Connect with us

Maranhão

Sedihc realiza visitas técnicas nas regiões Tocantina e Sul do Maranhão

Publicado

em

A secretária de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Cidadania, Luiza Oliveira, encerrou nesta sexta-feira (29) visita técnica aos municípios de Balsas, Carolina e Estreito. Ela estava acompanhada na viagem, que teve início na quarta (27), dos gerentes do Procon-MA, Kleber José Moreira, e do Viva Cidadão, Graça Jacintho, além de outros dois técnicos.

A viagem começou pela cidade de Balsas, no sul do Estado, onde a equipe da Sedihc foi recebida pelos servidores do Viva Cidadão. Luiz Oliveira conheceu as instalações da unidade e as demandas mais urgentes da região. A unidade atende mais de 20 municípios próximos, inclusive dos estados do Piauí e Tocantins.

“O Viva Cidadão tem ajudado bastante aqui em Balsas. A gente não precisa se deslocar  para outras cidades para fazer serviços como o seguro desemprego ou mesmo uma reclamação ao Procon”, afirmou o desempregado Reinaldo de Jesus, cidadão balsense.

O trabalho de regionalização do Procon já demonstra seus resultados positivos. Em menos de um ano, o órgão já realizou mais de 7 mil atendimentos no posto de atendimento de Balsas. “O órgão vem trabalhando incansavelmente. Além de fazer os atendimentos dentro do Viva, a equipe de fiscalização do Procon atua também nos estabelecimentos da cidade, é o caso de operação nas agências bancárias para combater o excesso do tempo de espera nas filas”, ressalta o Gerente Kleber José Moreira. Só no dia em que a comitiva da Sedihc esteve em Balsas, o Procon multou três agências bancárias da cidade.

Em passagem pela Câmara de Balsas, a secretária se reuniu com vereadores para estabelecer parceria entre a Sedihc e o Município com a finalidade de levar seminários e treinamentos na área dos Direitos Humanos a representantes comunitários e para a população local. “Uma equipe técnica da Sedihc voltará a Balsas para fazer um mapeamento do município e oferecer seminários de educação em Direitos Humanos, além de facilitar o diálogo entre a cidade e a Sedihc em busca da efetivação de programas ligados à Assistência Social”, disse a secretária Luiza Oliveira.

Carolina, na região das Chapadas das Mesas, foi a segunda cidade visitada pela comitiva da Sedihc. Colaboradores do Viva Cidadão recepcionaram os representantes da secretaria e mostraram os índices de atendimento da unidade que, em 2012, completou 10 anos de existência. Realizando serviços com qualidade e rapidez, a unidade possui 118 tipos de atendimento, tais como: emissão de carteira de identidade, atestado de antecedentes criminais, seguro desemprego, dentre outros que são oferecidos à população local e cidades circunvizinhas.

“Este ano comemoramos a marca de mais de 21 milhões de atendimentos oferecidos pelo Viva Cidadão em todo o estado. Aqui em Carolina não é diferente, os índices são animadores, concretizando o grande desafio das nossas unidades que é garantir um serviço de excelência para que o usuário tenha sua cidadania respeitada e, sobretudo, garantida”, lembrou a gerente do Viva Cidadão, Graça Jacintho.

Ainda em Carolina, a secretária Luiza Oliveira participou de uma reunião com representantes municipais de pastas ligadas aos Direitos Humanos, Assistência Social e Cidadania. Representantes das secretarias municipais de Assistência Social, de Educação e do Gabinete do Prefeito relataram a necessidade de uma parceria com o Governo do Estado para a concretização de ações que possam melhorar a vida da população local. Representantes de diversos conselhos também estiveram presentes na reunião, que ocorreu na sede da prefeitura.

“A Sedihc é parceira de todos os municípios maranhenses. Apesar da distância com a capital, nós fazemos um trabalho descentralizado e queremos sempre estar em parceria com as cidades do interior. É muito bom saber que o município de Carolina está disposto a trabalhar em parceria com a nossa secretaria. Vamos fazer um levantamento para melhorar o contato e a gestão, principalmente no que diz respeito aos assuntos ligados à Assistência Social”, ressaltou a secretária Luiza Oliveira.

