Connect with us

Bastidores

Receita libera hoje consulta a restituição do Imposto de Renda

Publicado

em

A partir das 10h desta segunda, 24, o contribuinte que entregou a Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física no início do prazo saberá se vai receber dinheiro do Fisco ainda este mês. Nesse horário, a Receita Federal libera a consulta ao primeiro dos cinco lotes de restituição de 2021.

Será o maior lote de restituição da história, tanto em valor desembolsado quanto em número de contribuintes. Ao todo, 3.446.038 contribuintes receberão R$ 6 bilhões.  Desse total, R$ 5.548.337.897,41 serão pagos aos contribuintes com prioridade legal, sendo 96.686 idosos acima de 80 anos, 1.966.234 entre 60 e 79 anos, 127.783 contribuintes com alguma deficiência física, mental ou doença e 891.421 contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.

O restante do lote será destinado a 263.914 contribuintes não prioritários que entregaram declarações de exercícios anteriores até 28 de fevereiro deste ano. 

O dinheiro será pago em 31 de maio. A consulta pode ser feita na página da Receita Federal na internet. Basta o contribuinte clicar no campo “Meu Imposto de Renda” e, em seguida, “Consultar Restituição”. A consulta também pode ser feita no aplicativo Meu Imposto de Renda, disponível para os smartphones dos sistemas Android e iOS.

A consulta ao site permite a verificação de eventuais pendências que impeçam o pagamento da restituição – como inclusão na malha fina. Caso uma ou mais inconsistências sejam encontradas na declaração, basta enviar uma declaração retificadora e esperar os próximos lotes.

Calendário

Inicialmente prevista para terminar em 30 de abril, o prazo de entrega da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física passou para 31 de maio por causa da segunda onda da pandemia de covid-19. Apesar do adiamento, o calendário original de restituição foi mantido, com cinco lotes a serem pagos entre maio e setembro, sempre no último dia útil de cada mês.

A restituição será depositada na conta bancária informada na Declaração de Imposto de Renda. Se, por algum motivo, o crédito não for realizado, como no caso de conta informada desativada, os valores ficarão disponíveis para resgate por até um ano no Banco do Brasil.

Nesse caso, o cidadão pode reagendar o crédito dos valores de forma simples e rápida pelo Portal BB, ou ligando para a Central de Relacionamento BB por meio dos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos). (Wellton Máximo)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bastidores

Centro de acolhimento de animais e convênio para hospital veterinário são pautas defendidas por Janad Valcari

Publicado

em

A presidente da Câmara de Palmas, vereadora professora Janad Valcari, apresentou dois requerimentos que reivindicam da prefeitura de Palmas a implantação de um centro de acolhimento de animais, além do estabelecimento de condições para a formação de convênio entre o município e Hospitais veterinários. Os requerimentos foram apresentados em regime de urgência.

“Basta andarmos pelas ruas da capital que é de cortar o coração a quantidade de animais em situação de rua que encontramos. Esses animais acabam por se tornar um risco para a saúde pública e é dever da gestão olhar também para essa questão”.

Janad ainda enfatizou que a criação do centro de acolhida poderá ser realizado com apoio da comunidade e das ONG’s que atuam em Palmas. “De forma conjunta podemos abrigar esses animais até a chegada de um novo lar. Além disto, o convênio com Hospitais veterinários dará ao município condições de tratar da saúde destes bichos e assim evitar problemas sanitários na capital que podem se agravar”. (Wemerson Lima / Foto: Chico Sisto)

Continue lendo

Bastidores

Laurez se aliou ou “tomou” o AVANTE de Eduardo Gomes?

Publicado

em

Ex-prefeito de Gurupi e pré-candidato a governador, Laurez Moreira, anunciou nesta quarta, 15, sua entrada no partido AVANTE. Ele deixou a alguns dias o PSDB. A oficialização da filiação será feita em um evento no auditório da Assembleia Legislativa, em Palmas, no dia 23 de setembro, com a promessa da presença de líderes nacionais da legenda, como o presidente nacional, Luís Tibé.

Até aí, tudo bem. A dúvida que surgiu após o anúncio, é se Laurez se alinhou com o senador Eduardo Gomes (MDB) ou “tomou” o AVANTE. O partido é no Tocantins, uma legenda satélite da estrutura política de Gomes, que tinha no comando o seu irmão e vice-prefeito de Palmas, André Gomes, que foi presidente estadual até julho de 2018, quando colocou em seu lugar, o então secretário geral, Manoel Davi Gomes de Melo, que ficou à frente oficialmente da sigla, até 31 de julho, quando a Comissão Provisória até então, permanece não vigente.

Continue lendo

Bastidores

Lei proíbe a cobrança de valor mínimo em compras no cartão de crédito e débito no Tocantins

Publicado

em

Nesta quarta-feira, 15, é celebrado o Dia do Cliente. Na data, a deputada estadual Luana Ribeiro (PSDB), relembra leis de sua autoria que asseguram os direitos dos consumidores tocantinenses como a lei que proíbe a cobrança de valor mínimo nas compras no cartão de crédito e débito.

A Lei n° 3.779/21 veda a exigência de valor mínimo para compras com cartão de crédito ou débito em estabelecimentos comerciais do Tocantins e o descumprimento sujeita ao infrator o pagamento de multa. A prática é considerada um ato abusivo pelo Código de Defesa do Consumidor.

Para a deputada, a lei garante o direito de escolha do consumidor no ato da compra. “Os estabelecimentos comerciais acabam exigindo que seja feita a compra a partir de um valor mínimo e isso muitas vezes gera um desconforto para o consumidor. A Lei vem para proibir ações como essa e também para garantir que o consumidor pague o valor da compra do produto, sem adicionais”, explicou a deputada.

Confira abaixo outras leis que asseguram o direito do consumidor que são de autoria da deputada Luana Ribeiro.

Água Filtrada

A Lei n° 3.133/16 obriga bares, restaurantes e estabelecimentos similares a servirem água filtrada de forma gratuita aos clientes e os estabelecimentos devem afixar cartazes informando sobre a gratuidade de agua potável filtrada disponível no local.

Combustível

Já a Lei n° 3561/20 estabelece medidas de proteção ao consumidor quanto à compra de combustível, estabelecendo que a divulgação seja feita de forma clara, que diferencie preços de pagamento à vista dos preços para pagamento a prazo.

Estacionamento

Por fim, a Lei n° 3.708/20 dispõe sobre a proibição do uso de placas informativas, impressão em bilhetes ou em cupons, em estabelecimentos comerciais ou estacionamentos privativos da frase: não nos responsabilizamos por danos materiais ou objetos deixados no interior do veículo. (Lays Pimentel)

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze