Connect with us

Tocantins

Saúde do TO abre cadastro de profissionais para trabalhar no enfrentamento à Covid-19

Publicado

em

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgou no Diário Oficial do Estado, nº 5.605, publicado nessa quarta-feira, 20, o Edital 3/2020/SES/GASEC, com chamamento público para cadastramento de profissionais de saúde, a fim de preencher postos de trabalhos para a prestação de serviço no combate ao novo Coronavírus (COVID-19), no Tocantins.

A convocação é regida pela Lei Nº 3.422 (8/3/19) e tem como objetivo a criação de um banco de dados de profissionais da saúde, e gera apenas a expectativa de direito à contratação ficando a concretização desse ato, condicionada à exclusiva necessidade, oportunidade e conveniência da SES.

Os profissionais que vierem a ser chamados a partir do cadastro serão contratados temporariamente, por 90 dias.

Segundo o titular da SES, Edgar Tollini, “as vagas serão preenchidas à medida que houver necessidade, de acordo com o estado de calamidade ao qual nos encontramos.  O nosso propósito é já termos uma dimensão da quantidade de profissionais que temos, em todas as especialidades e assim, otimizar o tempo no processo de contratação”, destaca.

São contemplados no edital, profissionais de níveis superior e técnico da área de saúde que ao serem selecionados serão convocados para trabalharem, inicialmente, nos Hospitais de Referência do Estado, podendo de acordo com a necessidade serem realocados para os demais serviços de referência de enfrentamento à crise que pertençam à rede estadual de saúde.

Inscrições

Interessados podem se inscrever exclusivamente via internet por meio do link: http://formsus.datasus.gov.br/site/formulario. php?id_aplicacao=56873, até as 23h59, do dia 29 de maio de 2020.

Cargos e remunerações

As vagas são para assistentes sociais, enfermeiros, farmacêuticos, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, médicos, nutricionistas, psicólogos e técnicos de enfermagens. Todos os contratados deverão seguir cargas horárias que variam de 30 a 40 horas semanais e remunerações que vão de R$ 1.256,76 a R$ 10.276,00, de acordo com a especialidade.

Mais informações no Diário Oficial do dia 20 de maio de 2020. https://diariooficial.to.gov.br/

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Tocantins

Tocantins se aproxima dos 5 mil casos de Covid-19

Publicado

em

Segundo 81º Boletim Epidemiológico Notificações da Covid-19 no Tocantins, o estado registra nesta quinta-feira, 04 de junho, 187 novos casos confirmados para Covid-19.

Desta forma, o Tocantins contabiliza 4.881 casos confirmados da doença, destes, 1.828 pacientes estão recuperados e 2.966 estão ainda em isolamento domiciliar ou hospitalar, além de 87 óbitos.

Araguaína, Palmas e Xambioá, são os municípios com maior registros de casos, com 2025, 685 e 220 respectivamente. Já em quantidade de mortes, segue Araguaína, Araguatins e Palmas, com 20, 12 e 8, respectivamente.

Continue lendo

Tocantins

Governo do Tocantins pediu que órgãos fiscalizadores apurassem sobrepreço na venda de máscaras

Publicado

em

Secretário de Estado da Saúde, Dr. Edgar Tollini, lembra que no Tocantins, como em todo o mundo, a chegada do novo Coronavírus pressionou o preço de itens de higiene e produtos hospitalares

Para evitar que empresas pratiquem sobrepreço e se aproveitem do momento de dificuldade mundial provocado pela pandemia do novo Coronavírus, o Governo do Tocantins tem se utilizado de todos os mecanismos legais, bem como buscado o apoio de órgãos competentes, de controle e fiscalização, para que auxiliem o Estado a impedir a ocorrência desta prática.

O secretário de Estado da Saúde, Dr. Edgar Tollini, lembra que no Tocantins, como em todo o mundo, a chegada do novo Coronavírus pressionou o preço de itens de higiene e produtos hospitalares e aumentou a procura por artigos como álcool em gel e máscaras de proteção, principalmente para uso dos profissionais de saúde que estão na linha de frente nos hospitais.

“O cenário é igual para todo o mundo: de muita dificuldade, de grande procura e pouca oferta. Mas mesmo diante disso não nos furtamos em tomar as medidas cabíveis e necessárias para manter a proteção dos nossos profissionais de saúde. No dia 16 de março, a empresa com a qual a Secretaria da Saúde mantinha contrato para fornecimento de máscaras solicitou o cancelamento de saldo de atas alegando que em virtude do cenário e a alta do consumo de materiais, principalmente os descartáveis, não lhe restaria outra opção senão o cancelamento do item. Desta forma, com a necessidade urgente de aquisição dos equipamentos, fez-se necessária a dispensa de licitação”, explica o secretário de Saúde, Dr. Edgar Tollini.

Dada a urgente necessidade e sob pena de haver risco à segurança do manejo clínico de pacientes, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) adquiriu os equipamentos necessários com o valor encontrado no mercado e imediatamente representou  no Ministério Público Federal (MPF) para que investigasse a possibilidade de ter havido sobrepreço e possível crime contra economia popular.

O superintendente Jurídico da SES, Marcus Senna, reforça que a Gestão Estadual vem evitando ao máximo a realização de dispensas de licitação, mas que o Tocantins não poderia deixar de contar com os itens adquiridos. “A aquisição foi feita diante de uma urgente necessidade, mas como o preço encontrado no mercado chamou a atenção do Governo imediatamente provocamos os órgãos de controle para que fosse feita uma investigação”, explica.

Videoconferência com de órgãos de controle

Como mais uma ação para evitar práticas ilegais e definir ações coordenadas para o combate à prática de sobrepreço, ainda no mês de abril a Secretaria de Saúde realizou uma videoconferência com representantes de órgãos de controle estadual e federal.

O objetivo foi buscar o apoio dos órgãos para uma atuação conjunta de forma a garantir o melhor emprego possível do recurso público, evitando possíveis danos ao erário.

A reunião contou com a participação de representantes dos seguintes órgãos de controle: Ministério Público Estadual (MPTO), Ministério Público Federal (MPF), Tribunal de Contas do Estado (TCE), Defensoria Pública do Estado (DPE), Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju), Procon, Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) e Procuradoria Geral do Estado (PGE). (Sara Cardoso/Foto: Erlane Miranda)

Continue lendo

Tocantins

36% dos pacientes que contraíram Covid-19 no Tocantins estão curados

Publicado

em

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) informou que nesta quarta-feira, 03 de junho, foram contabilizados 228 novos casos confirmados para Covid-19.

Desta forma, hoje o Tocantins contabiliza 4.698 casos confirmados da doença, destes, 1.734 pacientes estão recuperados e 2.882 estão ainda em isolamento domiciliar ou hospitalar, além de 82 óbitos.

Os dados estão no 80º Boletim Epidemiológico Notificações da Covid-19 No Tocantins.

Continue lendo
publicidade