Finalizando a viagem dos representantes da Sedihc pelo interior do estado, a última parada da comitiva foi na cidade de Estreito, na região Tocantina, onde houve uma reunião com representantes comunitários. No encontro, foi solicitado da Sedich a presença do Viva Cidadão na cidade.

Prontamente a secretária Luiza Oliveira autorizou a ida de uma das unidades móveis do órgão para atender as demandas locais. “A rota do mês de julho já está fechada e não podemos deixar de atender os municípios que já estão à espera de um dos caminhões do Viva. Mas a unidade estará aqui na cidade logo que a rota de julho for finalizada”, garantiu a secretária.

A Sedihc reforçou, também, a parceria com a rede de garantia de direitos do município, como é o caso dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e de Referência Especializado em Assistência Social (CREAS). Essa foi a principal reivindicação local, prontamente atendida pela Sedihc. “Iremos realizar uma reunião regional, em Imperatriz, no dia 13 de julho e todos os municípios vizinhos estão convidados a participar, inclusive Estreito. Iremos tratar de assuntos ligados aos Direitos Humanos e sua transversalidade, como educação, segurança, saúde, entre outros”, finalizou a secretária Luiza Oliveira.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Maranhão

A “prostituição” política no Maranhão

Publicado

em

A sucessão eleitoral no estado do Maranhão, principalmente no meio daqueles que giram no entorno do Palácio dos Leões, parece uma novela mexicana de final de tarde.

A promiscuidade começa pelo próprio governador Flávio Dino, que sempre viveu debaixo do teto partidário do PCdoB, mas que resolveu migrar para o PSB, que tomou o lugar dos comunistas como “anexo” petista. Dino passou quase 4 anos criticando e acusando Bolsonaro de crimes e de corrupção, mas apoia Lula, acusado das mesmas atrocidades.  Ou seja, o governador é adepto da filosofia do “bandido bom é o meu”.

Já o senador Weverton Rocha (PDT), possou feliz, alegre e sorridente, como um debutante, para uma foto ao lado de Lula, em uma visita que fez nesta quarta, 26, ao ex-presidente. O senador é outro daqueles políticos que dão péssimos exemplos, e segue como aluno de Dino. Passou quase 4 anos criticando Bolsonaro, mas segue Lula. A situação de Weverton é ainda pior, porque diferente de Dino, que buscou se filiar em uma legenda já subserviente ao PT, o atual senador permaneceu em partido, que tem candidatura própria a presidente e prega contra as irregularidades petistas.

Um estado liderado por políticos que praticam a devassidão partidária, dificilmente sairá da pobreza e atraso.

Continue lendo

Maranhão

AÇAILÂNDIA: Construção de anel viário e aeroporto entra em pauta

Publicado

em

Nesta segunda-feira, 24, representantes da empresa Suzano e da Prefeitura de Açailândia, nas pessoas do secretário de Indústria, Comércio e Turismo, Claudenir Viegas; o assessor especial de projetos, Adriano Oliveira e o prefeito, Aluísio Sousa, discutiram projetos estruturantes para o município.

Na ocasião, foram retomadas as discussões sobre a  viabilidade da construção do anel viário, envolvendo Estado, Prefeitura e Empresas. Ficou definido que será realizada uma nova análise dos dados já produzidos e uma nova rodada de conversa. Também foi tratado sobre a instalação do aeroporto, onde já foi realizada uma análise nas áreas possíveis para sua construção.

Continue lendo

Maranhão

Onça-pintada é morta e exibida em cidade do interior do Maranhão

Publicado

em

Uma onça-pintada foi encontrada morta nesse domingo (23), na zona rural de Lago da Pedra, cidade localizada a 307 km de São Luís. A Polícia Civil investiga o caso.

De acordo com a polícia, um homem suspeito de ter matado o animal foi identificado, mas até o momento, não foi localizado. O suspeito foi rastreado por meio da identificação do veículo que foi usado para transportar a onça-pintada.

Em nota, a Polícia Civil informou que uma intimação foi entregue e o suspeito tem até às 15h, desta segunda-feira (24), para se apresentar na Delegacia de Lago da Pedra. Segundo a Lei de Crimes Ambientais (Lei 9.605/98), é proibido matar, perseguir, caçar e apanhar animais silvestres, sob pena de detenção de seis meses a um ano e o pagamento de uma multa.

A onça-pintada está na lista dos animais que estão em extinção segundo o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze