Connect with us

Bastidores

Roberto Rocha critica STF e toma dores de Roberto Jefferson

Publicado

em

O senador tucano/bolsonarista Roberto Rocha, resolveu sair de defesa do presidente nacional do PTB e mensaleiro, Roberto Jefferson, preso nesta sexta, 13, dentro do chamado inquérito da milícia digital, que é uma continuidade do inquérito dos atos antidemocráticos.

Bolsonarista convertido após chegada de Bolsonaro à presidência da República, Roberto Rocha, busca reeleição ano que vem.

Leia o que o senador disse:

Dos três poderes da República, justamente o Judiciário é aquele que historicamente tem sido o mais prudente, o mais ponderado em suas decisões. Por ser um poder com um timing diferente dos demais, que dialoga com o passado, para fundamentar suas decisões, e com o futuro, para dar garantias permanentes aos cidadãos.

Isso, infelizmente vem se transformando nos últimos tempos.


Quando vejo o Supremo Tribunal Federal, pela pena de um juiz, decretar a prisão de um agente político antes de instalar o devido processo legal, pressinto que esse caminho não conduza a bons resultados.

Que ameaças reais o presidente do PTB, representa às instituições democráticas? Por que medidas cautelares não se aplicam ao seu caso?

O STF deve ser o bombeiro constitucional da Nação. Não pode agir como incendiário, desconhecendo as ameaças de disrupção institucional que estão no ar, pelas vozes mais radicais.

Depois da prisão, qual é a escalada? Pena de morte?

Na democracia quem controla poder é poder. O povo pode dar ou tirar o poder, mas quem o controla é poder.

Quem controla um senador é o STF, não um juiz. Quem controla o ministro do STF é o Senado, não um senador.

Sou membro do Senado Federal, e para não ficar para história como omisso, estou publicando minha posição.

Nossa ordem constitucional não pode estar presa a arroubos, que podem e devem merecer punição, mas não por demonstração de força que só cabe à Constituição, jamais aos juízes.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bastidores

Jairo e Wanderley os “Pupilos do Senado”

Publicado

em

Nas últimas legislaturas, a região do Bico do Papagaio tem assistido a diminuição de sua representatividade nas casas legislativas, tanto na estadual, quanto na federal. Para se ter uma ideia, a região já chegou a contar em uma mesma legislatura, com 3 dos 8 federais e 5 estaduais. Hoje, não conta com nenhum federal e apenas 3 estaduais.

O número de candidatos de várias outras regiões, cresce na atuação por busca de votos no Bico, e os candidatos locais, não tem conseguido fazer frente.

Para 2022, além da boa condição de reeleição para Amélio Cayres (SD), Fabion Gomes (PL) e Jair Farias (MS), este último pode ir a federal, outros dois nomes tem despontado nos bastidores, como pré-candidatos de forte potencial, que somados a tendência de reeleição dos atuais, podem aumentar a representatividade do Bico do Papagaio, pelo menos na Assembleia Legislativa. Os dois personagens são: Wanderley Milhomem (PSD) e Jairo Ribeiro (MDB), considerados os “Pupilos do Senado”, no meio político.


O termo, “Pupilos do Senado” foi dado pelo explícito fato de ambos serem apadrinhados por dois senadores, Eduardo Gomes (MDB) e Irajá Abreu (PSD). Nem Jairo, nem Wanderley, escondem que terão o apoio aberto e irrestrito dos senadores. Gomes trabalha por Jairo e Irajá por Wanderley.

Líderes, vereadores e prefeitos, comentam nos bastidores, que tanto Jairo, quanto Wanderley, tem os procurado e deixado claro, que são candidatos da cota pessoal dos senadores, e estariam dentro da prioridade de apoio.

Esses mesmos líderes, afirmam também, que a dupla, já atua diretamente nos gabinetes dos dois senadores em Brasília, garimpando apoios ao projeto eleitoral de 2022.

