Connect with us

Bico do Papagaio

Responsáveis por acampamentos no Araguaia devem assinar Termo de Compromisso

Publicado

em

Na temporada de praia 2016, no Bico do Papagaio, além da licença da praia, os visitantes que gostam da atividade de pesca precisam estar atentos às suas licenças. E neste ano, a equipe de fiscalização do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) está percorrendo os acampamentos e colhendo a assinatura do responsável pelo grupo em um Termo de Compromisso Ambiental.

A ação foi iniciada as margens do rio Araguaia, no município de Araguacema, na última quinta-feira, 7, durante a operação de sensibilização dos visitantes. O objetivo é colaborar para segurança dos cidadãos e a proteção do meio ambiente. Com a assinatura do Termo, o responsável pelo grupo acampado assume o compromisso de manter a limpeza do local e a remoção da estrutura montada, para entrega do espaço da mesma forma que recebeu, no momento de sua partida.

Outra finalidade é alertar o visitante das orientações, que não devem ser esquecidas, quando o cidadão entra em contato com a natureza, para evitar a aproximação de animais silvestres, como a limpeza de pescado próximo a áreas de banho e a alocação inadequada de restos de alimentos ou do lixo produzido, que podem ser atrativos de todo tipo de espécie silvestre.

No Bico do Papagaio, três municípios devem receber a fiscalização dos agentes do Naturatins, em acampamentos familiares para a assinatura do Termo: Araguatins, Xambioá e Esperantina.

Mesmo na temporada de praia, outras operações de fiscalização continuam sendo realizadas, como o uso de recursos naturais, o desmatamento de matas ciliares, o uso do fogo, além da captura e tráfico de animais silvestres e o transporte ilegal de pescados.

Tempo de férias

Na temporada de férias, outra opção de lazer bastante procurada são os parques, com várias atividades que incentivam a presença de visitantes. Equipes esportivas buscam essa opção para realização de corridas de trilhas de ciclismo, competições de atletas que praticam corrida nas serras, com uma programação variada. Algumas unidades recebem comitivas de apoio voluntário.

No Bico do Papagaio, é período de calor, seca e fortes ventos. Tanto em acampamentos nas praias, como próximo aos parques e serras é necessário estar atento.  Além da equipe que vem atuando na renovação do Protocolo do Fogo junto aos municípios, técnicos percorrem municípios, com oficinas de sensibilização, formando grupos de vigilantes ambientais voluntários, dentro das comunidades.

O Naturatins publicou, em junho, no Diário Oficial do Estado nº 4.639, a Portaria/Naturatins nº 162/2016, que determina a suspensão da emissão e vigência das autorizações ambientais de queima controlada, até 30 de outubro, deste ano.

Mas para o Instituto, a atitude que vai fazer a diferença é a do cidadão. Para informar irregularidades ou crime ambiental, qualquer pessoa pode usar o canal sigiloso e gratuito do Naturatins, ligando para o Linha Verde 0800 63 1155. (Com informações de Fábio Gamba)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

AXIXÁ: Licitação para obras de segurança viária no povoado Grotão é iniciada

Publicado

em

Com os objetivos de eliminar o risco de atropelamento de crianças e da população em geral e ampliar a segurança viária na comunidade do Grotão, às margens da rodovia TO-201, no Bico do Papagaio, o Governo do Tocantins iniciou a licitação para execução de diversas obras no local.

A licitação é para cumprimento das atribuições da Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto). A concorrência está aberta a todos os concorrentes oriundos de países elegíveis do Banco Mundial.

Os recursos são provenientes do Programa de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável (PDRIS). O projeto tem prazo de execução de seis meses, por empreiteira que vencer a licitação. O projeto está sendo citado pelo Banco Mundial como um modelo a ser replicado em outras localidades e até em outros países.

As obras são de terraplenagem, pavimentação asfáltica, drenagem, sinalização vertical e horizontal, jardinagem, acessibilidade, mobilidade urbana e quiosques no Povoado Grotão, município de Axixá, além de execução das especificações técnicas ambientais e sociais.

Projeto

A região do Bico do Papagaio tem a característica de vários aglomerados que se formaram às margens das rodovias. As estradas levam desenvolvimento para a região, mas as pessoas vêm para as suas margens, dando origem aos povoados. O projeto é de grande importância socioeconômica para a comunidade do povoado Grotão.

