Connect with us

Bico do Papagaio

Reunião pede agilidade em pavimentação da TO-126 que liga Tocantinópolis à Itaguatins

Publicado

em

25238

Um convite para uma reunião de trabalho entre deputados estaduais e representantes da Fundação Nacional do Índio (FUNAI), Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (IBAMA) e do Governo do Tocantins é o principal encaminhamento resultante da audiência pública, realizada até o início da noite desta terça-feira, dia 17, na Assembleia Legislativa. Ao final do evento, o presidente da Comissão de Administração, Trabalho, Defesa do Consumidor, Transportes e Desenvolvimento Urbano e Serviço Público, deputado Marcello Lelis (PV), anunciou que um requerimento com este teor será apresentado ainda nesta semana.

A ideia é agilizar a pavimentação da TO-126, estrada que liga os municípios de Tocantinópolis e Itaguatins, e que passa por Maurilândia. No entanto, de acordo com o secretário de Infraestrutura do Estado, Kaká Nogueira, um trecho de 36 km da obra passa pela reserva indígena Apinajé e requer um lento e complicado processo burocrático para ser autorizada.

25239

Presentes ao evento, líderes indígenas mostram-se favoráveis à construção da estrada, bem como os prefeitos das cidades atingidas. Mas a discussão entre o secretário Kaká e representantes da FUNAI deixou claro que o problema é a falta de entendimento entre os órgãos públicos do Tocantins e da União. Apesar de ter sido convidado, o IBAMA sequer enviou representante à audiência.

Segundo Kaká, a Agência de Máquinas e Transportes do Estado (AGETRANS) enviou, em maio de 2011, um termo de referência (documento que deve constar na contratação de obra ou serviço) ao IBAMA com recomendações da FUNAI. A resposta, ainda segundo Kaká, veio apenas em março de 2013, com novas recomendações de mudança do traçado da obra que, para o secretário, é inviável.

Já o outro trecho da estrada que liga Maurilândia a Itaguatins está com suas obras paradas devido a problemas judiciais. O secretário informou que a construção da rodovia já estava licitada e em operação, mas que uma fiscalização do Tribunal de Contas do Estado (TCE) constatou sobrepreço de R$ 14 milhões e recomendou o cancelamento do contrato.Vencido o prazo de notificação da empresa, a AGETRANS abriu novo processo licitatório. No entanto, este se encontra suspenso graças a uma liminar concedida pela Justiça à empreiteira fiscalizada pelo TCE que alegou não ter sido notificada da decisão. O secretário estima que, ainda nesta semana, a liminar seja derrubada na Justiça e a licitação, retomada. (Glauber Barros/Fotos: Benhur de Sousa)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
5 Comments

Bico do Papagaio

ESPERANTINA: Corpo de homem é encontrado em pista de pouso degolado e com braços cortados

Publicado

em

Um corpo, sem a cabeça e os dois braços, foi encontrado pela Polícia Militar, na pista do aeroporto, município de Esperantina, no Bico do Papagaio, na noite desta sexta-feira (30). Segundo a PM, a vítima também tinha cerca de 40 perfurações provavelmente provocadas por faca.

A PM chegou até o local por volta das 23h26, após receber informações de moradores que viram o corpo caído ao chão. A suspeita é que a vítima seja um jovem, de 19 anos.

Segundo a polícia, os dois braços do jovem foram cortados na altura dos cotovelos. A vítima estava sem os documentos, mas foi reconhecida por amigos. A mãe que mora em Imperatriz também fez o reconhecimento, através de fotos.

A perícia foi acionada para ir ao local e recolher as provas. O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal.

Continue lendo

Bico do Papagaio

Com emenda de Vicentinho Júnior, Codevasf autoriza início de obras de pavimentação em municípios do Bico

Publicado

em

Vicentinho Júnior durante reunião no final de setembro com o presidente da Codevasf para tratar do início das obras

A partir da próxima semana, a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), inicia no Bico do Papagaio obras de pavimentação em cinco municípios. Com investimentos de R$ 10 milhões, frutos de emenda parlamentar do deputado federal Vicentinho Júnior (PL), a ordem de serviço foi assinada nesta quinta-feira, 29, pelo diretor de área de revitalização de bacias hidrográficas da Codevasf, Davidson Tolentino de Almeida.