Continue lendo

Bastidores

Deputados de Rondônia conhecem práticas no Sistema Prisional tocantinense

Publicado

em

A visita técnica cumpre o objetivo de fomentar o exemplo das práticas laborais do Tocantins no Estado de Rondônia e aprimorar o cumprimento da Lei de Execução Penal. A comitiva visitou a Assembleia Legislativa do Tocantins na manhã desta quinta, 16, e foi recepcionada pelo presidente da Casa de Leis Antônio Andrade (PSL) e pela deputada estadual Luana Ribeiro (PSDB), autora da Lei Estadual n° 3.355/18, que institui o modelo de trabalho nos presídios.

Na ocasião, o presidente da Assembleia Legislativa do Estado de Rondônia, deputado estadual Alex Redano, ressaltou que a visita representa um momento de grande valor para o seu estado. “Nós estamos aqui tendo uma verdadeira aula de gestão, tanto do trabalho Legislativo do Tocantins como do Sistema Prisional. Estar aqui e poder levar experiências positivas para implantar em Rondônia é muito importante, ” disse o presidente.


A deputada Luana Ribeiro destacou a relevância do trabalho executado pela Segurança Pública do Tocantins que hoje é reconhecido como referência para outros estados. “É muito rico receber parlamentares de outro estado, principalmente porque vieram ao Tocantins para conhecer o nosso modelo de gestão na segurança pública. O trabalho realizado hoje pelo sistema prisional é referência a nível nacional e tudo foi construído com muita luta, ” ressaltou a deputada.

Durante a recepção, o presidente da Assembleia Legislativa, Antônio Andrade, agradeceu a presença da comitiva e ressaltou a troca de experiências. “Agradeço a visita da comitiva e fico feliz em ver o modelo da segurança pública adotado pelo Governo do Tocantins servindo como modelo para ser implantado em Rondônia. Essa troca de experiências entre os estados é muito relevante”, argumentou o presidente.

Trabalho nos presídios

A Lei estadual 3.355/18 trata o trabalho do condenado como direito social de dignidade humana, com finalidade educativa e produtiva e de manutenção, por meio de prestação de serviços e remição da pena.

Universidade Estadual

Outro modelo que pode inspirar as ações do Estado de Rondônia é o ensino superior estadual. Durante a recepção na Assembleia Legislativa, o reitor da Universidade Estadual do Tocantins (Unitins), Augusto Rezende, esteve presente e apresentou para os deputados o projeto de reestruturação da universidade estadual e também de implantação do curso de Medicina no interior do estado.

Agenda oficial

A agenda oficial da comitiva iniciou nesta quinta-feira, 16, com a recepção na Assembleia Legislativa pela manhã. A tarde os deputados seguiram para a Unidade Penal de Palmas para conhecer as atividades de ressocialização desenvolvidas na unidade. A visita segue até a sexta-feira, 17, com a chegada do Governador do Estado de Rondônia, Coronel Marcos José Rocha dos Santos, que cumprirá agenda ao lado do governador do Tocantins, Mauro Carlesse.

Comitiva

Participam da visita técnica: o Presidente da Assembleia Legislativa de Rondônia, Alex Redano (PRB), o deputado estadual Cabo Jhony Paixão (Republicanos) e o deputado estadual Anderson Pereira (Pros). Junto com os deputados também vieram o procurador geral de justiça do Ministério Público de Rondônia, Ivanildo de Oliveira, o promotor Tiago Lopes e o conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Benedito Alves. (Lays Pimentel)

Continue lendo

Bastidores

PSC fará Seminário de Formação Política para Juventude

Publicado

em

Na próxima segunda-feira, dia 20, o Partido Social Cristão (PSC), presidido pelo deputado federal, Osires Damaso, realiza em Araguaína, no norte do Tocantins, o 1º Seminário de Formação Política da Juventude.

O evento busca debater sobre empreendedorismo e formação política para a juventude tocantinense.

Fique ligado
📅Dia 20 de Setembro
📌Auditório do SESC Araguaína
🕢Das 19 às 21h

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze