Connect with us

Pará

REDENÇÃO: Recomendação foi expedida para órgãos providenciem ações de combate a crimes ambientais

Publicado

em

A promotora de Justiça de Redenção, Lorena Barbosa de Miranda, em exercício da 3ª e 4ª Promotoria, reuniu na última quinta (19) com representantes de órgãos públicos para tratar da identificação dos focos de queimadas e outros crimes ambientais que ocorrem nos municípios abrangidos pela Região Sudeste II. Na ocasião foi expedida Recomendação às autoridades e requisitada a atuação da Delegacia de Crimes Ambientais, Exército, Polícia Militar, Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Corpo de Bombeiros, em áreas específicas e de difícil acesso, por serem locais de conflitos agrários.

A Recomendação expedida e direcionada a diversos órgãos públicos objetiva a adoção de medidas destinadas a assegurar a função socioambiental dos imóveis rurais nos quais foram detectados o aumento do índice de desmatamento associados ou não a queimadas nos municípios que integram a 5ª Região Agrária do Estado do Pará.

Nota Técnica do Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (Ipam), de agosto de 2019, mostra que no Pará o número de queimadas atual é apenas 7% menor que o observado em 2017, quando o período de estiagem foi duas vezes mais severo do que o deste ano.

“É de conhecimento público a ocorrência do aumento do desmatamento e de incêndios na Amazônia com importante contribuição do Estado do Pará, sendo esse fato público e notório que envergonha não apenas a sociedade paraense, mas o país como um todo, que vê seu patrimônio nacional ser destruído de forma trágica”, afirma a promotora Lorena Miranda na recomendação.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Pará

MARABÁ: Um dia após comemorar aniversário, marido mata esposa e se suicida

Publicado

em

Gledson Marcelo Pereira Alves, de 36 anos, monitor no Centro de Internação de Adolescente Masculino (Ciam), matou a esposa, Charlene da Silva Oliveira, de 32 anos e logo em seguida se matou. O fato aconteceu na própria residência do casal, na Rua Marabá, bairro Santa Rosa, em Marabá, na região de Carajás, por volta de 19 horas, desta quinta, 28.

Para efetuar a ação, Gledson usou um revólver 38.

Segundo informações da Polícia a vizinhança não soube informar que o casal era violento. Gledson havia comemorado aniversário no dia anterior.

A motivação do bárbaro homicídio, seguido de suicídio, ainda será esclarecido pelo Departamento de Homicídios da 21ª Seccional Urbana.

Continue lendo

Pará

Pará vai receber R$1,345 bilhão de auxílio financeiro

Publicado

em

O presidente da República sancionou, nesta quinta-feira (28), lei que garante auxílio financeiro da União a estados e municípios como forma de reduzir os impactos causados pela pandemia do coronavírus. A União vai transferir R$ 60 bilhões aos estados e municípios, divididos em quatro parcelas. Deste total, R$ 50 bilhões representam compensação pela queda de arrecadação e R$ 10 bilhões são destinados às ações de saúde e assistência social.

O Pará vai receber R$ 1,345 bilhão, sendo R$ 249 milhões destinados especificamente as ações de saúde. De acordo com o secretário da Fazenda do Pará, René de Sousa Júnior, o Estado deve ter, nos próximos seis meses, despesas emergenciais em torno de R$1,5 bilhão. A maior parte destes investimentos serão nas áreas da saúde e da educação, para enfrentar os efeitos da pandemia. 

Investimentos – Os recursos serão utilizados para manter os quatro hospitais de campanha em funcionamento, abrir quatro novos e manter o funcionamento das oito unidades, garantindo a montagem da estrutura, compra de equipamentos, medicamentos e Equipamentos de Proteção Individual (EPIs); além da contratação de Organização Social para administrar os hospitais; e o reaparelhamento das unidades públicas já existentes, para que possam ampliar a capacidade de atendimento e, por fim, garantir o vale alimentação para os estudantes das escolas públicas.

O projeto sancionado pelo presidente da República também suspende o pagamento das dívidas de estados e municípios com a União, inclusive os débitos previdenciários parcelados pelas prefeituras que venceriam este ano. Com isso, um valor de R$ 337 milhões, que seria pago de março a dezembro, referentes a dívidas com a União e com bancos, terá o pagamento postergado. (Ana Márcia Pantoja)

Continue lendo

Pará

PARAUAPEBAS: Obras no viaduto seguem no cruzamento PA-160 e PA-275

Publicado

em

As obras na área do viaduto que passa pelas rodovias PA-160 e PA-275 seguem rapidamente para construção do projeto que irá deixar a cidade com visual mais bonito e o trânsito de veículos e pedestres bem mais organizado.

Depois de tirar as vigas de aço, as equipes trabalham na retirada do concreto e parte do aterro.

O trânsito no local está interditado, e os motoristas estão usando rotas alternativas.

Além de organizar o trânsito, a área vai receber nova pavimentação asfáltica, cruzamento com semáforo, arborização, ciclovias, canteiros, novo sistema de drenagem, calçadas em ladrilho hidráulico e blocos intertravados.

O projeto ainda abrange um conjunto de serviços, como a construção de uma ponte na PA-160, ao lado do posto próximo ao viaduto, a construção de ciclovia e canteiro central também na PA-160, no trecho compreendido entre a entrada do bairro Amazônia até a avenida dos Ipês.

Continue lendo
publicidade