaque nacional da música gospel.
 
Segundo o prefeito, o recurso é possível devido à redução dos gastos com a saúde pública para tratamento de pessoas com covid-19, inclusive com conclusão do atendimento na UTI (unidade de tratamento intensivo) no Hospital Municipal de Campanha, além da não-realização de festa durante o aniversário da cidade. “Para semana do dia 14 de novembro decidimos que faremos uma grande entrega de obras para a população”, explicou o prefeito. A 1ª etapa da Via Norte está dentro dessa programação.
 
União cristã
Para o padre Edson Neves, representante da Igreja Católica, o evento é importante para celebrar a vida. “Vemos verbas sendo liberadas no Brasil para outro tipo de expressão e aqui é para maravilhar a Deus, em momento nobre para estar orando por Araguaína”, afirmou. A união cristã é um destaque para o momento, de acordo com o vereador Ygor Cortez. “Não é uma marcha de evangélicos, é um evento cristão, que todos nós somos”.
 
O pastor Flávio Braga, presidente da Comeara (Conselho de Ministros Evangélicos de Araguaína), que organiza o evento, agradeceu o prefeito pela realização. “Pela gestão que tem feito, sensível e humana, e que tem sensibilidade de chamar as igrejas para orar. Essa Marcha será muito mais de gratidão. Quantos prefeitos e pastores partiram, e Araguaína foi vitoriosa contra a covid-19”.

Continue lendo

Tocantins

ARAGUAÍNA: Interessados em comercializar produtos no Cemitério São Lázaro no Dia de Finados devem fazer cadastro até dia 22

Publicado

em

Com o Dia de Finados se aproximando, no próximo 2 de novembro, muitos vendedores aproveitam a data para comercialização de flores, velas e outros produtos nas proximidades da entrada do Cemitério São Lázaro, em Araguaína. Para essa comercialização, os vendedores ambulantes devem ficar atentos e realizar as inscrições, que estão abertas do dia 18 a 22 de outubro.

Os interessados podem procurar a Funamc (Fundação de Atividade Municipal), localizada na Rua Humberto de Campos, nº 508, no Bairro São João, das 8 às 12 horas e das 14 às 18 horas. Os vendedores devem levar documentos pessoais, comprovante de endereço e a metragem do espaço que vão ocupar.

No Dia de Finados, são esperadas mais de 40 mil visitantes e em média 30 vendedores ambulantes para data, números superiores a 2020. “Acreditamos que este ano teremos mais participação do que no ano passado, tanto os comerciantes quanto a comunidade, em razão da queda dos casos da covid-19, esse cenário trará mais tranquilidade para a população”, afirmou a presidente da Funamc, Núbia Marinho.

Estrutura
No Dia de Finados, o Cemitério São Lazaro contará com três tendas e cadeiras, sendo uma interna e duas externas, para abrigar os eventos religiosos tradicionais da data, banheiros químicos e bebedouros para garantir o bem-estar dos visitantes. Além disso, o local passará por reparos e higienização geral.

Os comerciantes deverão seguir protocolos de segurança contra a covid-19 e manter o distanciamento entre cada barraca e disponibilizar álcool em gel para os clientes. O uso de máscara é obrigatório e as medidas serão fiscalizadas.

Visitação
O horário de visitação será das 6 às 18 horas. Além da estrutura para receber a população, no local também haverá um espaço para aqueles que precisam regularizar ou atualizar os terrenos dos seus familiares, no cemitério.

A comunidade irá contar com o suporte da Funamc, Secretarias de Infraestrutura, da Saúde e também com o apoio de equipes da PM (Polícia Militar), Corpo de Bombeiros e ASTT (Agência de Segurança, Transporte e Trânsito). (Giovanna Hermice / Foto: Marcos Sandes)

Continue lendo

Tocantins

SEBRAE realiza inventários turísticos dos municípios tocantinenses

Publicado

em

O Sebrae Tocantins iniciou neste segundo semestre o levantamento do inventário turístico de 57 municípios tocantinenses. Esta ação faz parte do Cidade Empreendedora, um projeto do Sebrae Nacional que busca o desenvolvimento dos municípios. No Tocantins, os inventários estão sendo feitos em parceria com as prefeituras e a Agência de Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa do Estado (Adetuc). As informações coletadas irão subsidiar a elaboração do planejamento turístico destes municípios, preparando-os para ver e ter o turismo como fonte de geração de emprego e renda e desenvolvimento econômico local.

O superintendente do Sebrae, Moisés Gomes, afirma que a elaboração do documento é um grande avanço para estruturar e fortalecer o turismo no Tocantins. “Com a preservação das riquezas naturais, o turismo torna-se uma fonte de renda e isso aquece a economia local. Quando viajamos, nós buscamos conhecer lugares, provar sabores e, sobretudo, viver novas experiências”, enfatizou Gomes, acrescentando que em breve será feito o lançamento oficial da Publicação dos Inventários Turísticos.

A gerente da Unidade de Relacionamento Institucional, Magvan Botelho, informou que as melhores empresas no mercado, especializadas em levantamento de dados e potencial turístico, foram contratadas para a realização dos inventários nos municípios. Ele explicou que esse trabalho é essencial para promover as transformações necessárias pelo eixo do turismo no Estado. “Os inventários representam condições preparatórias para o alcance de resultados e metas pré-estabelecidas”, disse.

Todas as empresas do trade do turismo nos municípios, como locais de atração cultural, bares, restaurantes, hotéis, comércio do ramo de alimentos e bebidas, bancos, oficinas mecânicas, atendimento em saúde, estrutura de receptivo fazem parte dos inventários. O analista do Sebrae, Gilberto Noleto ressaltou que “uma das etapas essenciais para o desenvolvimento do turismo é conhecer tudo o que o destino turístico pode oferecer”.

Cidade Empreendedora

O Cidade Empreendedora é um programa de transformação econômica dos municípios voltado para a gestão pública e lideranças locais, que tem o objetivo de desenvolvimento socioeconômico local, por meio da implantação de políticas públicas e ações para melhoria do ambiente de negócios, no fomento ao empreendedorismo e na promoção da competitividade empresarial.  As ações de turismo estão alinhadas com o eixo estratégico do programa, que é o Marketing Territorial e Setores Econômicos. (Assessoria de Imprensa do Sebrae Tocantins)

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze