A Justiça permitiu que o pai do ex-governador Marcelo Miranda, Brito Miranda, possa sair de casa a noite e aos finais de semana. Desde setembro ele cumpria medidas restritivas mais duras, após ser preso na Operação 12º Trabalho foi deflagrada pela Polícia Federal.

A decisão é do juiz federal substituto João Paulo Abe, da 4ª Vara Federal Criminal da Justiça Federal em Palmas.

Marcelo Miranda e seu irmão Brito Júnior, continuam presos em Palmas.

Brito queria o direito de visitar os filhos na prisão, em uma sala especial, a Justiça negou o pedido, mas autorizou as visitas dentro dos procedimentos normais, inclusive sendo revistado.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.