De acordo com o projeto, serão construídas lombofaixas, acessos laterais, calçadas, pontos de ônibus e vans em recuo com rampas de acesso e cobertura, oito quiosques, ruas do tipo marginal a rodovia, defensas metálicas em pontos estratégicos, trevo de acesso. Foram cadastrados os comerciantes de produtos locais que irão para os quiosques.

A comunidade foi ouvida por meio de duas audiências públicas e, após a elaboração do projeto, este foi apresentado e aprovado pela população do povoado. Ou seja, houve indicações de locais mais adequados para parada de vans e ônibus e demais sugestões da comunidade foram acatadas.

“Foi efetuado um diagnóstico envolvendo 10 povoados do Bico do Papagaio, devido às obras do Banco Mundial de restauração de rodovias tipo Contratos de Restauração e Manutenção (Crema). O povoado Grotão foi escolhido, pois tinha múltiplos problemas com a segurança viária. Nesta rodovia, já foram registrados acidentes, relacionados com a travessia do povoado Grotão. Neste sentido, o projeto busca reduzir os acidentes para uma melhor convivência entre a comunidade do povoado e usuários da rodovia estadual”, afirmou a diretora de Engenharia de Tráfego e Segurança Rodoviária da Ageto, Lucia Leiko.

São obras de um projeto-piloto de segurança rodoviária destinada à travessia de povoados e centros urbanos. Segundo a secretária da Infraestrutura e presidente da Ageto, Juliana Passarin, “os riscos de acidentes no local são devidos aos acessos irregulares à rodovia, tipo gato por veículos. Paradas de van e ônibus dentro da rodovia sem acessibilidade à comunidade. Comércio de produtos locais no acostamento da via que é de alta velocidade. Falta de calçadas e defensas metálicas para proteção”, declarou.

As obras de melhorias devem ser entregues ainda este ano. Existe a possibilidade de que o modelo adotado no Tocantins seja utilizado pelo Banco Mundial em outros países. (Luzinete Bispo)

Continue lendo

Bico do Papagaio

XAMBIOÁ: Homem é encontrado morto no meio da rodovia

Publicado

em

Um homem identificado como Silvan de Sá Silva, de 31 anos, foi encontrado morto nno km 25 da TO-164, na zona rural do município de Xambioá. A suspeita é que ele tenha sido vítima de atropelamento e arremessado a vários metros de distância.

O homem estava caído no meio da rodovia, na manhã desse domingo (18). A vítima apresentava um corte na cabeça com afundamento no crânio e havia muito sangue espalhado na pista.

A Polícia Científica realizou os trabalhos periciais a fim de desvendar o que realmente ocorreu no local.

O tio da vítima disse à polícia que esteve com Silvan no período da tarde ingerindo bebida alcóolica no Assentamento Grota do Lage. Depois, eles foram para a cidade de Araguanã. Contudo, já no período da noite, volta das 21h, Silvan teria pedido a motocicleta do tio emprestada para sair com uma garota não identificada. 

Um funcionários de uma empresa disse que passou pelo local do acidente por volta das 22 horas de sábado (17) e viu uma motocicleta estacionada com duas pessoas ao lado do veículo, mas não soube informar se uma delas era a vítima.

A motocicleta estava a uns 50 metros de distância do corpo, e apresentava alguns danos. Também havia dois capacetes e um par de sandálias. (AF Notícias)

Continue lendo

Bico do Papagaio

TOCANTINÓPOLIS: 5ª CIPM troca de comando

Publicado

em

Nesta segunda, 19, a 5ª Companhia Independente da Polícia Militar (5ª CIPM), sediada em Tocantinópolis, no Bico do Papagaio, mudou de comando, em solenidade realizada na sede do órgão.

O evento contou com a participação de poucos militares e de funcionários civis da unidade, por conta das restrições das medidas de enfrentamento a Covid-19.

O novo comandante da 5ª CIPM , capitão José Carlos Costa Abreu, assumiu o comando da unidade militar no lugar do major Tirello que, na oportunidade, agradeceu a todos que contribuíram para o bom andamento da missão policial militar em seus 16 messes que esteve à frente da Companhia Independente.

O novo comandante da Unidade, disse que assume com o compromisso de trabalhar pela população, buscando solução para os eventuais problemas e assim, levando uma maior sensação de segurança aos dez municípios que compõe a Companhia.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze