Connect with us

Pará

SÃO JOÃO DO ARAGUAIA: 20 mil litros de leite sem nota com destino a Augustinópolis são apreendidos

Publicado

em

A Secretaria da Fazenda do Pará (SEFA), apreendeu, no sábado, 5, três caminhões transportando 20 mil litros de leite in natura, sem o pagamento do imposto estadual o ICMS. A mercadoria saiu de Piçarra, na região de Carajás, com destino a Augustinópolis, no Bico do Papagaio.

A carga foi apreendida pela fiscalização volante da SEFA na madrudada de sábado, em uma vicinal no município de São João do Araguaia, também em Carajás, que da acesso a Esperantina, no Bico do Papagaio. Os veículos foram conduzidos ao posto fazendário em Jarbas Passarinho, no município de Palestina, em Carajás, Pará.

“Nos últimos 15 dias a Secretaria da Fazenda apreendeu mais de 30 mil litros de leite tentando passar por ramais em direção ao Bico do Papagaio, sem pagar o imposto estadual. Intensificamos a fiscalização nos ramais daquela área e agora temos um furgão fazendo fiscalização volante”, informou o coordenador da Unidade de Carajás, fiscal de receitas estaduais, Gustavo Bozola.

O valor total da mercadoria é de mais de R$ 34 mil e o transportador foi autuado com a lavratura de Termo de Apreensão e Depósito, (TAD) referente a ICMS e multa, no valor de R$ 6,6 mil. O imposto foi recolhido e a mercadoria liberada. (Ana Márcia Pantoja)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Pará

MARABÁ: Especialista do Hospital Regional comenta as consequências trágicas ao misturar álcool e direção ao volante

Publicado

em

A embriaguez ao volante é uma das principais responsáveis pelas mortes no trânsito em todo país. Segundo estudo divulgado pelo Ministério da Saúde, 21% dos acidentes registrados no Brasil estão relacionados ao consumo de álcool. 

De acordo com o médico Marcio Costa, neurocirurgião com atuação no Hospital Regional do Sudeste do Pará – Dr. Geraldo Veloso (HRSP), em Marabá, o consumo de álcool, mesmo em pequenas doses, causa muitos prejuízos ao cérebro. Além da dificuldade para andar, visão turva e voz arrastada, os reflexos diminuem e retardam o tempo de resposta, o que pode levar a acidentes graves e até óbitos no trânsito. 

“Nas primeiras doses, o álcool atua como estimulante e pode temporariamente gerar a sensação de excitação. No entanto, como é um depressor do Sistema Nervoso Central, as inibições e a capacidade de julgamento são rapidamente afetadas, prejudicando o processo de tomada de decisões”, explica. 

O especialista ainda ressalta que o aumento no consumo do álcool, as habilidades motoras e o tempo de reação também sofrem consequências, e o comportamento torna-se descontrolado, com tendência para maior impulsividade e agressividade, comprometendo mais a aptidão para dirigir. 

“A ingestão de altas doses de álcool pode causar sonolência ou até mesmo desmaios ao volante. A bebida reduz muito os reflexos e a capacidade de reação do condutor, dirigir exige máxima atenção. Somente com senso de responsabilidade e engajamento de todos podemos ter um trânsito mais seguro e humano”, afirma o neurocirurgião. 

Saiba quais os efeitos do álcool no corpo: 

Diminuição da atenção e da vigilância, reflexos mais lentos; 

Redução da força muscular; 

Dificuldade de coordenação, problemas de equilíbrio e de movimento; 

Alteração de algumas funções visuais, e fala arrastada; 

Sonolência e perda da consciência. 

Além dos riscos à saúde e a segurança, a embriaguez ao volante também é uma infração gravíssima de acordo com o artigo 165 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). As penalidades envolvem multa e a suspensão do direito de dirigir por 12 meses, podendo causar a detenção e a perda do direito de dirigir. 

Conscientização 

Na Semana Nacional de Trânsito, promovida em todo país de 18 a 25 de setembro, o Regional do Sudeste do Pará vem realizando junto aos pacientes campanhas de conscientização por meio do programa “Direção Viva”. 

O objetivo é promover a conscientização e prevenção aos acidentes de trânsito, integrando as iniciativas da Pró-Saúde voltadas para a sociedade. 

Além de palestras, distribuição de folhetos informativos para motoristas e pedestres, o hospital promove blitz educativas que orientam sobre os riscos e sequelas que os traumas causados por esses acidentes provocam, além de dicas de segurança para evitá-los. 

O Regional do Sudeste é uma unidade que pertence ao Governo do Pará, sendo gerenciado pela entidade filantrópica Pró-Saúde com atendimento 100% SUS (Sistema Único de Saúde). A unidade é referência para mais de 1 milhão de pessoas de 22 municípios na prestação de serviços como ortopedia-traumatologia, cardiologia, oftalmologia, cirurgia plástica reparadora, hemodiálise e até partos de alto risco. 

Continue lendo

Pará

PARAUAPEBAS: Darci teme sobre situação de empresa chinesa que pode impactar Carajás

Publicado

em

O prefeito de Parauapebas, na região de Carajás, Pará, mostrou preocupação, com a crise da gigante chinesa Evergrande, que tem dívidas de US$ 300 bilhões. O temor de investidores sobre a possibilidade de calote da empresa vem provocando estragos no mercado financeiro.

A preocupação de Darci, é justificada, por conta do mercado chinês ser o maior consumidor de todo o minério produzido em Parauapebas e caso a economia chinesa se contamine com a “quebra” da Evergrande, o impacto certamente seria sentido no município paraense no curto prazo, pois a prospecção seria de contaminação de toda a economia da China.


Segundo as informações da imprensa internacional, o governo chinês estaria tomando providência, para contornar a situação.

“Vendo os jornais fiquei muito preocupado. Espero que seja apenas um pequeno susto. Vamos torcer para que tudo se normalize rapidamente. Enquanto isso vamos continuar trabalhando. Fazendo nossa parte”, afirmou Darci sobre o assunto.

Continue lendo

Pará

MARABÁ: Campanha de vacinação antirrábica inicia nesta segunda, 20, pelo núcleo Morada Nova

Publicado

em

Na próxima segunda-feira, (20), os donos de cães e gatos em Morada Nova e Residencial Jardim do Éden  terão a oportunidade de imunizar os pets contra a raiva animal sem sair de casa. É que o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) dará inicio a campanha nacional de vacinação antirrábica na cidade e a ação será em sistema de arrastão, ou seja,  as equipes visitarão casa a casa, em busca dos animais saudáveis a partir dos 3 meses de vida.

De acordo com Flávio Ferreira da Silva, coordenador do CCZ, a expectativa é que o município atinja a meta de 35 mil animais vacinados entre a zona urbana e a zona rural que também será visitada pelas equipes.

“A previsão que nós temos é de 25 dias de vacinação aqui na zona urbana, após o dia 25 de outubro, iremos fazer a zona rural também. Aqui na cidade daremos inicio em Morada Nova e depois São Félix, Nova Marabá, Velha Marabá, e núcleo Cidade Nova. Nós divulgaremos o calendário dia a dia e as pessoas devem ficar atentas”, esclarece o médico veterinário.

Para os donos de pets que perderem o arrastão, o CCZ já está com doses da vacina disponíveis no próprio centro durante toda a semana, inclusive aos fins de semana. O coordenador do CCZ enfatiza que as doses da vacina antirrábica são anuais, por isso, é preciso estar atento à carteira de vacinação do animal como forma de proteger o amigo de quatro patas contra a doença.

“A vacina antirrábica é anual, uma única dose imuniza o animal. Então é importante não perder os prazos. A melhor forma de prevenção da raiva é a vacinação, só assim, se o animal entrar em contato com a raiva ele não será acometido e nem será transmissor”, ressalta.

Vale frisar, que durante a campanha os demais atendimentos como testagem para Leishmaniose estarão acontecendo normalmente no CCZ. (Leydiane Silva / Fotos: Paulo Sérgio)

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze