Um idoso de 105 anos foi a mais nova vítima de um ataque de raposa em Caxias, a 360 km de São Luís. Nos últimos meses foram registrados outros ataques de raposas contra animais e humanos. Esse é o décimo ataque de raposas registrado em 2019.

Segundo o diretor da Unidade de Vigilância de Zoonoses de Caxias (UVZ), Natanael Reis, a principal preocupação da equipe de vigilância de zoonoses é por causa da raiva, que é uma doença transmitida principalmente por alguns animais e se não for tratada pode matar.

Em uma amostra de um dos animais enviada para uma análise em São Luís, a doença foi confirmada. De acordo com o diretor da UVZ/Caxias, o estado e o município fizeram uma força tarefa para identificar as causas da contaminação.

“Nós estamos aguardando que eles cheguem aqui para fazer a capacitação de todos nós, inclusive, reunindo atores dessa regional de saúde”, finalizou.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.