- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_img
sábado, 13 / julho / 2024

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Programa Jovem Trabalhador realiza mutirão de inscrições na AGROTINS

Mais Lidas

Com três mil vagas distribuídas nos 139 municípios tocantinenses, o Programa Jovem Trabalhador promove uma força-tarefa de divulgação e cadastros na Feira Agrotecnológica do Tocantins (Agrotins). As inscrições são feitas pelo site jovemtrabalhadorto.org.br

Com um estande no local, a equipe do Programa está efetuando inscrições em tempo real e tirando dúvidas sobre a iniciativa, que é realizada pelo Governo do Tocantins, por meio da Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Social (Setas) e conta com a parceria da Rede Nacional de Aprendizagem, Promoção Social e Integração (Renapsi).  

“Em dois dias de ação o número de inscritos aumentou consideravelmente. É uma oportunidade também de divulgar o programa para os jovens do interior do Tocantins que estão visitando a feira através das caravanas. Temos vagas para os 139 municípios, considerando como prioridade a contratação de jovens ribeirinhos, indígenas, quilombolas, dando uma oportunidade para que esses jovens tenham acesso ao primeiro emprego”, explicou a gerente do Polo Tocantins, Patrícia Lucena.  

O atendimento é realizado pelos colaboradores da Renapsi no estande da Setas, localizado próximo ao restaurante da feira. A ação acontece até a manhã deste sábado, 20. 

Integração

Além de promover as inscrições do Programa Jovem Trabalhador, a Renapsi também aproveitou a realização da Agrotins para a integração de jovens aprendizes de outros programas da instituição. Durante visita à feira, os jovens tiveram contato com novas tecnologias do agro, iniciativas do meio ambiente e uma experiência com a equipe da Robótica Palmas.  

“Para mim hoje é maravilhoso porque eu tenho interesse na área de Agronomia, foi bem interessante conhecer as máquinas, como é que funciona. Acho que vai me ajudar muito. Sobre o robô, a gente vê que a tecnologia hoje está muito presente na nossa vida, e futuramente vai estar mais ainda. Eu acho muito legal, muito interessante, porque no passado era quase impossível a gente imaginar um robô dançando, interagindo. Acredito que os jovens devem buscar os seus sonhos e oportunidades como eu fiz, e hoje estou aqui”, afirmou a jovem Maria Luiza Alves.  

Para fazer a inscrição no Programa Jovem Trabalhador é necessário ter entre 16 e 21 anos, ter renda familiar de até dois salários mínimos nacional ou meio salário mínimo per capita, ou inscrição no CadÚnico. É preciso ainda que o jovem esteja cursando o ensino fundamental ou médio (ou já ter concluído o ensino médio) e ser ou ter sido estudante da rede pública ou bolsista 100% de rede particular. (Izabela Martins)

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Últimas Notícias