Dois policiais federais aposentados foram condenados pela Justiça pelos crimes de homicídio e três tentativas de homicídio, na terça feira (29), em Rio Maria, na região de Carajás, no estado do Pará. Os acusados, Pedro Alexandre de Sousa Gonçalves e Francisco Aurélio Alves de Oliveira, foram condenados a 33 anos de prisão.

O crime ocorreu em janeiro de 2001, quando os dois policiais atiraram em via pública no centro da cidade. Weder Alves da Silva, de 22 anos, foi atingido e morreu na hora. Outros três jovens foram atingidos.

De acordo com a denúncia do Ministério Público do Estado do Pará (MPPA), no dia do crime os policiais foram vistos em bares ingerindo bebida alcoólica. Em seguida, foram a um bar e perguntaram sobre um veículo tipo van, branca, que havia passado próximo à localidade. Minutos após a interrogação dos policiais, a van passou no local e os acusados dispararam em direção ao veículo em que estavam as vítimas.

Os réus foram condenados a 33 anos de reclusão, inicialmente em regime fechado, porém eles se encontram em liberdade até o trânsito em julgado, pois o juiz indeferiu o pedido do MPPA para cumprimento imediato da pena.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.