Connect with us

Pará

RIO MARIA: Polícia Civil investiga fraudes para recebimento ilegal do seguro DPVAT

Publicado

em

A equipe da Polícia Civil cumpriu mandado de busca e apreensão, nesta quarta, 4, em Rio Maria, na região de Carajás, no estado do Pará, na sede de um escritório denominado “Resolve Assessoria DPVAT”, localizado na sede do município. O local é alvo de investigação sobre crimes de adulteração, contrafação (falsificação de documento público) e supressão de dados em documentos para recebimento de forma irregular do seguro DPVAT (Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres). Na ação policial, coordenada pelo delegado Carlos César Silva, e pelos investigadores Dhian e Couto, foram apreendidos vários documentos, além de um computador.

“Tudo será analisado pelos investigadores, com a finalidade de instruir os procedimentos inquisitórios instaurados e subsidiar as investigações”, detalha o delegado. A ordem de busca e apreensão foi expedida pelo juízo da Comarca de Rio Maria, após solicitação do delegado. Ele ressalta que as investigações foram iniciadas após recebimento de ofícios vindos da Diretoria de Polícia do Interior (DPI) e da Divisão de Investigações e Operações Especiais (DIOE) da Polícia Civil. Nos documentos, detalha o policial civil, eram noticiados fatos que apontavam para fraudes no seguro DPVAT em Rio Maria.

Diante disso, foi colocada em prática a operação intitulada de Ressurreição, já que, em uma das fraudes, ocorreu a falsificação da uma Certidão de Óbito. “O documento falso atestava a morte de uma pessoa que encontra-se viva, com o intuito de recebimento da indenização por morte. Além da contrafação da certidão de óbito, houve ainda a falsificação de uma requisição de exame cadavérico, adulterando, inclusive a assinatura da autoridade policial no documento”, detalha. As investigações continuam para apurar os crimes e identificar os responsáveis pelas práticas criminosas.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Pará

REDENÇÃO: Operação Seguro Fake apura fraudes em benefícios do seguro desemprego

Publicado

em

A Polícia Federal deflagrou nesta manhã de terça, 1, a Operação Seguro Fake II, que visa apurar esquema de fraudes ao seguro desemprego, e outros benefícios sociais, no Pará.

Foram cumpridos 16 mandados de busca e apreensão, expedidos pela 4ª Vara Federal da Seção Judiciária de Belém, a maioria deles relacionados a alvos localizados na cidade de Redenção/PA, sendo um dos  mandados cumprido em Palmas/TO. A Justiça determinou também a indisponibilidade de bens de quatro alvos, para fins de ressarcimento dos prejuízos causados à Fazenda Pública, que comprovadamente já ultrapassam o valor um milhão de reais.

Os crimes investigados são o estelionato previdenciário (art.171, parágrafo 3, do Código Penal), inserção de dados falsos em sistema de informação (art.313-A do Código Penal) e organização criminosa (art.2, caput, da Lei n° 12850/2013).

Continue lendo

Pará

DOM ELISEU: Mais de 106 mil latas de cerveja

Publicado

em

Equipe de fiscalização da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefa) apreendeu, na madrugada deste domingo (29), 106.656 latas de cerveja, na unidade de Coordenação de Mercadorias em Trânsito do Itinga, no município de Dom Eliseu, na região de Carajás, no estado do Pará, na divisa com o Maranhão.

A carga foi localizada em um caminhão oriundo do Centro-Oeste do Brasil com destino ao município de São Sebastião da Boa Vista, no Arquipélago do Marajó. O transportador apresentou nota fiscal incompatível com a mercadoria. A equipe de fiscalização vistoriou a carga e encontrou as latas da bebida, com valor estimado em R$ 255 mil.

O imposto e a multa totalizaram R$ 85.741,30. Com esta apreensão, a unidade de controle de mercadoria em trânsito do Itinga somou 300 toneladas de bebidas apreendidas em um ano, por

Continue lendo

Pará

Concurso da PM do Pará abre inscrição. São 2.405 vagas

Publicado

em

O Governo do Pará abriu nesta segunda-feira (30) as inscrições para o concurso da Polícia Militar. São 2.405 vagas, sendo 2.310 para praças e 95 para oficiais, com salário chegando até R$ 4.256,58.

As inscrições vão até o dia 10 de dezembro e as provas discursiva e objetiva acontecem no dia 28 de fevereiro de 2021. Para quem for concorrer para praças, o valor da inscrição é de R$ 76, e para oficiais o valor é de R$ 88. O certame é organizado pelo Instituto Ades. Veja o edital AQUI.

Continue lendo
publicidade Bronze