Com um total de 122.655km de pavimentação em blocos, as obras serão executadas em Luzinópolis, Sampaio, Sítio Novo, Itaguatins e São Miguel e beneficiará mais de 35 mil pessoas. Ao comemorar a assinatura da Ordem de Serviço, Vicentinho Júnior destacou que este é um momento muito especial. “Estou muito contente com esta obra. Ela cumpre várias funções, pois além de melhorar na infraestrutura dos municípios e atender os anseios da comunidade, vai gerar emprego e movimentar a economia na Região do Bico do Papagaio. É uma oportunidade que pais e mães de família terão para levar o sustento a suas casas”, festejou o parlamentar.

Representante da Codevasf no Tocantins, o ex-deputado Homero Barreto agradeceu o deputado pela ação. “Hoje, nossos municípios enfrentam a crise econômica. O início dessas obras de pavimentação em blocos vai gerar mais de mil empregos diretos. E é isso que queremos, que os nossos municípios se desenvolvam e a população tenha condições de trabalho. Só tenho a agradecer e parabenizar o deputado Vicentinho Júnior por trabalhar levando recursos a todos os municípios do Tocantins”, concluiu Barreto.

Prazos

Conforme o contrato de Ordem de Serviço, a empresa responsável pela obra tem até 12 meses, a partir do dia 03 de novembro, para concluir os 122.654m² de pavimentação em bloquete.

Continue lendo

Bico do Papagaio

AUGUSTINÓPOLIS: Nove pessoas suspeitas de tráfico de drogas, corrupção de menores e receptação são presas

Publicado

em

Uma ação conjunta entre as Polícias Militar e Civil realizada na tarde dessa sexta-feira, 30, resultou na condução de nove pessoas, de 18 a 24 anos e três menores entre 15 e 16, à Central de Flagrantes em Araguatins, acusadas de envolvimento com o tráfico interestadual de drogas, corrupção de menores e receptação, no centro da cidade de Augustinópolis, no Bico do Papagaio.

O resultado da operação foi fruto de investigações iniciadas pela PC que identificou um dos autores presos, 22 anos, morador de São Miguel do Tocantins, como sendo o principal fornecedor de drogas para traficantes de Augustinópolis, que acabaram presos durante a ação das Polícias.

O traficante estava em um veículo Fiat Pálio e vinha de Imperatriz-MA quando foi abordado pela PM assim que entrou na cidade de Augustinópolis. Além do autor, mais dois suspeitos que também estavam no veículo acabaram presos. No interior do carro os policiais localizaram 100 gramas de cocaína, dois centos de embalagem plástica, própria para armazenamento da droga, um aparelho celular roubado, além de R$ 160,00 em espécie.

Com a prisão do autor acusado de ser o fornecedor dos entorpecentes, os policiais chegaram até aos demais envolvidos na ação criminosa. Na residência dos acusados de revenderem a droga, as forças de segurança aprenderam dinheiro, “dolas” de maconha, pedras de crack, uma balança de precisão, papéis alumínio e insulfilme. Os responsáveis pelas residências, onde algumas delas funcionavam como ponto de venda de droga, conhecida por “boca de fumo”, onde foram apreendidos os objetos, acabaram presos acusados de associação ao tráfico. No quintal da casa do principal traficante, os policiais apreenderam tabletes de maconha pesando aproximadamente meio quilograma.

Ao todo, os policiais apreenderam quase R$ 600,00 reais em espécie, mais de meio quilo de maconha, 100 gramas de cocaína, aproximadamente 35 pedras de crack, seis aparelhos celulares, dentre outros materiais ligados ao tráfico. Os objetos apreendidos juntamente com os suspeitos e menores foram entregues ao plantão na Central de Flagrantes para as providências legais cabíveis.

Continue lendo
publicidade Bronze