A Polícia Federal identificou e fechou, nessa terça-feira, 22, quatro madeireiras clandestinas que atuavam em Vila Sudoeste, no município de São Félix do Xingu, na região de Carajás, no estado do Pará.

A ação faz parte da Operação Verde Brasil e foi realizada em conjunto com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais – IBAMA, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade – ICMBio e Polícia Militar do Estado do Pará.

O objetivo é coibir a extração e comercialização ilegal de madeiras na região, principalmente da Terra Indígena Trincheira Bacajá (porção sul), que faz divisa com a Vila Sudoeste. Os proprietários das madeireiras foram identificados e responderão pelos crimes ambientais praticados.

Máquinas, tratores e equipamentos foram apreendidos, assim como um grande volume de madeiras em toras e madeiras serradas, inclusive de espécie proibida, como a Castanheira.

Os agentes do IBAMA e ICMBio estão contabilizando o volume de madeiras e adotando procedimentos para a desativação total das madeireiras.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.