Connect with us

Bico do Papagaio

SÃO MIGUEL: Suspeitos de homicídio e ocultação de cadáver de adolescente são presos

Publicado

em

Dois homens, apontados como principais suspeitos de terem cometido um homicídio, com ocultação de cadáver, foram presos nesta sexta-feira, 29, mediante cumprimento de mandado de prisão preventiva, por policiais civis da 16ª Delegacia de Polícia Civil de São Miguel do Tocantins, no extremo norte do Tocantins. Ocorrido há quase quatro anos, no dia 25 de abril de 2017, o crime foi praticado contra o adolescente Maicon Wanderson dos Santos da Costa.

A ação que resultou na prisão dos dois homens foi coordenada pelo delegado Antônio Bandeira. Segundo ele, no decurso das investigações, foi possível esclarecer o crime e identificar os três indivíduos que dele participaram ativamente. “Com a elucidação dos fatos, representamos no Poder Judiciário pela prisão dos indivíduos, bem como pela internação de um deles, que era menor de idade à época dos fatos”, frisou o delegado.

Conforme o delegado Antônio Bandeira, após inúmeras diligências e incursões, os policiais civis descobriram que um dos supostos autores, de 21 anos, estaria escondido no município de Imperatriz, no estado do Maranhão. Com base nas informações, uma equipe da 16ª DP foi até o estado vizinho, localizou o suspeito e efetuou sua prisão.

As investigações apontaram que o segundo suspeito do crime já estaria recolhido na Cadeia Pública de Araguatins, em razão de descumprimento de medida protetiva. “Assim, os policiais civis foram até aquela unidade carcerária e deram cumprimento à ordem judicial contra o indivíduo, que permanecerá preso à disposição do Poder Judiciário”, ponderou a autoridade policial.

O terceiro envolvido no crime, por ser menor de idade à época dos fatos, será recolhido a um dos Centros de Ressocialização para Menores Infratores do Estado.

O crime

Segundo apontaram as investigações da Polícia Civil, no dia do crime, os supostos autores passaram o dia ingerindo bebidas alcoólicas e consumindo drogas, sendo que já no final da tarde, encontraram a vítima, que tinha 15 anos na época dos fatos. “Os autores fizeram uma emboscada e conseguiram abordar a vítima em um lugar ermo onde a atingiram com tiros e também golpes de faca, causando sua morte quase que de forma imediata”, relata o delegado.

Ocorre que o corpo de Maicon Wanderson dos Santos da Costa, a vítima, só foi encontrado no dia 23 de agosto de 2017, parcialmente enterrado em uma região de mata na zona rural de São Miguel do Tocantins. Logo após, as investigações foram iniciadas, sendo que as equipes da 16ª DP elucidaram totalmente o crime.

Motivação

Ainda de acordo com o delegado Antônio Bandeira, o crime teria sido motivado por vingança, uma vez que a vítima teria, supostamente, envolvimento no homicídio de um amigo dos autores, o que fez com que os mesmos se vingassem. “Os suspeitos se autodenominam pertencentes a uma facção criminosa e têm várias passagens pela Polícia por crimes diversos. Conforme apurado, eles teriam agido para vingar a morte de um integrante da facção criminosa da qual são membros, visto que acreditavam que a vítima teria sido responsável por atrair um amigo dos autores para que ele fosse morto”, pontua. (Rogério de Oliveira)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Jacaré é visto nadando próximo a cidade

Publicado

em

Um jacaré-açu espécie predominante da Amazônia, foi filmado por moradores de Araguatins, esta semana, no Rio Araguaia, bem em frente a cidade de Araguatins, no Bico do Papagaio. O animal é grande e esmo com a aproximação dos populares, ele não fugiu ou reagiu.

Pelas dimensões do bicho, se trata de um exemplar adulto. Normalmente esse tipo de jacaré se alimenta de pequenos animais, como tartarugas, peixes, capivaras e veados. É uma espécie que esteve à beira da extinção, devido ao valor comercial do seu couro de cor escura e da sua carne. Atualmente, encontra-se protegido e sua população encontra-se estável no Brasil. É a maior espécie de jacaré, podendo atingir até 4,5 metros de comprimento.

Continue lendo

Bico do Papagaio

TOCANTINÓPOLIS: Grupo que subtraiu mais de R$ 70 milhões em suposta premiação da Lotofácil é condenado

Publicado

em

Após ação penal proposta pelo Ministério Publico Federal (MPF), por intermédio da Procuradoria da República em Araguaína, a Justiça Federal condenou seis pessoas por subtraírem R$ 73.094.415,90 da Caixa Econômica Federal, após cometerem fraude contra a conta contábil mantida para pagamento de prêmios de loteria.

Em 2014, Alberto Nunes Tugeiro Filho, Ernesto Vieira de Carvalho Neto, Márcio Xavier de Lima, Robson Pereira do Nascimento, Thalles Henrique de Freitas Cardoso, Antônio Rodrigues Filho e Paulo André Pinto Tugeiro foram denunciados por falsificação de documento público e uso de documento falso, lavagem de bens e valores, peculato e formação de organização criminosa.


Em sentença proferida no fim do último mês, a Justiça condenou Alberto Nunes Tugeiro Filho, Antônio Rodrigues Filho, Ernesto Vieira de Carvalho Neto, Márcio Xavier de Lima, Robson Pereira do Nascimento, Talles Henrique de Freitas Cardoso a penas que variam de 5 a 13 anos de prisão e multas. Para a Justiça não há provas suficientes para a condenação de Paulo André Pinto Tugeiro.

Alberto Nunes, Ernesto Neto, Márcio de Lima e Robson do Nascimento foram condenados por peculato e lavagem de capitais. Já Antônio Filho e Talles Cardoso foram condenados por lavagem de capitais.

Recurso – Para o MPF, a sentença deve ser revista no que se refere a absolvição de Paulo Tageiro do crime de lavagem de capitais (art. 1º, § 1º, inciso II, da Lei 9.613/1998 ) e de Alberto Tugeiro, Ernesto Neto, Márcio de Lima e Talles Cardoso e Robson do Nascimento pelo crime de formação de organização criminosa (art artigo 2º, da Lei 12.850/2013 ). O recurso nesse sentido foi apresentado à Justiça Federal na última quarta-feira (12).

Dinâmica da fraude – Os autos da ação penal apontam que os crimes começaram a ser arquitetados em outubro de 2013, com diversas reuniões e encontros entre os integrantes da organização. Em novembro de 2013, Robson, na condição de gerente de uma agência da Caixa Econômica Federal, recebeu a proposta para pagamento indevido de um prêmio de loteria. O grupo criminoso apresentaria uma Declaração de Acréscimo Patrimonial (DAPLoto), documento emitido pela Caixa em razão do pagamento de bilhete de loteria premiado.

Em 5 de dezembro de 2013, Márcio Xavier de Lima dirigiu-se à agência de Tocantinópolis, onde foi atendido por Robson do Nascimento, que mesmo estando de férias, utilizou suas senhas para acessar os sistemas do banco. O então gerente recebeu um envelope contendo uma DAPLoto em nome de Márcio Xavier Gomes de Souza referente ao concurso 0952 da Lotofácil, validada em 5 de dezembro de 2013 com pagamento para a mesma data do valor líquido de R$ 73.094.415,90.

Márcio Xavier de Lima portava uma carteira de identidade falsificada em nome de Márcio Xavier Gomes de Souza, expedida pela Secretaria de Segurança Pública do Ceará a partir de uma certidão de nascimento também falsa, obtida com ajuda dos demais comparsas. Iniciando o processo fraudulento, Robson do Nascimento abriu a conta em nome de Márcio Xavier Gomes de Souza com uso de comprovante de residência em nome de uma ex-funcionária de Ernesto Neto.

Após realizada a transferência para a conta aberta em nome do falso Márcio Xavier Gomes de Souza, Robson iniciou a desvinculação do dinheiro de sua origem criminosa realizando 15 transferências para outras nove contas. A maior parte, R$ 42 milhões, foi transferida para a conta da pessoa jurídica Phama Transportes, administrada por Alberto Tugeiro e que tem como pessoa de confiança Antônio Rodrigues Filho. Destes, R$ 32 milhões foram depois transferidos para a conta de Talles Henrique e pulverizado para diversas outras contas em operações de menor vulto. Antônio Rodrigues também adquiriu sete veículos novos, todos emplacados em São Paulo. Ernesto adquiriu uma aeronave.

Continue lendo

Bico do Papagaio

Saúde confirma 4 novas mortes por Covid-19 no Bico

Publicado

em

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) confirmou nesta quinta-feira, 13, quatro novas mortes por Covid-19, em municípios do Bico do Papagaio. Os óbitos foram em: Augustinópolis, Xambioá, São Miguel e Nazaré.

Detalhe dos óbitos:

Homem de 45 anos, residente em São Miguel do Tocantins. Comorbidades: diabetes. Óbito em 08/05/21 no Hospital de Campanha de Imperatriz-MA.

Homem de 83 anos, residente em Xambioá. Comorbidades: doença cardíaca crônica. Óbito em 08/05/21 no Hospital Regional de Augustinópolis.

Homem de 77 anos, residente em Augustinópolis. Comorbidades: doença cardiovascular. Óbito em 08/05/21 no Hospital Regional de Augustinópolis.

Mulher de 32 anos, residente em Nazaré. Comorbidades: não relatada. Óbito em 10/05/21 no Hospital Regional de Augustinópolis.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze