Connect with us

Bico do Papagaio

SÃO BENTO: Morador afirma que PM invadiu casa durante perseguição e teria efetuado disparos

Publicado

em

Um morador da cidade de São Bento do Tocantins informou que durante uma ação da Polícia Militar ocorrida no município, policiais militares teriam invadido a casa de um morador e efetuado disparos no interior da residência e outro atrás da casa.

O morador Adão Rodrigues informou que a ação aconteceu na última sexta-feira, 20, durante uma perseguição ao seu filho, o menor E.R.F. Na perseguição dois policiais teriam invadido a casa de amigos da família e efetuado dois disparos, um no interior da residência e outro fora.

O pai do menor afirmou que a confusão teve início por volta das 9 horas da noite, na praça local, onde seu filho teria encontrado com sua ex-esposa, com quem teve dois filhos, um menino de dois anos e uma menina de dois meses.

Segundo Rodrigues, ao ver E.R.F brincando com as crianças, a ex-esposa teria gritado e acionado a polícia. “Ele estava lá na praça e ela estava com as crianças e a irmã dela. Meu filho só pegou o menino e começou a brincar com ele, isso tudo porque ela não deixa ele ver nem ter contato com as crianças. Daí ela começou a fazer um escândalo mandando meu filho soltar o menino e chamou a polícia”, contou Rodrigues.

Ainda de acordo com o pai de E.R.F, a viatura da polícia chegou em poucos instantes e assustado o rapaz teria corrido e se escondido na casa de amigos que fica próximo a praça. “Ele ficou assustado com tudo aquilo, aí um amigo dele começou a gritar: corre que lá vem a polícia! Então ele correu por causa do susto”, declarou.

O pai de E.R.F criticou a ação da polícia e afirmou que a mesma se mostrou despreparada durante a ação. “Eles perseguiram meu filho, entraram na casa alheia, atiraram dentro da casa. Isso poderia ter machucado alguém” frisou Rodrigues.

Polícia teria invadido residência

O amigo da família e proprietário da casa onde E.R.F se escondeu, Maciel Leal Costa, afirmou que o menor chegou em sua residência correndo e com o susto ele teria fechado a porta imediatamente, por não saber do que se tratava.

O proprietário da casa informou, ainda, que em instantes a polícia chegou empurrando a porta e invadindo a casa. “Ele (E.R.F) entrou correndo, eu não sabia o que era, então fechei a porta. A polícia chegou, não perguntou nada, deu um empurrão na porta que quase me derrubou. Então eles invadiram minha casa, não se preocuparam com ninguém e deram um tiro lá dentro”, contou.

Ainda de acordo com Costa, o tiro que teria sido disparado por um policial  militar, acertou de raspão uma moto que estava no interior da residência e ficou alojada na parede da sala.

No momento em que a polícia entrou na casa, de acordo com Costa, estavam presentes uma cunhada e uma criança de sete anos. “Eles deram o tiro, entraram em todos os cômodos revistaram tudo e não me respeitaram. Eu falei que eles não podiam entrar na minha casa daquele jeito, mas eles nem deram importância, disseram que teve flagrante. Me humilharam”, declarou.

Menor não foi capturado

Segundo Rodrigues, depois de invadir a casa dos amigos da família a polícia seguiu em perseguição ao menor por um matagal que fica por trás das casas. Nessa busca, o já citado policial teria disparado outro tiro.

“Ao todo foram dois tiros, um na casa do pessoal e outro no mato quando eles estavam procurando o E.R.F. Inclusive esse tiro quase pegou em um cavalo que estava amarrado em uma árvore”, contou o pai do menor.

Por fim, polícia teria desistido de procurar o menor. “Quando viram que não iam encontrar ninguém, a polícia foi embora. Aí o E.R.F que estava escondido no meio do mato ligou para uns amigos que foram buscá-lo. Ele chegou em casa por volta da 1 hora da manhã”, declarou o pai.

Boletim de ocorrêcia

O proprietário da residência invadida, Maciel Costa, afirmou que registrou ocorrência contra a ação dos policiais na Delegacia Regional de Araguatins. “Estive hoje na delegacia para registrar o Boletim de Ocorrência contra a polícia. Espero que alguma coisa seja feita, a bala ainda esta lá no lugar nem peguei em nada porque o pessoal da polícia disse que viria ver”, frisou Costa.

Segundo o pai do menor, Adão Rodrigues, que também esteve na delegacia, ele ainda não registrou o Boletim de Ocorrência porque seu filho não pode comparecer na delegacia na manhã desta segunda-feira, 23, mas afirmou que voltará a Araguatins nesta terça, 24, para registrar o procedimento. “Vou voltar lá para fazer o BO, só não fiz hoje porque precisava do meu filho e ele não pode ir”. (Roberta Tum)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
23 Comments

Bico do Papagaio

AUGUSTINÓPOLIS: Conselho de Educação aprova curso de Medicina na UNITINS. Carlesse e Amélio comemoram

Publicado

em

No final da tarde desta terça-feira, 27, o Conselho Estadual de Educação aprovou, em sua 414ª Sessão Plenária, a autorização do funcionamento do curso de Medicina da Universidade Estadual do Tocantins (UNITINS), que será ofertado no campus de Augustinópolis, região do Bico do Papagaio.

O governador Mauro Carlesse (PSL) e o deputado estadual Amélio Cayres (SD), que se empenharam diretamente em todo o processo de articulação, comemoraram a decisão.

Carlesse já solicitou ao reitor da Unitins, Augusto Rezende, providências para a realização do primeiro vestibular o quanto antes.


“Temos muito o que comemorar pois é mais um sonho que aos poucos vai se tornando realidade. Em breve vamos lançar o primeiro vestibular e assim dar a oportunidade para que nossos jovens possam cursar Medicina, de forma gratuita, lembrando que 50% das vagas vão ser destinadas para alunos de escolas públicas. É uma conquista não só do Governo através da nossa universidade Estadual, a Unitins, mas de toda a comunidade tocantinense, em especial da região do Bico do Papagaio, que não vai precisar mandar o filho para fora do Estado ou até mesmo para fora do país para alcançar essa formação”, destaca o governador.

Amélio reforçou que será uma sonho e um passo de desenvolvimento para a região. “Na verdade é um grande sonho, uma grande realização poder ter participado diretamente da concretização de tudo isso. Sei que cada minuto de empenho valerá apena, porque nossa região vai experimentar um desenvolvimento extraordinário. Não posso deixar de agradecer, tudo o que o governador Carlesse fez, para que isso se tornasse realidade. Ele deu provas claras, que se importa com nossa região e com o desenvolvimento dela”, disse o parlamentar.

Continue lendo

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Kátia Abreu garante R$ 500 mil para SEMUSA perfurar poços artesianos

Publicado

em

O superintendente do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE) do Tocantins, Moisés Gomes, esteve com o prefeito Aquiles da Areia (PP) e vereadores, discutindo melhorias no sistema de captação e distribuição do Serviço Municipal de Saneamento de Araguatins (SEMUSA).

O encontro ocorreu na manhã desta terça-feira (27).

Moisés esteve em diversos pontos do sistema de captação e distribuição de água.

Na oportunidade, foi anunciado ao prefeito e vereadores, emenda da senadora Kátia Abreu (PP), no valor de R$ 500 mil para perfuração de poços artesianos no município.

Continue lendo

Bico do Papagaio

Produtor rural pode solicitar bloqueio de ficha sanitária para o não recebimento de animais de áreas noventenadas

Publicado

em

A Agência de Defesa Agropecuária do Tocantins (Adapec) publicou no Diário Oficial do Estado, da última quinta-feira, 22, a Portaria n° 215, de 19 de julho de 2021, que autoriza produtores rurais ou seus procuradores a solicitar à Agência o bloqueio de suas fichas sanitárias para o recebimento de animais oriundos de áreas e/ou propriedades noventenadas, uma vez que assumem também a condição de noventenados. A medida passa a valer a partir de 1° de setembro deste ano.

Segundo a gerente de Avaliação, Controle e Fiscalização da Adapec, Laudicéia Teles, a exigência visa garantir maior segurança aos produtores rurais que não desejam receber animais que estejam em noventenas. “Às vezes, o produtor por desconhecimento acaba adquirindo um animal que esteja nesta condição e só quando vai emitir a GTA ele descobre que sua propriedade terá que ser noventenada por causa daqueles animais”, explica. 

Laudicéia Teles acrescenta ainda que, com a norma, ele poderá ir a qualquer escritório da Adapec e informar no seu cadastro que não deseja receber animais noventenados. Assim, ele evitará que sua propriedade fique bloqueada para movimentação de animais.

Ainda de acordo com a Portaria, o comprador tocantinense que adquirir animais oriundos de áreas não habilitadas a exportar para o Chile ao receber a Guia de Trânsito Animal (GTA) do vendedor fica obrigado a apresentá-la imediatamente no escritório da Adapec. Com isso, o adquirente evita a suspensão do cadastro e declara ciência da noventena da sua ficha sanitária.

Os estados que possuem restrições para exportação de carne bovina para o Chile são: Acre, Amazonas, Amapá, Roraima, Pará, Maranhão, Piauí, Bahia, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Ceará, Rio de Janeiro e Distrito Federal. (Welcton de Oliveira)

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze